???global.info.a_carregar???
Pedro Pereira Leite was born in Lisbon in 1960. He is currently promoting the MED Museum of Global Education and Cultural Diversity, a program to include local knowledge and memories to create sustainable communities and Cultyural Polices for Diversity., and MED-Lab (Memory Tree Educational Mediation Programm) Guest Professor at Lusophone University where he is a member of the executive board of the UNITWIN Chair of UNESCO "Education, Citizenship and Cultural Diversity" (2018-2022). He has been a professor in the PhD and Master's programs in Museology since 2011. He graduated in History at Lisbon University in Lisbon, he earned his doctoral degree at Lusofona University in Lisboa (2011). He had research positions at Centre for Social Studies at Coimbra University (2012-2019) , is mediator at Africa-Digital Museum (Portugal). Is member of MINOM - International Mouvement for a New Museology (Board 2016) and ICOM Portugal (Board 2014/2017). Is Associated Professor at Lusofona University (2011) in Lisbon, where is member of the Coordination Board of Unesco Unitwin “Global Education and Cultural Diversity” (2018). It was invited professor at Eduardo Mondlane University (Maputo, Mozambique,2014), and Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul, Brasil (PUCRS, 2015), Invited Researcher ant State University of Rio de Janeiro and Federal University of Bahia,2012, Brazil. Member of several research groups, research networks and professional associations, and has collaborated with the UNESCO School Network and the Educating Cities Network in Portugal. It develops research activity in Portugal, Spain, Brazil and in Mozambique, argentina Colômbia, Cape Verte and Guinea-Bissau It maintains the research book Education, Citizenship and Cultural Diversity (https://globaleduca.hypotheses.org/) and Social Museology and Ecomuseus in Portugal (https://ecomuseus.wordpress.com/)
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Pedro Pereira Leite

Nomes de citação

  • Leite, Pedro Pereira

Identificadores de autor

Ciência ID
0115-8ADA-BEE6
ORCID iD
0000-0001-9608-0807
Google Scholar ID
IDp4298@ulusofona.pt
Researcher Id
M-8795-2013
Scopus Author Id
ID: 56957968500

Endereços de correio eletrónico

  • pedropereiraleite@hotmail.com (Pessoal)

Telefones

Telemóvel
  • (+351) 917644290 (Profissional)

Moradas

  • Passeio dos Fenícios nº 5, 5º Esq., 1990-302, 1990-302, Lisboa, Lisboa, Portugal (Pessoal)

Websites

  • https://wordpress.com/view/ecomuseus.wordpress.com (Rede social)
  • https://museudigitalafroportugues.wordpress.com/ (Profissional)
  • https://globaleducation767229770.wordpress.com/ (Blogue)

Domínios de atuação

  • Ciências Sociais - Outras Ciências Sociais - Ciências Sociais Interdisciplinares
  • Ciências Sociais - Outras Ciências Sociais - Outras Áreas das Ciências Sociais
  • Ciências Sociais - Ciências da Educação
  • Humanidades - Artes

Idiomas

Idioma Conversação Leitura Escrita Compreensão Peer-review
Português (Idioma materno)
Inglês Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1)
Francês Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1)
Espanhol; Castelhano Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B2) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1)
Formação
Grau Classificação
2012/01/01 - 2017/12/31
Concluído
Pós-Doutoramento em Estudos Africanos (Pós-doutoramento)
Especialização em Estudos Africanos
Universidade de Coimbra Centro de Estudos Sociais, Portugal
Aprovado
2016/06/20
Concluído
Formação Contínua de Professores (Outros)
Especialização em Formação Contínua de Professores
Universidade do Minho, Portugal
2012/10/10 - 2014/07/31
Concluído
Diretor de Sociodrama (Diploma de especialização)
Especialização em Psicologia
Sociedade Portuguesa de Psicodrama, Portugal
aprovado
2011/10/09 - 2013/05/15
Concluído
Curso de Auditor de Defesa Nacional (Diploma de especialização)
Especialização em Estratégia e Geo-política
Instituto de Defesa Nacional, Portugal
16
2011/02/01 - 2012/03/01
Concluído
Pós-Doutoramento em Museologia (Pós-doutoramento)
Especialização em Museologia
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal
Aprovado
2009
Concluído
Museologia (Doutoramento)
Especialização em Sem especialidade
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal
"Casa Mussambiki: Processo Museológico" (TESE/DISSERTAÇÃO)
1999/07/13
Concluído
História (Mestrado)
Especialização em História Contemporânea
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
"Mercadores de Letras: Rumos e Estratégias de Editores e Livreiros no Estado Novo (1936-1974)" (TESE/DISSERTAÇÃO)
1995/10/07 - 1997/07/05
Concluído
Mestrado em Ciências da Educação (Curso de doutoramento (conclusão de unidades curriculares))
Especialização em História da Educação / Educação Comparada
Universidade de Lisboa Faculdade de Psicologia, Portugal
aprovado
1994/11/09 - 1995/05/09
Concluído
Programa Avançado de Gestão para Executivos (Especialização pós-licenciatura)
Especialização em Ciências Empresariais
Universidade Católica Portuguesa, Portugal
aprovado
1989/09/01 - 1991/04/03
Concluído
Pós-Graduação em Comportamento Organizacional (Pós-Graduação)
Especialização em Psicologia das Organizações / Sociologia das Organizações
ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, Portugal
14
1986/10/06 - 1987/06/20
Concluído
Estudos Africanos (Curso de doutoramento (conclusão de unidades curriculares))
Universidade de Lisboa Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Portugal
aprovado
1985/07/26
Concluído
História (Licenciatura)
Especialização em Não Aplicável
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
Percurso profissional

Ciência

2012/01/01 - 2019/02/28 Investigador (Investigação)
Instituição de acolhimento Empregador
Universidade de Coimbra, Portugal Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Portugal

Docência no Ensino Superior

2011/03/01 - 2025/12/31 Professor Auxiliar (Docente Universitário)
Empregador
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal
2018/01/01 - 2021/12/31 Professor Associado Convidado (Docente Universitário)
Empregador
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento, Portugal
2011/03/01 - 2017/12/31 Professor Auxiliar Convidado (Docente Universitário)
Empregador
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal

