???global.info.a_carregar???
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Daniel Marques Silva

Nomes de citação

  • Silva, Daniel
  • Silva, D.

Identificadores de autor

Ciência ID
C11C-C86B-1EC8
ORCID iD
0000-0003-4311-6014
Formação
Grau Classificação
2004
Concluído
Ciências da Educação (Doutoramento)
Especialização em Sem especialidade
Universidade de Aveiro, Portugal
"Dimensões Psicopedagógicas da Formação dos Enfermeiros" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Percurso profissional

Docência no Ensino Superior

1983 - Atual Professor Coordenador (Docente Ensino Superior Politécnico)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2016 - 2019 Professor Coordenador (Docente Ensino Superior Politécnico)
Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
2013 - 2016 Professor Coordenador (Docente Ensino Superior Politécnico)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal

Cargos e Funções

2016 - 2019 Conselho geral ou orgão correspondente
Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
2016 - 2018 Conselho de gestão ou orgão correspondente
Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
2016 - 2018 Conselho científico/técnico-científico ou orgão correspondente
Instituto Politécnico de Viseu, Portugal
2014 - 2016 Conselho de gestão ou orgão correspondente
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2013 - 2016 Conselho científico/técnico-científico ou orgão correspondente
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2013 - 2016 Conselho científico/técnico-científico ou orgão correspondente
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2013 - 2015 Coordenação ou direção de centro de investigação, departamento ou equivalente
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
Produções

Publicações

Artigo em conferência
  1. Manuela Ferreira; Daniel Silva; Ana Pires; Maura Sousa; Monica Nascimento; Nina Calheiros. 2016. "Clinical Skills and Communication in Nursing Students". Cognitive-crcs.
    10.15405/epsbs.2016.07.02.5
  2. Ernestina Silva; Maria Lucinda Maia; Daniel Silva; Amarilis Rocha; Joao Duarte. 2016. "The help relationship in clinical nursing education". Cognitive-crcs.
    10.15405/epsbs.2016.07.02.12
Artigo em revista
  1. Ernestina Silva; Ana Ramos; João Duarte; Daniel Silva. 2019. "Noise in neonatology: perception of health professionals". Revista de Enfermagem Referência {IV (N{\textord): 67-76. https://doi.org/10.12707/RIV18078.
    10.12707/RIV18078
  2. Daniela Silva; Eliane Tavares; Ernestina Silva; João Duarte; Lídia Cabral; Conceição Martins. 2017. "VÍTIMAS E AGRESSORES – MANIFESTAÇÕES DE BULLYING EM ALUNOS DO 6º AO 9º ANO DE ESCOLARIDADE". Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental (spe5). https://doi.org/10.19131%2Frpesm.0168.
    10.19131/rpesm.0168
  3. Ernestina Silva; Cátia Fernandes; Daniel Silva; João Duarte. 2017. "Quality of life in children with kidney disease". Revista de Enfermagem Referência {IV (12): 97-106. https://doi.org/10.12707%2Friv16080.
    10.12707/riv16080
  4. Odete Amaral; Isabel Fernandes; Nélio Veiga; Carlos Pereira; Claudia Chaves; Paula Nelas; Daniel Silva. 2017. "Living Conditions and Helicobacter pylori in Adults". BioMed Research International 2017: 1-5. https://doi.org/10.1155%2F2017%2F9082716.
    10.1155/2017/9082716
  5. Ernestina Silva; Dora Pedrosa; Andrea Leça; Daniel Silva. 2016. "Health professionals’ perceptions of pediatric patient safety culture". Revista de Enfermagem Referência {IV (N{\textord): 87-96. https://doi.org/10.12707%2Friv16007.
    10.12707/riv16007
  6. Lídia do Rosário Cabral; João Carvalho Duarte; Daniel Marques Silva; Amadeu Matos Gonçalves; Ernestina Maria Batoca Silva. 2016. "A situação de crise em Portugal e a saúde mental dos profissionais de saúde". Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental (Spe. 3). https://doi.org/10.19131%2Frpesm.0118.
    10.19131/rpesm.0118
  7. Raquel Castro; Ernestina Silva; Daniel Silva. 2015. "Mothers’ perception of nurses’ breastfeeding promotion practices". Revista de Enfermagem Referência {IV (N{\textord): 65-73. https://doi.org/10.12707%2Friv14077.
    10.12707/riv14077
  8. Ernestina Silva; Maria Neves; Daniel Silva. 2014. "Nurses’ perceptions of advance directives". Atención Primaria 46: 145-149. https://doi.org/10.1016%2Fs0212-6567%2814%2970082-4.
    10.1016/s0212-6567(14)70082-4
  9. Daniel Silva; Otília Andrade; Ernestina Silva. 2014. "Perspective of health professionals on hand hygiene". Atención Primaria 46: 135-139. https://doi.org/10.1016%2Fs0212-6567%2814%2970080-0.
    10.1016/s0212-6567(14)70080-0
  10. EMB Silva; DM Silva. 2013. "PL.91 The Ethics Decision Concerning Premature Newborn: Reflections of Doctors and Nurses". Archives of Disease in Childhood - Fetal and Neonatal Edition 98 (Suppl 1): A79.4-A80. https://doi.org/10.1136%2Farchdischild-2013-303966.273.
    10.1136/archdischild-2013-303966.273
Capítulo de livro
  1. SILVA, Daniel; SILVA, Ernestina; ANDRÉ, Suzana. 2010. "Estratégias de Desenvolvimento Humano: a escola e os professores". Associação das Universidade de Língua Portuguesa (AULP). http://hdl.handle.net/10400.19/965.
Tese / Dissertação
  1. Silva, Daniel Marques da. 2004. "Dimensões psicopedagógicas da formação dos enfermeiros". Tese de Doutoramento. http://hdl.handle.net/10773/18086.

