???global.info.a_carregar???
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Berta Pereira Granja

Nomes de citação

  • Granja, Berta

Identificadores de autor

Ciência ID
AC19-8633-5BED
ORCID iD
0000-0002-3428-0886

Idiomas

Idioma Conversação Leitura Escrita Compreensão Peer-review
Francês Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador independente (B1) Utilizador proficiente (C1)
Português Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1)
Inglês Utilizador elementar (A1) Utilizador independente (B1) Utilizador elementar (A1) Utilizador elementar (A1)
Espanhol; Castelhano Utilizador independente (B1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador elementar (A1) Utilizador independente (B1)
Percurso profissional

Docência no Ensino Superior

Categoria Profissional
Instituição de acolhimento
Empregador
2008/07/01 - Atual Professor Auxiliar (Docente Universitário) Instituto Superior de Serviço Social do Porto, Portugal
1998/09/01 - Atual Professor Auxiliar (Docente Universitário) Instituto Superior de Serviço Social do Porto, Portugal
1993/10/01 - Atual Assistente (Docente Universitário) Instituto Superior de Serviço Social do Porto, Portugal
2017 - 2018 Professor Auxiliar (Docente Universitário) Universidade Lusíada de Lisboa Centro de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social, Portugal
2008 - 2013 Professor Auxiliar (Docente Universitário) Universidade do Porto Centro de Investigação e Intervenção Educativas, Portugal
Produções