Outras Carreiras

1987 - 1990/07 Professor do ensino básico e secundário (Professor do ensino básico e secundário)
Empregador
Ministério da Educação, Portugal

Cargos e Funções

2004 - 2009/06/30 Dirigente de laboratório, instituto, museu, centro ou observatório
Empregador
Fundação Fréderic Velge, Portugal
1989 - 1995 Dirigente de laboratório, instituto, museu, centro ou observatório
Empregador
Instituto de Investigação para o Desenvolvimento - INFORMAIO, Portugal

Outros

2003 - Atual Divulgação Cultural e Educação
Empregador
Marca D'Agua Edições e Projetos, Portugal
2005 - 2008 Ação Cultural
Empregador
Paladares com Arte, Portugal
1998 - 2005 Investigador
Empregador
Bruno Soares Arquitetos, Portugal
1992 - 1998 Consultor
Empregador
Tecnicorg - Consultadoria organizacional, Portugal
1982/09 - 1992/12 Centro de Documentação - Investigação Ação
Empregador
CIDAC - Centro de Informação e Documentação Amílcar Cabral, Portugal
Projetos

Bolsa

Designação Financiadores
2012 - 2014/12 Global Heritage: The Inclusion of local knowledge in territorial development
SFRH / BPD / 76601 / 2011
Fundação para a Ciências e Tecnologia

Projeto

Designação Financiadores
2019 - 2023/02/28 Minhembeti Museum
001
Bolseiro de Cientista Convidado
Universidade Lurio, Moçambique

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal

Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique
Fundação Minhembeti
2018 - 2023/02 Unesco Chair - Educação Cidadania e Diversidade Cultural
0000
N/A
2018 - 2021/03 Heranças Globais: Museologia Social
DL57/2016/CP1341/CT0008
Ministério da Educação
2018 - 2019/02/28 Não disponível
DL 57/2016/CP1341/CT0008
Universidade de Coimbra Centro de Estudos Sociais, Portugal
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
2012 - 2017/12/31 HERANÇAS GLOBAIS
SFRH/BPD/76601/2011
Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique
Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Outro

Designação Financiadores
2019 - Atual Med- Global Education Cultural Diversity
001-MED-a
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Centro de Estudos do Território Cultura e Desenvolvimento, Portugal

MED - Museum on Education and Cultural Diversity, Moçambique
2017 - 2017/06 Jahren die Forderung
SHRH/BPD/76601/2011
Bolseiro de Cientista Convidado
Produções