Outros

Outra produção
  1. Ferreira, Manuela; Consciência, João; Duarte, João; Silva, Daniel. 2018. Patient safety culture: study of some intervening factors. Introduction: Patient’s safety has a multidimensional and multidisciplinary character. In its multidimensional nature, WHO highlights the importance of the quality interaction and communication as determinants of quality and safety in health care delivery. Objetive: To analyze the extent to which sociodemographic and professional variables influence nurses’ communication skills and what the impact. http://hdl.handle.net/10400.19/5251.
    Ferreira, M., Consciência, J., Duarte, J. & Silva, D. (2018). Culture of patient safety: Study of some intervening factors. Millenium, 2 (6), 33-39. DOI: https://doi.org/10.29352/mill0206.03.00174
  2. Silva, Daniel Marques; Duarte, João Carvalho. 2016. Sucesso Escolar e Inteligência Emocional. O Sucesso Escolar é uma temática de relevanteinteresse para estudantes, pais, professores e instituições escolares.Torna-se importante compreender os fatores que poderãoinfluenciar o desempenho e o sucesso dos estudantes,nomeadamente dos que frequentam o ensino superior. Este estudoprocura identificar o modo como a Inteligência Emocional (EI) serelaciona com o Sucesso Escolar nos estudantes do cur. https://revistas.rcaap.pt/millenium/article/view/8195.
  3. Silva, Isabel; Silva, Ernestina; Carvalhais, Maribel; Silva, Daniel. 2016. Experiências dos cuidadores sobre a dor na criança. Introdução: O alívio da dor é uma das maiores preocupações dos cuidadores das crianças (Rossato, Angelo & Silva, 2007). Apesar dos indicadores  comportamentais que os cuidadores identificam, existem ainda algumas dificuldades para a avaliação e adoção de medidas de alívio da dor na criança (Bernardes & Castro, 2010).Objetivo: Identificar as experiências dos cuidadores face à dor na criança. https://revistas.rcaap.pt/millenium/article/view/13833.
  4. Castro, Raquel José Silva; Silva, Ernestina Maria Batoca; Silva, Daniel Marques. 2015. Perceção das mães sobre as práticas dos enfermeiros na promoção do aleitamento materno. Enquadramento: Amamentar é um ato cujo sucesso depende de fatores históricos, socioculturais e psicológicos da mãe, assim como do compromisso e conhecimento técnico-científico dos profissionais de saúde na promoção e apoio ao aleitamento materno. Objectivos: Identificar a perceção das mães sobre as práticas dos enfermeiros na promoção do aleitamento materno. Metodologia: Estudo quantitativo, descr. http://hdl.handle.net/10400.19/3081.
    http://dx.doi.org/10.12707/RIV14077
  5. Silva, Daniel; Afonso, Vera Lúcia Filipe; Silva, Ernestina Batoca. 2014. Conhecimento dos Enfermeiros sobre a Suspeita e Deteção de Maus-Tratos na Criança. Resumo Enquadramento: Os maus-tratos à criança e ao jovem são um problema muito frequente nos nossos dias e envolvem, para além da agressão física, a negligência, a agressão psicológica ou o abuso sexual. Em Portugal, a partir de 1980, começou a dar-se especial atenção a este tema, através de uma abordagem multidisciplinar, em que o enfermeiro dos cuidados de saúde primários tem um papel important. http://hdl.handle.net/10400.19/2613.
  6. Silva, Ernestina; Neves, Maria; Silva, Daniel. 2014. Nurses' perceptions of advance directives. Objective: To identify nurses perceptions of Advance Directives (AD) and to analyse the in uence of experience with AD on their perception. Material and methods: Quantitative, descriptive, correlational study conducted in a hospital in central Portugal with a sample of 139 nurses, aged 20-60 and in which 78.4% are women and 74% are under 40 years of age. A questionnaire was applied on nurses’ perc. http://hdl.handle.net/10400.19/3085.
    doi: 10.1016/S0212-6567(14)70082-4
  7. Silva, Daniel; Andrade, Otília; Silva, Ernestina. 2014. Perspective of health professionals on hand hygiene. Objective: To identify the practices reported by health professionals on hand hygiene; To determine how the practices of hand hygiene are related to socio-demographic and professional variables and variables in the context of practice. Material and methods: A descriptive-correlational and cross-sectional study conducted in a hospital in central Portugal, in May and June, 2012. 71 health profession. http://hdl.handle.net/10400.19/3086.
