???global.info.a_carregar???
Maria Teresa Lacerda. É Gestão de Ciência e Tecnologia no(a) Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança. Participa e/ou participou como Bolseiro de Investigação em 1 projeto(s). No seu currículo Ciência Vitae os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Etnomusicologia; Moçambique; .
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Maria Teresa Lacerda

Nomes de citação

  • Lacerda, Maria Teresa

Identificadores de autor

Ciência ID
E618-BCC1-C9BE
ORCID iD
0000-0002-4279-4991

Idiomas

Idioma Conversação Leitura Escrita Compreensão Peer-review
Português (Idioma materno)
Inglês
Formação
Grau Classificação
2015/09 - 2020/03/13
Concluído
Ciências Musicais (Mestrado)
Especialização em Etnomusicologia
Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Portugal
"Música e Turismo no Estado Novo: Actividade musical na vila termal de Vidago (1933-1974)" (TESE/DISSERTAÇÃO)
16
2012/09 - 2015/06/24
Concluído
Ciências Musicais (Licenciatura)
Universidade Nova de Lisboa Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Portugal
14
Percurso profissional

Ciência

2019/07/01 - Atual Gestão de Ciência e Tecnologia
Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança, Portugal
2018/06/01 - 2019/06/30 Investigador (Investigação)
Universidade Nova de Lisboa Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança, Portugal
Projetos

Projeto

Designação Financiadores
2018 - 2019/06/30 Timbila, Makwayela e Marrabenta: um século de representação musical de Moçambique
PTDC/CPC-MMU/6626/2014
Bolseiro de Investigação
Universidade Nova de Lisboa Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança, Portugal
Produções

Publicações

Resumo em conferência
  1. Sá, Carolina; Lacerda, Maria Teresa. "Inetmoz – a Database for the Musical Heritage of Mozambique". Trabalho apresentado em CAML'19: Music Connects, Vancouver, 2019.
    Publicado
  2. Lacerda, Maria Teresa. "Quem não sabe é como quem não vê: a invisibilidade das mulheres instrumentistas na vila termal de Vidago". Trabalho apresentado em International Congress Hidden Archives, Hidden Practices: Debates about Music-Making, Aveiro, 2019.
    Publicado
Atividades

Apresentação oral de trabalho

Título da apresentação Nome do evento
Anfitrião (Local do evento)
2019/11/23 “Tocam por qualquer preço” - O estatuto do músico na vila termal de Vidago durante o Estado Novo Post-in-progress: 5.º Fórum Internacional de Pós-graduação em Estudos em Música e Dança
Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos em Música e Dança (Aveiro, Portugal)
2019/06/29 Quem não sabe é como quem não vê: a invisibilidade das mulheres instrumentistas na vila termal de Vidago Hidden Archives, Hidden Practices: Debates about Music-Making
Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos em Música e Dança (Aveiro, Portugal)
2019/06/06 Inetmoz – A Database for the Musical Heritage of Mozambique CAML'19: Music Connects
Canadian Association of Music Libraries, Archives and Documentation Centres (Vancouver, Canadá)

Organização de evento

Nome do evento
Tipo de evento (Tipo de participação)
Instituição / Organização
2019/11/01 - 2019/12/06 Simpósio Internacional Musics in Africa: Listening to Mozambique (ISMA’19) (2019/12/05 - 2019/12/06)
Simpósio (Membro da Comissão Organizadora)
Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança, Portugal
2019/08/01 - 2019/10/11 Tracking the Creative Process in Music (2019/10/09 - 2019/10/11)
Conferência (Outra)
Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança, Portugal

Membro de associação

Nome da associação Tipo de participação
2014 - Atual SPIM - Sociedade Portuguesa de Investigação em Música