Publicações

Artigo em conferência
  1. Leite, Pedro Pereira. "Lisboa - O papel da Diversidade Cultural para a criação de comunidades sustentáveis". 2019.
  2. Leite, Pedro Pereira. "Árvore das Memórias - Laboratório de Pesquisa em Museologia". 2018.
  3. Leite, Pedro Pereira. "A Diversidade Cultural e a Economia Criativa nas cidades educadoras". 2017.
  4. Leite, Pedro Pereira. "Educação Global e museologia social: Experiências do sul global sobre desenvolvimento sustentável". 2017.
  5. Leite, Pedro Pereira. "A escultura maconde e a ideia de moçambicanidade". 2016.
  6. Leite, Pedro Pereira; Fantasia, Ana; Zacarias, Filipa; Maridalho, Patrícia. "Modos de fazer e estar em Djabula, Mozambique". 2015.
  7. Leite, Pedro Pereira. "Museologia e Inovação Social". 2014.
  8. Leite, Pedro Pereira. "A Árvore da Palavra". 2012.
  9. Leite, Pedro Pereira. "A poética da Intersubjetividade". 2012.
  10. Leite, Pedro Pereira. "O Compromisso no Processo Museológico". 2012.
  11. Leite, Pedro Pereira. "Museologia, Património e Direitos Humanos". 2012.
  12. Leite, Pedro Pereira. "As Imagens dos Africanos nos Museus de Lisboa". 2011.
Artigo em revista
  1. Leite, Pedro Pereira. "Sementes de Futuros Programas e Planos em Museologia Social". Informal Museology Studies (2021): https://informalmuseology.wordpress.com/29-sementes-de-futuro-programas-e-planos-em-museologia-social/.
    DOI: 10.13140/RG.2.2.28638.05446
  2. Leite, Pedro Pereira. "Poética da autonomia I: Memórias dum mundo perdido". Informal Museology Studies (2020): http://rgdoi.net/10.13140/RG.2.2.28638.05446.
    10.13140/RG.2.2.28638.05446
  3. Leite, Pedro Pereira. "Cartas da Guiné Bissau - Experiencias de Educação Patrimonial". Unpublished (2020): http://rgdoi.net/10.13140/RG.2.2.30802.89286.
    10.13140/RG.2.2.30802.89286
  4. Leite, Pedro Pereira. "Critical Pedagogy and Autonomy: Metodology and Epistemology". Informal Museology Studies 26 26 (2020): 5-43. https://informalmuseology.wordpress.com/informal-museology-studies/.
    10.32843/2663-6085.2019.12-2
  5. Leite, Pedro Pereira; Leite, Pedro Pereira. "Museologia nômade e economia solidária: Intervenções de educação popular patrimonial". Revista Lugar Comum 56 (2019): http://uninomade.net/lugarcomum/56/.
  6. Leite, Pedro Pereira; Leite, Pedro Pereira. "Passagens Experiencias de Liberdade em espaços de transição". Revista del Museo de Antropología (2019): http://dx.doi.org/10.31048/1852.4826.v12.n2.
    10.31048/1852.4826.v12.n2.21187
  7. Leite, Pedro Pereira. "Pedagogia e Autonomia". (2019): http://hdl.handle.net/10437/9800.
  8. Leite, Pedro. "Culture and Development ?". Informal Museolgy Studies (2015):
  9. Leite, P.P.. "Looking at the other: Museological narrative on diversity in the era of globalization,Olhar o Outro: Narrativas museológicas sobre a diversidade na época da globalização". Complutum 26 2 (2015): 101-110. http://www.scopus.com/inward/record.url?eid=2-s2.0-84946899478&partnerID=MN8TOARS.
    10.5209/rev-CMPL.2015.v26.n2.50421
  10. Leite, Pedro. "Movimentos Sociales y nueva Museologia: la innovación brasileña". ETNICEX: revista de estudios etnográficos (2014): http://dialnet.unirioja.es/servlet/revista?codigo=15510.
  11. Leite, Pedro. "Heritage Chartt :". Informal Museology Studies (2014): https://www.academia.edu/8153208/Carta_do_patrimonio_Instrumentos_de_participacao_no_urbanismo.
  12. Leite, Pedro Pereira. "As narrativas biográficas e as metodologias de investigação-acção sobre a memória e o esquecimento". Conference Proceedings 5º Congress of European African Studies (2014): http://hdl.handle.net/10071/7575.
    http://hdl.handle.net/10071/7575
  13. Leite, Pedro Pereira. "Carta do Património: Instrumentos de Participação no Urbanismo". Ao longo de três anos (2011 e 2013) regemos na Universidade Lusófona de Lisboa a Cadeira de Urbanismo e Património. Uma atividade que iniciamos em substituição do nosso colega e amigo Alfredo Tinoco pelo seu prematuro falecimento, e que interrompemos por imperativo legal. Na sequência do nosso projeto de Investigação “Heranças Globais: A Inclusão dos Saberes das Comunidades no Desenvolvimento dos (2014): http://hdl.handle.net/10437/5471.
  14. Leite, Pedro Pereira. "Baixa in Real Time exhibition - reference book". Cadernos Sociomuseologia (2013): http://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/4338.
Artigo em revista (magazine)
  1. Leite, Pedro. "The Macau Museum Relevance for the Lusophone Museunms Network", 2014, http://www.plataformamacau.com/wp-content/uploads/2014/04/n%C2%BA12-net.pdf.
    10.13140/2.1.2289.6640
Capítulo de livro
  1. Leite, Pedro Pereira. "Social Museology and Public Art - Experimental Research". editado por Marca D'Agua Edições e Projetos. Bissau, Guiné-Bissau: Marca D' Agua Edições e Projetos, 2020.
  2. Leite, Pedro Pereira; Leite, Pedro Pereira. "Educação Popular Patrimonial". In Introdução à Sociomuseologia, editado por Mário Moutinho; Judite Primo, 535-558. Salvador, Brasil: Edições Universitáras Lusofonas, 2020.
  3. Leite, Pedro Pereira. "Kulturelle Vielfalt und Kreativwirtschaft Popular Education und Bürgerbeteiligung". Historisches Museum Frankfurt am Main, 2020.
  4. Leite, Pedro Pereira. "Museologia Social e Arte Pública". Marca D’Água - Edições e Projeto, 2020.
  5. Leite, Pedro Pereira. "Pedagogia Crítica e Autonomia: Metodologia e Epistemologia". Marca D’Água - Edições e Projeto, 2020.
    10.32843/2663-6085.2019.12-2
  6. Leite, Pedro Pereira; Primo, Judite Santos. "Lisbon – The Role of Cultural Diversity for Sustainable Communities". In THE FUTURE OF MUSEUMS OF CITIES Camoc Annual Conference Frankfurt, Germany, June 2018. Frankfurt, Alemanha: CAMOC - INTERNATIONAL COMMITTEE FOR THE COLLECTIONS AND ACTIVITIES OF MUSEUMS OF CITIES, 2019.
    Publicado
  7. Leite, Pedro Pereira. "Industrias culturais e criativas em Portugal". Portugal: Cátedra Iberoamericana 'Alejandro Roemmers' de Industrias Culturales y Creativas de la Universidad Miguel Hernández de Elche; Fundación Iberoamericana de las Industrias Culturales y Creativas, 2018.
  8. Leite, Pedro Pereira. "MUSEOLOGY AND SOCIAL INNOVATION". Portugal, 2018.
    10.13140/2.1.4803.2325
Documento de trabalho
  1. Leite, Pedro Pereira. 2016. "Novos Desafios para a Museologia Social". Documento de trabalho. http://hdl.handle.net/10437/7319.
Edição de número de revista
  1. Leite, Pedro Pereira. "Método Biográfico : Oficina de narrativas biográficas". Heranças Globais - Memórias Locais (2013): https://www.academia.edu/6570097/Herancas_Globais-_Memorias_Locais_n_3_-_Metodo_Biografico.
Livro
  1. Leite, Pedro Pereira. Ato educativo no património. Marca D'Água. 2019.
  2. Leite, Pedro Pereira. Museologia Social e Dignidade Humana. Moçambique. 2017.
    10.13140/RG.2.2.19829.99045
  3. Leite, Pedro Pereira. Museologia social e dignidade humana: estudos sobre a diversidade cultural e o desenvolvimento sustentável. Portugal: Marca d’Agua. 2017.
  4. Leite, Pedro Pereira. Herançs do Mar Salgado:. Portugal. 2013.
  5. Leite, Pedro. Lisbon Saraswati:. Moçambique. 2013.
  6. Leite, Pedro. Lisboa Cidade Africana. 2013.
  7. Leite, Pedro Pereira; Fantasia, Ana. Lisbon Saraswati: A experiência de viagem pelas memórias de Lisboa. Portugal: Marca D' Água. 2013.
  8. Leite, Pedro Pereira. Heranças do Mar Salgado: A Geocultura na Estratégia do Mar. Portugal: Marca D'Agua. 2013.
  9. Leite, Pedro Pereira; Henriques, Isabel de Castro; Fantasia, Ana. Lisboa Cidade Africana: Percursos e Lugares de Memória da Presença Africana. Portugal: Marca D'Agua. 2013.
  10. Henriques, Isabel de Castro; Leite, Pedro Pereira; Fernandes, Cátia. Lugares de Memória da Escravatura e do Tráfico Negreiro (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe). Portugal: Marca D'Agua. 2013.
  11. Leite, Pedro. Olhares Biográficos. 2012.
  12. Leite, Pedro. Lugares de Memória da Escravatura e do Tráfico Negreiro. Portugal. 2012.
  13. Leite, Pedro. Muss-amb-ike. 2012.
  14. Leite, Pedro Pereira. Objetos Biográficos: A poética da intersubjectividade em museologia. Portugal: Marca D'Agua. 2012.
  15. Leite, Pedro. Rio Frio. 2010.
  16. Leite, Pedro. Carta do Património Mineiro. 2009.
  17. Leite, Pedro. Ilusões Doiradas. 2009.
  18. Leite, Pedro. Mercadores de Letras. 2009.
  19. Leite, Pedro. Vento do Suão. 2009.
  20. Leite, Pedro. A Escola na Sanzala. 2009.
  21. Leite, Pedro Pereira. Mercadores de Letras : Rumos e Estratégias dos Editores e Livreiros no Estado Novo. Portugal: Marca d' Água. 2009.
  22. Leite, Pedro Pereira. Rio Frio: Memória duma Herdade Agrícola. Portugal: Marca D'Agua. 2009.
  23. Leite, Pedro Pereira. Memórias da Herdade de Rio Frio. Portugal: Marca D'Agua. 2009.
  24. Leite, Pedro Pereira. Frédéric Velge : Fotobiography. Portugal: Marca D'Agua. 2009.
  25. Leite, Pedro. Fréderic Velge. 2008.
  26. Leite, Pedro. Histórias do Teatro. 2005.
Poster em conferência
  1. Leite, Pedro. "Tree of Memories". 2017.
    10.13140/RG.2.2.32374.09288
  2. Leite, Pedro. "O Hospital de Moçambique". 2013.
Resumo em conferência
  1. Leite, Pedro Pereira. "Modos de Ser e Estar em Djabula Mozambike". 2014.
Revisão de livro
  1. Leite, Pedro Pereira. "Heranças Globais - Memórias Locais". http://hdl.handle.net/10437/3654.
Tese / Dissertação
  1. Souza, Manoela Nascimento. "A experiência sensorial do corpo em exposições museológicas". Mestrado, 2018. http://hdl.handle.net/10437/9539.
  2. Rapagão, Vera Lúcia Correia. "Gestão de projetos em organizações sem fins lucrativos : IPSS portuguesas". Mestrado, 2017. http://hdl.handle.net/10400.5/14630.

