???global.info.a_carregar???
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Inês Gonçalves Mendes

Nomes de citação

  • Mendes, Inês

Identificadores de autor

Ciência ID
C815-6222-F188

Websites

  • https://readymag.com/u551430667/slowrush/ (Blogue)

Domínios de atuação

  • Ciências Sociais - Ciências da Comunicação - Jornalismo

Idiomas

Idioma Conversação Leitura Escrita Compreensão Peer-review
Português (Idioma materno)
Inglês Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1)
Formação
Grau Classificação
2019 - 2022
Em curso
Ciências da Comunicação (Doutoramento)
Especialização em Informação e Jornalismo
Universidade do Minho, Portugal
"Slow journalism: evolução, expressões e relevância numa sociedade digital" (TESE/DISSERTAÇÃO)
2014/10/01 - 2017/01/06
Concluído
Ciências da Comunicação (Mestrado)
Especialização em Informação e Jornalismo
Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais, Portugal
"As rotinas de produção jornalística em campanha eleitoral : o caso das eleições presidenciais de 2016 no Observador " (TESE/DISSERTAÇÃO)
17
2011/09/15 - 2014/07/23
Concluído
Ciências da Comunicação (Licenciatura)
Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais, Portugal
15
Percurso profissional

Outros

Categoria Profissional
Instituição de acolhimento
Empregador
2018/11/15 - 2020/02 Editora Online ROOF - An IN & OUT Magazine, Portugal
2018/02/09 - 2020/02 Jornalista ROOF - An IN & OUT Magazine, Portugal
2017/05/08 - 2018/02/08 Estágio Profissional (Jornalista) ROOF - An IN & OUT Magazine, Portugal
Produções

Publicações

Tese / Dissertação
  1. Mendes, Inês Gonçalves. "As rotinas de produção jornalística em campanha eleitoral: o caso das eleições presidenciais de 2016 no Observador". Mestrado, 2016. http://hdl.handle.net/1822/47795.

Outros

Outra produção
  1. O cidadão enquanto fonte de informação: o caso do Jornal da Tarde, da RTP. Essenciais à produção noticiosa, as fontes de informação são complexas e providenciam um caso de análise relevante. Até porque, sem elas, o trabalho dos jornalistas seria quase impossível de desempenhar, tendo em conta que as fontes são capazes de reforçar e atribuir credibilidade à peça noticiosa. Num quadro de crescente valorização da participação do cidadão nos serviços públicos audiovisuais, e. 2016. Mendes, Inês; Universidade do Minho; Martins, Raquel; Universidade do Minho. http://revistacomsoc.pt/index.php/comsoc/article/view/2497.