    doi:10.1016/S0212-6567(14)70080-0
  8. Silva, Ernestina Batoca; Silva, Daniel. 2014. Reflexão Ética sobre Cuidados Paliativos em Neonatologia a Partir do Livro Um Filho para a Eternidade. Resumo O livro Um Filho para a Eternidade, de Isabelle de Mézerac, é uma história real de uma mãe que, com coragem, decide prosseguir com a gravidez de um filho portador de uma malformação grave, após lhe ter sido proposta a interrupção da gravidez. Aceitando ver desfeito no seu coração o mito de bebé perfeito, os pais deram ao filho, antes de partir, o seu próprio tempo para viver, bem como para. http://hdl.handle.net/10400.19/2619.
  9. Silva, Daniel; Silva, Daniel Marques da. 2010. Expectativas generalizadas de controlo. No presente trabalho é apresentada a tradução e a adaptação para português da Escala de Expectativas Generalizadas de Controlo (BEEG–20) de Palenzuela (1997). Esta bateria de escalas é constituída por 20 itens cotados de 1 a 9. É baseada na teoria de controlo pessoal do mesmo autor e avalia 3 dimensões das expectativas de controlo: Locus de controlo (com 3 componentes: contingência, não contingênc. http://hdl.handle.net/10400.19/293.
  10. Silva, Ernestina Maria; Silva, Daniel Marques; André, Suzana Maria. 2005. A pequena sereia: arquétipo da adolescência. O actual fascínio pela adolescência é um fenómeno relativamente recente na história do desenvolvimento psicossocial do ser humano e, mais ainda, na história do seu estudo e compreensão. É na segunda metade do século XX que se inicia a grande profusão de investigações nesse domínio. O primeiro livro – Adolescence – foi escrito pelo americano Stanley Hall, em 1905. Segundo ele o adolescente opunha-s. http://hdl.handle.net/10400.19/427.
  11. Silva, Daniel Marques da; Silva, Ernestina Maria. 2004. Ensino clínico na formação em enfermagem. No currículo dos cursos superiores de enfermagem existem estágios – ensinos clínicos – que se realizam em instituições de saúde ou na comunidade, em diferentes contextos da actividade profissional do enfermeiro. Este ensino clínico, vulgarmente designado por estágio, é, na perspectiva de Martin (1991:162), “um tempo de trabalho, de observação, de aprendizagem e de avaliação, em que se promove o en. http://hdl.handle.net/10400.19/445.
  12. Silva, Ernestina Maria; Silva, Daniel Marques da. 2004. Direitos e valores fundamentais no início da vida humana. Com o aumento dos conhecimentos sobre a vida intra-uterina, ao permitir visualizar, avaliar e intervir durante esse tempo da vida humana, hoje é possível uma melhor protecção dos direitos humanos desde o seu início. Reconhecem-se hoje os direitos da criança desde o período germinal, período embrionário e fetal. Vivemos também um período de crescimento de toda uma cultura que valoriza a relação mãe. http://hdl.handle.net/10400.19/441.
  13. Silva, Daniel Marques da; Batoca, Ernestina Maria Veríssimo. 2003. O conhecimento científico e a enfermagem. A proliferação das ciências e das técnicas forma um horizonte feito de lógicas, onde predominam o modo de fazer, a eficácia, a experiência e as distribuições das correlações estatísticas (Petitat, 1998). Vivemos numa era científica na qual predomina o conhecimento racional e o conhecimento científico é, para muitos, a única espécie de conhecimento aceitável. No entanto está a verificar-se uma muda. http://hdl.handle.net/10400.19/615.
  14. Silva, Daniel Marques da. 2002. Correntes de pensamento em ciências de enfermagem. Tal como noutras profissões, a evolução na enfermagem tem ocorrido em contextos vários de mudanças socioculturais, filosóficas, económicas, políticas e tecnológicas. Da tecnicidade centrada na doença, no inicio deste século, passou-se para uma corrente de valorização da relação entre quem presta e quem recebe cuidados e para uma corrente orientada para o desenvolvimento moral. Os cursos de enferma. http://hdl.handle.net/10400.19/624.
Atividades