Artística / Interpretação

Exposição de curadoria/museu
  1. Leite, Pedro Pereira. 2019. "Global Education and Autonomy Pedagogy". In Global Education and Autonomy Pedagogy Gallery.

Outros

Conjunto de dados
  1. Pedagogy and Autonomy - Museum Gallery Education and Cultural Diversity. https://globaleduca.hypotheses.org/a-catedra/autonomy-pedagogy-educators-gallery?preview_id=1549&pre.
Outra produção
  1. Leite, Pedro Pereira. 2018. O que é e para que serve o Património?. Neste número dos Informal Museology Studies apresentamos três textos sobre a problemática do “ato Patrimonial em contexto urbanos. Tratam-se de três artigos em que damos conta da necessidade de desenvolver ações afirmativas com base na intervenção patrimonial na cidade. No primeiro artigo damos relevo ao debate sobre a educação patrimonial, no âmbito do ano Europeu do Património Cultural (2018), n. http://hdl.handle.net/10437/9538.
  2. Leite, Pedro Pereira. 2017. Educação Patrimonial e participação comunitária. Quem trabalha hoje nos museus e nas organizações culturais não pode deixar de estar atento e crítico às linguagens usadas na construção das narrativas sobre as posições sociais dos seus autores. É necessário não ter a ingenuidade de pensar que as representações são desprovidas de sentidos sociais, e que se sobre elas não exercermos um olhar crítico, a narrativa é uma mera reprodução de estereótipo. http://hdl.handle.net/10437/8154.
  3. Leite, Pedro Pereira. 2016. A Dignidade Humana e uma Nova Narrativa para a Europa. Neste número dos Informal Museology Studies apresentamos o texto do Professor Carlos Carranca que serviu de base à sua intervenção na Tertúlia “Café Europa” realizada no dia 6 de março de 2015 na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Segue-se um pequeno texto que acompanha a exposição sobre “Uma nova narrativa para a Europa” que realizamos para esse evento e que esteve patente ao púb. http://hdl.handle.net/10437/7316.
  4. Leite, Pedro Pereira. 2016. Notas milanesas sobre ecomuseologia social. O Ecomuseu e a eco museologia constituem-se fundamentalmente como um modelo de organização para trabalhar o património duma dada comunidade, na sua relação com o território através de métodos participativos. Dos vários trabalhos de Graça Filipe e Hugues de Varine fica clara a afirmação desde modelo de intervenção, que se distingue duma museologia mais clássica, centrada sobre objetos e coleções nu. http://hdl.handle.net/10437/7299.
  5. Leite, Pedro Pereira; Fantasia, Ana. 2016. O Futuro da Saúde Global. O conhecimento científico tem-nos ajudado a resolver os problemas das sociedades. É um processo que nos ajuda a identificar os problemas (diagnóstico) e a procurar soluções (experiencia). A ciência é sem dúvida um instrumento de conhecimento do mundo e uma ferramenta para a sua transformação. Sabemos que a investigação científica nem sempre tem uma aplicação imediata, mas que ela é fundamental par. http://hdl.handle.net/10437/7310.
  6. Leite, Pedro Pereira. 2016. Árvore das Memórias: Lugares e saberes do sul. A oficina “arvore das memórias” que apresentamos como experiencias no Congresso das Cidades educadoras parte da proposta de olhar os lugares do sul como um momento de encontro para reconhecimento da diversidade dos saberes e o reconhecimento do si, e integra as atividades de educação para o desenvolvimento da ONGD “VIDA” Voluntários Internacionais para o Desenvolvimento Africano” A partir da const. http://hdl.handle.net/10437/7312.
  7. Leite, Pedro Pereira; Carvalho, Ana; Camacho, Clara Freyão. 2016. Contextos e Desafios da Nova Recomendação da UNESCO para Museus e Colecções. A Recomendação Relativa à Protecção e Promoção dos Museus e das Colecções, da sua Diversidade e do seu Papel da Sociedade (doravante Recomendação de 2015) foi aprovada a 17 de Novembro de 2015, em Paris, no âmbito da 38.ª sessão da assembleia-geral da UNESCO. O último documento da UNESCO referente a museus datava de 1960. Mais de 50 anos passados, esta nova Recomendação marca uma posição sobre as. http://hdl.handle.net/10437/7309.
  8. Carvalho, Ana. 2016. Contextos e Desafios da Nova Recomendação da UNESCO para Museus e Colecções: Entrevista com Clara Frayão Camacho e Pedro Pereira Leite. A Recomendação Relativa à Protecção e Promoção dos Museus e das Colecções, da sua Diversidade e do seu Papel da Sociedade foi aprovada a 17 de Novembro de 2015, em Paris, no âmbito da 38.ª sessão da assembleia-geral da UNESCO. O último documento da UNESCO referente a museus datava de 1960. Mais de 50 anos passados, esta nova Recomendação marca uma posição sobre as orientações que devem ser seguida. http://icom-portugal.org/boletim_icom,156,567,detalhe.aspx.
  9. Leite, Pedro Pereira. 2015. Olhar o Outro: Narrativas museológicas sobre a diversidade na época da globalização. O artigo apresenta os resultados parciais duma investigação em curso sobra narrativas museológicas sobre o reconhecimento da diversidade cultural. A partir duma análise sobre os processos de construção a ideia do outro em diferentes exposições em diverso museus, na Península Ibérica, no Brasil e em Moçambique, procuramos identificar os processos narrativos hegemónicos e os processos de silenciamen. http://hdl.handle.net/10437/7308.
  10. Leite, Pedro Pereira. 2015. Saúde Global e Desenvolvimento Sustentável. saúde da população é uma questão crucial para o desenvolvimento em qualquer país do mundo. É uma evidência para cada um de nós que a saúde é uma condição base para podermos assumir com plenitude as diferentes atividades, seja no trabalho, na vida familiar, ou na vida social. Para o funcionamento do sistema económico a existência de uma força de trabalho com boa saúde é também vital. Sabemos que a. http://hdl.handle.net/10437/7296.