Publicações

Artigo em conferência
  1. Granja, Berta; Pereira, Fernando; Caria, Telmo. "Autonomies et pouvoir des assistants de service social dans des organizations du tiers secteur dans le nord du Portugal". 2011.
  2. Granja, Berta; Pereira, Fernando; Caria, Telmo. "Autonomies et pouvoir des assistants de service social dans des organizations du tiers secteur dans le nord du Portugal". 2011.
  3. Granja, Berta; Pereira, Fernando. "Service social et gerontologie: articulations et fronteires". 2009.
  4. Granja, Berta; Pereira, Fernando. "Serviço social e gerontologia: articulações e fronteiras". 2009.
  5. Granja, Berta; Pereira, Fernando. "Serviço social e gerontologia: articulações e fronteiras". 2009.
  6. Granja, Berta; Pereira, Fernando. "Service social et gerontologie: articulations et fronteires". 2009.
Artigo em revista
  1. Granja, Berta. "Assistentes sociais, saber e identidade: reflexões sobre um processo de investigação etnográfica / Social workers, knowledge and identity: reflections on a ethnographic research process". Libertas ISNN 1980-8518 18 2 (2018): http://dx.doi.org/10.34019/1980-8518.2018.v18.18595.
    Publicado • 10.34019/1980-8518.2018.v18.18595
Tese / Dissertação
  1. Gomes, Joana Alexandra Marques. "O agir profissional do assistente social: um estudo de caso num agrupamento de escolas TEIP". Mestrado, 2016. http://hdl.handle.net/10400.26/13331.
  2. Gomes, Joana Alexandra Marques. "O agir profissional do assistente social: um estudo de caso num agrupamento de escolas TEIP". Mestrado, 2016. http://hdl.handle.net/10400.26/13331.
  3. Costa, Cláudia. "Quando nos (des)envolvemos em projetos de desenvolvimento local: análise crítica da prática profissional". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/16858.
  4. Silva, Silvia Renata Alves Lopes. "Todos iguais : projeto de investigação com uma turma de percurso curricular alternativo de 8º ano". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/8829.
  5. Mateus, Manuela Maria Reis. "O assistente social da criança autista e sua família". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/12352.
  6. Martins, Helena Sofia Pinto. "O trabalho das parcerias nas comissões de proteção de crianças e jovens". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/9936.
  7. Mateus, Manuela Maria Reis. "O assistente social da criança autista e sua família". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/12352.
  8. Martins, Helena Sofia Pinto. "O trabalho das parcerias nas comissões de proteção de crianças e jovens". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/9936.
  9. Costa, Cláudia. "Quando nos (des)envolvemos em projetos de desenvolvimento local: análise crítica da prática profissional". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/16858.
  10. Silva, Silvia Renata Alves Lopes. "Todos iguais : projeto de investigação com uma turma de percurso curricular alternativo de 8º ano". Mestrado, 2015. http://hdl.handle.net/10400.26/8829.
  11. Barbosa, Jorge Orlando Ferreira. "Perceções e representações dos profissionais da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Valongo". Mestrado, 2014. http://hdl.handle.net/10400.26/28650.
  12. Barbosa, Jorge Orlando Ferreira. "Perceções e representações dos profissionais da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Valongo". Mestrado, 2014. http://hdl.handle.net/10400.26/28650.
  13. Castro, Susana Gomes Pinto de. "A prática profissional do assistente social em contexto de lar de Infância e juventude". Mestrado, 2013. http://hdl.handle.net/10400.14/15734.
  14. Oliveira, Paula Alexandra Carvalho. "Comissão de Protecção de Crianças e Jovens: perceção sobre a sua organização e sobre a prática profissional dos técnicos". Mestrado, 2013. http://hdl.handle.net/10400.26/28636.
  15. Barros, Ana Catarina Azevedo Braga de. "Perceções das Crianças em Risco sobre o Risco". Mestrado, 2013. http://hdl.handle.net/10400.26/28623.
  16. Barros, Ana Catarina Azevedo Braga de. "Perceções das Crianças em Risco sobre o Risco". Mestrado, 2013. http://hdl.handle.net/10400.26/28623.
  17. Oliveira, Paula Alexandra Carvalho. "Comissão de Protecção de Crianças e Jovens: perceção sobre a sua organização e sobre a prática profissional dos técnicos". Mestrado, 2013. http://hdl.handle.net/10400.26/28636.
  18. Castro, Susana Gomes Pinto de. "A prática profissional do assistente social em contexto de lar de Infância e juventude". Mestrado, 2013. http://hdl.handle.net/10400.14/15734.
  19. Melo, Sónia Marlene Castro de. "Taxa de empregabilidade dos cursos de Educação e Formação de Adultos". Mestrado, 2011. http://hdl.handle.net/10400.14/15895.
  20. Pedra, Ana Maria Pereira Gomes. "Serviço social de empresa na actualidade". Mestrado, 2011. http://hdl.handle.net/10400.14/8061.
  21. Granja, Berta Pereira. "Assistente social - Identidade e saber". Doutoramento, 2011. http://hdl.handle.net/10216/7188.
  22. Melo, Sónia Marlene Castro de. "Taxa de empregabilidade dos cursos de Educação e Formação de Adultos". Mestrado, 2011. http://hdl.handle.net/10400.14/15895.
  23. Granja, Berta Pereira. "Assistente social - Identidade e saber". Doutoramento, 2011. http://hdl.handle.net/10216/7188.
  24. Pedra, Ana Maria Pereira Gomes. "Serviço social de empresa na actualidade". Mestrado, 2011. http://hdl.handle.net/10400.14/8061.