Orientação

Título / Tema
Papel desempenhado
Curso (Tipo)
Instituição / Organização
2019 - 2019 Enfermeiros especialistas em Enfermagem Médico-Cirúrgica: Satisfação com o curso e satisfação profissional Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2019 - 2019 Formação dos enfermeiros das Unidades de Cuidados Continuados de Longa Duração do distrito de Viseu em Cuidados Paliativos Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2019 - 2019 Conhecimentos e experiência dos enfermeiros com o código deontológico Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2018 - 2018 Violência contra os profissionais de saúde no serviço de urgência Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2016 - 2016 Aplicação de crioterapia na redução do edema pós-traumático e/ou pós-operatório nas fraturas do tornozelo Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2016 - 2016 Adaptação ao curso, perspetivas de desenvolvimento de carreira durante o curso e satisfação profissional atual Educação para a Saúde (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2016 - 2016 Vitimas e agressores - Manifestações de Bullying em alunos do 6º ao 9ºano duma Escola de Alagoas Educação para a Saúde (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2016 - 2016 Cultura de Segurança do Doente nos Cuidados de Saúde Primários - ULS Guarda Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2015 - 2015 A família, a escola e os alunos Educação para a Saúde (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2015 - 2015 Dificuldades de aprendizagem em alunos do 3º ano duma escola pública do Estado de Alagoas, Brasil : uma visão da psicoeducação Educação para a Saúde (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2015 - 2015 Acidentes com perfurocortantes em profissionais da assistência do Samu, Maceió Educação para a Saúde (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal
2015 - 2015 Identificação do risco de deterioração fisiológica no pré hospitalar Enfermagem Médico-Cirúrgica (Mestrado)
Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu, Portugal