  11. Primo, Judite Santos; Leite, Pedro Pereira; Judite Primo; Pedro Leite. 2015. Olhares biográficos em museologia: os desafios da intersubjetividade. Neste artigo propomos uma reflexão sobre uso de objetos biográficos na museologia, como um processo de produção e inclusão de saberes na sociedade. A renovação teórica da abordagem sociomuseológica, um processo que tem vindo a serconduzido pelo MINOM e por várias universidades, é fundado nas premissas teorias de adequação das estruturas e processos museológicos aos ritmos e às necessidades das soc. http://hdl.handle.net/10437/7705.
    10.36572/csm.2015.vol.49.05
  12. Fantasia, Ana; Leite, Pedro Pereira. 2015. Leitura da Agenda Pós 2015 a partir da teoria crítica do desenvolvimento. Em 2000 a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou e definiu oito objetivos de desenvolvimento do milénio a atingir em 2015. Com esse compromisso procurou alcançar um conjunto de ambiciosas metas, objetivadas através de indicadores quantitativos verificados num horizonte temporal de 15 anos. Anualmente os resultados atingidos são reportados à Assembleia Geral. Neste ano de 2. http://hdl.handle.net/10437/5955.
  13. Leite, Pedro Pereira. 2015. A Ideia da Europa e a Dignidade Humana. Neste número dos Informal Museology Studies apresentamos o texto do Professor Carlos Carranca que serviu de base à sua intervenção na Tertúlia “Café Europa” realizada no dia 6 de março de 2015 na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Segue-se um pequeno texto que acompanha a exposição sobre “Uma nova narrativa para a Europa” que realizamos para esse evento e que esteve patente ao púb. http://hdl.handle.net/10437/7311.
  14. Fantasia, Ana; Leite, Pedro Pereira. 2015. Uma leitura crítica da teoria do pós-desenvolvimento. Neste trabalho efetuamos uma leitura crítica do artigo “Post-development as a concept and social practice”, de Arturo Escobar (2007) inserido no livro “Exploring Post-Development: Theory and Practice, Problems and Perspectives” editado por Aram Ziai, Routledge, pp 18 - 31 Nesse artigo de Arturo Escobar apresenta uma síntese detalhada da sua crítica ao conceito de desenvolvimento e propõe um novo f. http://hdl.handle.net/10437/5954.
  15. Leite, Pedro Pereira. 2015. Processos Patrimoniais Africanos: Guião de Aula Aberta. Neste número apresentamos o guião da aula aberta no Mestrado de Estudos Africanos, em 15 de maio de 2015 na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Uma participação feita por convite da nossa amiga Isabel Galhano Rodrigues, coordenadora do curso, a quem mais uma vez agradecemos. Com a duração de cerca de quatro horas optamos por apresentar de forma sintética a proposta de metodologia do soci. http://hdl.handle.net/10437/7318.
  16. Leite, Pedro Pereira. 2015. A Museologia Social e os movimentos sociais no Brasil. O artigo tem como objectivo analisar a relação entre a museologia social e os movimentos sociais no Brasil. Procuramos analisar a emergência reflexão da função Social dos Museus como um processo que conduz a um movimento de renovação na museologia que lhe permite adequar-se aos processos de transformação e inovação social. A análise de alguns casos nos museus de favela no rio de Janeiro, que surge. http://hdl.handle.net/10437/5924.
  17. Leite, Pedro Pereira. 2015. Para que servem os museus. A pergunta para que servem os museus pode parecer irrelevante. Afinal todos sabemos que um museu é um equipamento, de natureza cultural que apresenta colecções de objetos. Colecções consideradas relevantes e que devem ser preservadas e visitadas. Implica um espaço seguro e vigiado. Normalmente apresenta uma narrativa para aqueles que o visitam. Será isso para que serve um museu?. http://hdl.handle.net/10437/7290.
  18. Leite, Pedro Pereira. 2015. Cultura e Desenvolvimento?. Neste número dos Informal Museology Studies apresentamos um pequeno texto sobre a relação entre a cultura e o desenvolvimento. O texto começou a ser elaborado à alguns meses, e procura ser um contributo para a operacionalização da relação entre a cultura e o desenvolvimento. O texto serviu de base para a aula do seminário no âmbito do III Curso Avançado de Museologia, que se realizou em Portalegre. http://hdl.handle.net/10437/7317.
  19. Leite, Pedro Pereira. 2014. A Nova Museologia e os Movimentos sociais em Portugal. Os primeiros anos do novo milénio trouxeram para a história dos movimentos sociais novas formas de organização, novas ideias e novos protagonistas. Qual o lugar da museologia social em Portugal no âmbito destes movimentos sociais é a linha que nos orienta neste artigo? Em Portugal constitui-se em 1985 o Movimento Internacional para Uma Nova Museologia, um grupo de reflexão sobre os processos e as. http://hdl.handle.net/10437/4642.
  20. Leite, Pedro Pereira. 2014. A Miséria da Museologia em Portugal. Os primeiros anos do novo milénio trouxeram para a história dos movimentos sociais novas formas de organização, novas ideias e novos protagonistas. Qual o lugar da museologia social em Portugal no âmbito destes movimentos sociais é a linha que nos orienta neste artigo? Em Portugal constitui-se em 1985 o Movimento Internacional para Uma Nova Museologia, um grupo de reflexão sobre os processos e as. http://hdl.handle.net/10437/4645.
  21. Leite, Pedro Pereira. 2014. A Miséria da Museologia: Reflexões sobre a museologia social em Portugal. Os primeiros anos do novo milénio trouxeram para a história dos movimentos sociais novas formas de organização, novas ideias e novos protagonistas. Qual o lugar da museologia social em Portugal no âmbito destes movimentos sociais é a linha que nos orienta neste artigo? Em Portugal constitui-se em 1985 o Movimento Internacional para Uma Nova Museologia, um grupo de reflexão sobre os processos e as. http://hdl.handle.net/10437/4649.
  22. Leite, Pedro Pereira. 2014. A relevância dos museus de Macau para a rede de museus da Lusofonia. Os museus como espaço de encontro constituem um dos mais relevantes desafios aos museus no nosso tempo. A cidade de Macau, com os seus vinte e um museus e espaços de memória constitui um espaço da maior relevância neste encontro entre o oriente e o ocidente. Um encontro que advêm da partilha de heranças e memórias comuns. Este texto propõe, a partir duma reflexão sobre os espaços museológicos de M. http://hdl.handle.net/10437/5697.