Outros

Outra produção
  1. Assistentes sociais, saber e identidade: reflexões sobre um processo de investigação etnográfica / Social workers, knowledge and identity: reflections on a ethnographic research process. A comunicação apresenta um processo de investigação etnográfica sobre o saber agir profissional dos Assistentes Sociais, saber que é aqui considerado como uma componente fundamental da sua identidade. Descreve o processo de construção do objeto e da metodologia e aborda os problemas de gestão das relações sociais de observação no que diz respeito aos profissionais mas, também, relativamente às pes. 2018. Granja, Berta. http://ojs2.ufjf.emnuvens.com.br/libertas/article/view/18595.
  2. A competência reflexiva processual em serviço social na ação profissional junto às populações. Este artigo resulta de pesquisa etnográfica desenvolvida em Portugal, Brasil e Canadá sobre a atividade profissional dos assistentes sociais e se centra nos aspectos relacionados ao saber que se mobiliza na interação junto às populações. A atividade profissional dos assistentes sociais responde a problemas vividos por indivíduos de forma singular, mas que decorrem do funcionamento das estruturas s. 2011. Granja,Berta. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742011000200006.
  3. Problemas e desafios da investigação em serviço social. Conhecer em serviço social significa compreender os problemas sociais como fenómenos sociais totais que têm origem no funcionamento das estruturas e relações sociais, sem negar a particularidade dos processos individuais e agir com a missão de prevenir e reparar os disfuncionamentos estruturais que impedem os mais desfavorecidos de acederem aos recursos indispensáveis para se construírem como cida. 2011. Granja, Berta Pereira; Queiroz, Maria Cidália. http://hdl.handle.net/11067/1051.
  4. A competência reflexiva processual em serviço social na ação profissionalizante junto às populações = Reflexive procedural competence in social services in the way professionals deal with the population. 2011. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. 01001574.
  5. Problemas e desafios da investigação em serviço social. Conhecer em serviço social significa compreender os problemas sociais como fenómenos sociais totais que têm origem no funcionamento das estruturas e relações sociais, sem negar a particularidade dos processos individuais e agir com a missão de prevenir e reparar os disfuncionamentos estruturais que impedem os mais desfavorecidos de acederem aos recursos indispensáveis para se construírem como cida. 2011. Granja, Berta Pereira; Queiroz, Maria Cidália. http://hdl.handle.net/11067/1051.
  6. A competência reflexiva processual em serviço social na ação profissional junto às populações. Este artigo resulta de pesquisa etnográfica desenvolvida em Portugal, Brasil e Canadá sobre a atividade profissional dos assistentes sociais e se centra nos aspectos relacionados ao saber que se mobiliza na interação junto às populações. A atividade profissional dos assistentes sociais responde a problemas vividos por indivíduos de forma singular, mas que decorrem do funcionamento das estruturas s. 2011. Granja,Berta. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742011000200006.
  7. A competência reflexiva processual em serviço social na ação profissionalizante junto às populações = Reflexive procedural competence in social services in the way professionals deal with the population. 2011. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. 01001574.
  8. Sessão V - Ensino Superior. A Sessão V concentrou-se no sistema de ensino a jusante do secundário, nomeadamente o politécnico e universitário. Pretendeu-se aqui também suscitar uma ampla participação de todas as forças vivas que compõem estes sistemas, focalizada nas consequências para os seus projectos educativos do grau de maturidade do desenvolvimento dos três valores nos seus estudantes.. 2004. Gomes, Bruno de Noronha; Cunha, Caixeiro da; Guedes, Teixeira; Moreira, Pinto; Costa, Porfírio; Henriques, Moisés Santos; Pereira, Cristina Vaz; et al. http://hdl.handle.net/10400.26/1759.
  9. Sessão V - Ensino Superior. A Sessão V concentrou-se no sistema de ensino a jusante do secundário, nomeadamente o politécnico e universitário. Pretendeu-se aqui também suscitar uma ampla participação de todas as forças vivas que compõem estes sistemas, focalizada nas consequências para os seus projectos educativos do grau de maturidade do desenvolvimento dos três valores nos seus estudantes.. 2004. Gomes, Bruno de Noronha; Cunha, Caixeiro da; Guedes, Teixeira; Moreira, Pinto; Costa, Porfírio; Henriques, Moisés Santos; Pereira, Cristina Vaz; et al. http://hdl.handle.net/10400.26/1759.
  10. Formação em serviço social : contexto e processos de aprendizagem da cidadania. Assistiu-se, em Portugal, logo após o 25 de Abril de 1974, a introdução de profundas mudanças na Formação em Serviço Social, mudanças que implicaram todos os que mais directamente contribuíram para a formação dos Assistentes Sociais. Do amplo debate a data iniciado e de realçar o consenso gerado em torno do discurso que, reconhecendo o pragmatismo que marcava as práticas do Assistente Social, prec. 1996. Pinto, Maria Luísa Macedo Costa; Granja, Berta Pereira. http://hdl.handle.net/11067/3986.
  11. Formação em serviço social : contexto e processos de aprendizagem da cidadania. Assistiu-se, em Portugal, logo após o 25 de Abril de 1974, a introdução de profundas mudanças na Formação em Serviço Social, mudanças que implicaram todos os que mais directamente contribuíram para a formação dos Assistentes Sociais. Do amplo debate a data iniciado e de realçar o consenso gerado em torno do discurso que, reconhecendo o pragmatismo que marcava as práticas do Assistente Social, prec. 1996. Pinto, Maria Luísa Macedo Costa; Granja, Berta Pereira. http://hdl.handle.net/11067/3986.