  23. Leite, Pedro Pereira; Fantasia, Ana. 2014. As narrativas biográficas: oralidade e intersubjectividade. A questão da intersubjetividade tem vindo a ser abordada na teoria do conhecimento com uma proposta de superação da relação do sujeito (aquele que formula os problemas) com o seu objeto de conhecimento (formulação de problemas sobre os quais são aplicados os métodos de observação e medição). Esta crítica ao paradigma racional, que tem vindo a ser feito entre outros pela escola de Frankfurt, de ond. http://hdl.handle.net/10437/7294.
  24. Leite, Pedro Pereira; Fantasia, Ana; Maridalho, Patrícia; Zacarias, Filipa. 2014. Modos de Fazer e Estar em Djabula Moçambique. We present the preliminary results of the project "Tree of Memories" developed at the Community Center of Djabula, a village south of Maputo where the NGO VIDA work for an emancipatory social intervention. The association supports the forms of land use and local resources for the generation and diversification of income and support the local community, training of community members for social inte. http://hdl.handle.net/10437/5612.
  25. Leite, Pedro Pereira. 2014. O meu avô António e as questões de Cidadania e defesa. Celebram-se neste ano de 1914 os cem anos de início da Grande Guerra. Grande porque foi tremendamente mortífera. Ao longo de quatro longos anos uma extensa linha de trincheiras dividia uma Europa. Extensas áreas eram gaseadas enquanto as mortíferas metralhadores dizimavam os afoitos assaltos. Foi também a primeira das duas guerras mundiais. Mundiais porque os cenários do conflito se alargaram para. http://hdl.handle.net/10437/7292.
  26. Leite, Pedro Pereira. 2014. Memórias Esbranquiçadas: As heranças africanas nos Museus Portugueses. Neste artigo abordamos as narrativas sobre as heranças africanos nos museus portugueses a partir da problemática da memória e do esquecimento. Nele procuramos identificar o lugar e o modo de apresentação sobre as heranças africanas. Trata-se duma interrogação que se insere no campo das pesquisas sobre a memória social, iniciadas nos alvores do século XX, numa perspetiva da teoria crítica. A partir. http://hdl.handle.net/10437/4643.
  27. Leite, Pedro Pereira. 2014. A Nova Museologia e os Movimentos sociais em Portugal. Os primeiros anos do novo milénio trouxeram para a história dos movimentos sociais novas formas de organização, novas ideias e novos protagonistas. Qual o lugar da museologia social em Portugal no âmbito destes movimentos sociais é a linha que nos orienta neste artigo? Em Portugal constitui-se em 1985 o Movimento Internacional para Uma Nova Museologia, um grupo de reflexão sobre os processos e as. http://hdl.handle.net/10437/4642.
  28. Leite, Pedro Pereira. 2014. Voltamos Todos. Rui Stofell é marido da minha colega Mercedes que me ofereceu este livro. Veio a propósito de conversas sobre a Ilha de Moçambique, lugar mítico no Índico usada como local de férias do exército português durante a Guerra Colonial. http://hdl.handle.net/10437/7293.
  29. Leite, Pedro Pereira. 2014. A Miséria da Museologia: Reflexões sobre a museologia social em Portugal. Os primeiros anos do novo milénio trouxeram para a história dos movimentos sociais novas formas de organização, novas ideias e novos protagonistas. Qual o lugar da museologia social em Portugal no âmbito destes movimentos sociais é a linha que nos orienta neste artigo? Em Portugal constitui-se em 1985 o Movimento Internacional para Uma Nova Museologia, um grupo de reflexão sobre os processos e as. http://hdl.handle.net/10437/4649.
  30. Leite, Pedro Pereira. 2014. A Miséria da Museologia em Portugal. Os primeiros anos do novo milénio trouxeram para a história dos movimentos sociais novas formas de organização, novas ideias e novos protagonistas. Qual o lugar da museologia social em Portugal no âmbito destes movimentos sociais é a linha que nos orienta neste artigo? Em Portugal constitui-se em 1985 o Movimento Internacional para Uma Nova Museologia, um grupo de reflexão sobre os processos e as. http://hdl.handle.net/10437/4645.
  31. Leite, Pedro Pereira. 2013. Diário de Viagem: Barroco e Fronteira. Diário de Viagem: O Barroco e a Fronteira. constituem relatos das viagens museológicas no Brasil e Na fronteira luso-estremenha. FCT. http://hdl.handle.net/10437/4641.
  32. Leite, Pedro Pereira. 2013. Oficina do Riso. A proposta da Oficina do Riso tem por base os trabalhos desenvolvidos por Pierre Mayland e Luísa Rogado no Museu do Homem e do Mar na Carrapateira em Aljezur. Numa das viagens que efetuamos ao museu do Mar no ano passado encontramos esta atividade e recolhemos os seus principais elementos. Depois de refletir sobre a proposta, a após a inclusão da algumas das atividades que temos andado a desenvolv. http://hdl.handle.net/10437/3968.
  33. Leite, Pedro Pereira. 2013. Museologia Informal e Investigação-ação. Este artigo constitui uma reflexão sobre as metodologias de investigação-ação aplicada na museologia informal. Iniciamos o artigo com uma reflexão sobre os Horizontes da emancipação social, a proposta de Boaventura Sousa Santos apresentada em 2000 no seu livro “Critica da Razão Indolente”, para de seguida fazermos uma atualização da nossa reflexão sobre a Investigação-ação aplicada na museologia i. http://hdl.handle.net/10437/3967.
  34. Leite, Pedro Pereira; Fantasia, Ana. 2013. Cartografias dos Estudos Africanos. Trabalhamos neste artigo um conjunto de questões relativas aos Estudos Africanos, aos Estudos Sobre o Desenvolvimento e sobre as Epistemologias do Sul. Durante os trabalhos de preparação da investigação no sul de Moçambique, nomeadamente na revisão de literatura, formos encontrando algumas questões umas de natureza teoria, outras de natureza metodológica que mereceram alguma atenção e reflexão. Aq. http://hdl.handle.net/10437/3965.
  35. Leite, Pedro Pereira. 2013. Representações Cartográficas do Espaço Estratégico Português. Este é um pequeno exercício sobre a problematização da representação sobre espaço como marcador de memória. Como sabemos a cartografia é um processo de representação do espaço como um processo simbólico de apropriação duma determinada realidade. O objetivo da representação é criar uma forma de apropriação do mundo sobre o qual se constrói a ação. Neste pequeno exercício interpretamos o significado. http://hdl.handle.net/10437/4935.
  36. Leite, Pedro Pereira. 2013. Museologia e Método Biográfico. O método Biográfico na museologia é uma aproximação metodológica que temos vindo a trabalhar desde 2011. Na altura apresentamos uma proposta a que chamamos “Olhares Biográfico: a poética da intersubjetividade na museologia”, que constitui o relatório de pós-doutoramento em sociomuseologia. Posteriormente, no âmbito da exposição “Lisboa em tempo real” propusemos a abertura, no espaço expositivo dum. http://hdl.handle.net/10437/4640.
  37. Leite, Pedro Pereira. 2013. Representações dos lugares de memória: Estudos de Geocultura do Mar no litoral português. Este pequeno texto, apresenta os resultados das análises aos lugares de memória no âmbito da nossa expedição pela costa portuguesa. Foi um trabalho elaborado no verão de 2012 no âmbito do curso de Auditores de Defesa Nacional, que deu origem ao nosso livro Heranças do Mar Salgado, geocultura do mar, que se encontra em fase de edição final (Lisboa, Marca D’ Água- Publicações e Projetos). Temos vind. http://hdl.handle.net/10437/4933.
  38. Leite, Pedro Pereira; Costa, Luísa; Hognisbaum, Claire; Machado, Rita; Vitor, Isabel. 2013. Tertúlias na Baixa. As “Tertúlias na Baixa” foram um conjunto de propostas de oficinas de mediação com o objetivo de mostrar modos inovadores na exploração do espaço sociomuseológico e de procurar a integração com as comunidades. Foram realizadas no âmbito da “Exposição Baixa em Tempo Real”, uma organização do Departamento de Museologia da ULHT, apresentada na Galeria Milennium/BCP, na Rua Augusta em Lisboa de 1 de m. http://hdl.handle.net/10437/3966.
  39. Leite, Pedro Pereira. 2013. Exhibition Memory / Memory of an Exhibition. What are and how are memories witten? Since classical antiquity that an understading of the phenomon of memory has been searched for. How do memories, images of another time, constitute themselves as representations? How do we make objects of the past became present? Writing about the memories of an exhibition becomes a challenge of creating a representation. Operating a narrative that adds being.. http://hdl.handle.net/10437/3655.
  40. Leite, Pedro Pereira. 2012. Sociomuseologia y Globaización. Todos sentimos que el mundo está cambiando de forma muy rápida. Nuestras instituciones dedicadas a la memoria se enfrentan a importantes desafíos en un mundo globalizado. Este artículo tiene como objetivo situar la problemática de la sociomuseología frente a la globalización. Después de reflexionar sobre la evolución de la globalización y la sociomuseología, vamos a problematizar algunas de las cu. http://hdl.handle.net/10437/2962.
  41. Leite, Pedro Pereira. 2012. As Janelas da Museologia Informal. Este artigo trabalha a janela na museologia. A análise da janela como elemento dos processos sociais. A análise das funções e formas da janela ao longo da história conduz-nos à tensão da janela nos museus contemporâneos. Mas a janela como metáfora da iluminação dos objetos é também um desafio para a nova museologia, uma museologia que acontece em diferentes espaços, espaços urbanos abertos à inova. http://hdl.handle.net/10437/2953.
  42. Leite, Pedro Pereira. 2012. Reencontros: A museologia como instrumento da reconstrução da memória social através da expressão das vontades de futur. Este artigo propõe uma reflexão da museologia social como ferramenta na resolução de processos de conflitualidade nas comunidades através da ativação da memória social. A dor dos entes que partem choradas no embondeiro são também modos de olhar o futuro. Fazem parte dos rituais do ciclo da vida e do renascimento no corpo social, onde as partes do todo são sucessivamente reconstruídas no devir. São. http://hdl.handle.net/10437/2963.
  43. Leite, Pedro Pereira. 2011. Casa Muss-amb-iki: a viagem como elemento catalisador dum processo museológico. Este artigo faz um balanço da investigação do nosso projecto de doutoramento: A construção dum processo museológico na cidade de Moçambique. É constituído por 3pontos: As expedições no Cenário Museal, A condição Humana e o Lugar do Outro e O Compromisso museológico. O primeiro faz uma leitura crítica à proposta metodológica de Cristina Bruno. O segundo ponto, relata o nosso confronto com o objecto. http://hdl.handle.net/10437/4525.
  44. Leite, Pedro Pereira. 2010. Günter Strauss e a Colecção de Minerais do Museu Mineiro do Louzal. Günter Strauss is Ph.D. in geology from the University of Munich in 1965. He is a German living by long time in Spain. Naw he is a SAPEC High Advisser His doctoral thesis, submitted in 1965, with the title "About the Geology of the Province of pyrite Southwest of the Iberian Peninsula and its oil fields, especially in the pyrite mine Louzal - Portugal" Systematized the term" Iberian Pyrite Belt ",. http://hdl.handle.net/10437/3749.
  45. Leite, Pedro Pereira. 2009. Pela Estrada Larga : Fernando Fernandes e a memória duma geração de livreiros. História da Livraria Leitura do Porto e a Divulgação Cultural.. http://hdl.handle.net/10437/3746.
  46. Leite, Pedro. 2003. Pela Estrada Larga. O Livreiro Fernando Fernandes e a Livraria Leitura do Porto.
  47. Leite, Pedro. 2001. Anos de Mudança.
  48. Leite, Pedro Pereira. 2000. Turismo e Cultura: Rotas do Atlântico. A emergência do Turismo na Região da Madeira. http://hdl.handle.net/10437/3941.
Técnica de investigação
  1. Programa perliminar para o Museu Minhembeti - Salamanga - Moçambique. Investigador.
Atividades

Orientação

Título / Tema
Papel desempenhado
Curso (Tipo)
Instituição / Organização
2008 - Atual Tecendo a Museologia na Amazónia: Mudanças, Perpectivas e Ações Doutoramento em Museologia (Doutoramento)
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal
2017 - 2019/02/28 Silêncio e Invisibilidade: uma possível musealização da Relação entre o Círio de Nazaré e o Colégio Gentil Bittencourt em Belém do Pará,
Orientador
Doutoramento em Museologia (Doutoramento)
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal
2015 - 2019/02 Património Cultura e Desenvolvimento de São Brás de Alportel ,
Orientador
Doutoramento em Museologia
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Faculdade de Ciências Sociais Educação e Administração, Portugal
2018 - 2018 Museologia e africanidades: experiências de mulheres negras em museus afro-brasileiros.
Orientador
Museologia (Doutoramento)
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Centro de Estudos do Território Cultura e Desenvolvimento, Portugal
2018 - 2018 A experiência sensorial do corpo em exposições museológicas
Orientador
Museologia (Mestrado)
Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração, Portugal
2016 - 2018 A experiência do corpo em exposições museológicas
Orientador
Mestrado em Museologia (Mestrado)
Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Portugal
2017 - 2017/06/05 Gestão de Projetos em Organizações Sem Fins Lucrativos Portuguesas, 2016. Dissertação (Gestão) - Instituto Superior de Gestão (Co-orientador)
Coorientador
Mestrado em Gestão (Mestrado)
Universidade de Lisboa Instituto Superior de Economia e Gestão, Portugal
2009 - 2009 Tecendo a Museologia Rural na Amazônia Paraense: Perspectivas, Mudanças, Perspectivas e Ações.
Orientador
Museologia (Doutoramento)
Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração, Portugal

Participação em evento

Descrição da atividade
Tipo de evento
Nome do evento
Instituição / Organização
2019/04/23 - 2020/03/01 O Projeto Piloto de Educação Patrimonial, de quê esta ação de formação faz parte procura ser um instrumento de transferência de competências para os professores para o uso das ferramentas de Educação Patrimonial em contexto da escola e na ligação da escola com a comunidade. A Educação Patrimonial promove o conhecimento, a compreensão e o respeito da diversidade das culturas, identidades e valores presentes na Escola (professores, alunos, comunidade). A Educação Patrimonial mobiliza a diversidade cultural e o encontro de culturas.
Oficina (workshop)
Educação Patrimonial, Diversidade Cultural e Cidadania
Museu Educação e Diversidade, Portugal

Membro de associação

Nome da associação Tipo de participação
2012 - Atual Psichodrama Portuguese Society Member
2008 - Atual Conseil International des Mussées Board
2004 - Atual International Movement for a New Museology (MINOM-ICOM) Board
Distinções

Outra distinção

2020 Teaching Critical Thinking through Art with the National Gallery of Art