???global.info.a_carregar???
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Annabela de Carvalho Vicente Rita

Nomes de citação

  • Rita, Annabela

Identificadores de autor

Ciência ID
9313-DC1B-A42D
ORCID iD
0000-0002-1541-3006
Google Scholar ID
https://scholar.google.es/citations?user=apRnblUAAAAJ&hl=pt-PT
Researcher Id
G-1678-2011
Scopus Author Id
55627063000

Endereços de correio eletrónico

  • annabela.rita@gmail.com (Profissional)

Telefones

Telefone
  • 217920044 (Profissional)

Moradas

  • Faculdade de Letras da Universidadde de Lisboa/Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias. Alameda da Universidade, 1600-214, Lisboa, Lisboa, Portugal (Profissional)

Websites

  • http://sites.google.com/site/annabelarita1/ (Profissional)

Idiomas

Idioma Conversação Leitura Escrita Compreensão Peer-review
Francês Utilizador independente (B1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador independente (B1)
Inglês Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B1)
Italiano Utilizador elementar (A1) Utilizador independente (B1) Utilizador elementar (A1) Utilizador elementar (A1)
Formação
Grau Classificação
2017
Concluído
Pós-doutoramento "Cânone Literário" (Pós-doutoramento)
Especialização em Literatura
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
Excelente
2014
Concluído
Pós-doutoramento "Cânone Literário e Lusofonia" (Pós-doutoramento)
Especialização em Literatura
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
Excelente.
2010
Concluído
LITERATURA (Título de Agregado)
Universidade de Aveiro, Portugal
""Literatura Portuguesa (séc.XIX-XXI)"" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Aprovada
1995
Concluído
Filologia Românica (Doutoramento)
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
""Do 'Distrito de Évora' às 'Farpas': a conformação da crónica queirosiana"" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Muito Bom com Distinção e Louvor por unanimidade
1987
Concluído
Filologia Românica (Mestrado)
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
""'Pátria Sensível': uma escrita espe(cta)cular"" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Muito Bom por unanimidade
1981
Concluído
Filologia Românica (Licenciatura)
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
"Seminário em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea" (TESE/DISSERTAÇÃO)
17
1979
Concluído
Filologia Românica (Bacharelato)
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
17
Percurso profissional

Docência no Ensino Superior

Categoria Profissional
Instituição de acolhimento
Empregador
1995/02/12 - 2000 Professor Auxiliar (Docente Universitário) Universidade de Lisboa, Portugal

Cargos e Funções

Categoria Profissional
Instituição de acolhimento
Empregador
2014/01/14 - Atual Directora da Licenciatura em Estudos Portugueses Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal

Outros

Categoria Profissional
Instituição de acolhimento
Empregador
2010/04/24 - Atual Professora Auxiliar (de nomeação definitiva) com Agregação. Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
2002 - 2012 Presidente da Direcção (2002-10) Universidade de Lisboa Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, Portugal
2004 - 2010 Conselheira para a Igualdade de Oportunidades Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Portugal
2000/02/11 - 2010 Professora Auxiliar de Nomeação Definitiva. Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
1995/02/11 - 2010 Professora Auxiliar. Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
2004/07/15 - 2005/07 (assessora) integrou a MRPB - Missão para o Relatório sobre o Processo de Bolonha Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Portugal
1982 - 1995 Assistente Estagiária. Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
1979 - 1982 Monitora. Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
Projetos

Projeto

Designação Financiadores
2007 - 2010/11/30 Dicionário Histórico das Ordens e Congregações Religiosas em Portugal
PTDC/HAH/68259/2006
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Concluído
Produções

Publicações

Artigo em revista
  1. Rita, Annabela. "A leitura: entre expectativa e memória". (2014): http://hdl.handle.net/10451/28821.
    http://dx.doi.org/10.5007/2175-7917.2014v19n1p46
  2. Rita, Annabela. "See and walk with Teolinda Gersão". (2011): http://www.revistaabril.uff.br/index.php/revistaabril/article/view/187.
  3. Rita, Annabela. "2000-2010 em 3x4 Triologias perspécticas com E de Ensaio". (2010): http://hdl.handle.net/10451/29103.
  4. Rita, Annabela. "Ao ritmo da valsa (entre Chopin e Letria)". (2010): http://hdl.handle.net/10451/29085.
  5. Rita, A.. "Eduardo Loureno, literary critic | Eduardo Lourenço, crítico literário". Coloquio-Letras 170 (2009): 95-103. http://gateway.webofknowledge.com/gateway/Gateway.cgi?GWVersion=2&SrcAuth=ORCID&SrcApp=OrcidOrg&DestLinkType=FullRecord&DestApp=WOS_CPL&KeyUT=WOS:000269959300014&KeyUID=WOS:000269959300014.
  6. Rita, A.. "Eduardo Loureno, literary critic,Eduardo Lourenço, crítico literário". Coloquio-Letras 170 (2009): 95-103. http://www.scopus.com/inward/record.url?eid=2-s2.0-84875194662&partnerID=MN8TOARS.
Artigo em revista (magazine)
  1. Rita, Annabela. "“Ao ritmo da valsa” (entre Chopin e Letria)", Revista Letras Com Vida - Literatura, Cultura e Arte, 2010
  2. Rita, Annabela. "“Tertúlia Letras Com(n)Vida (2009-10): uma experiência pioneira”", Revista Letras Com Vida - Literatura, Cultura e Arte, 2010
  3. Rita, Annabela. "“Ao ritmo da valsa” (entre Chopin e Letria)", Revista Letras Com Vida - Literatura, Cultura e Arte, 2010
  4. Rita, Annabela. "“Tertúlia Letras Com(n)Vida (2009-10): uma experiência pioneira”", Revista Letras Com Vida - Literatura, Cultura e Arte, 2010
  5. Rita, Annabela. "“‘E a mancha rubra logo à frente’…” [sobre: Sérgio Luís de Carvalho. O Retábulo de Genebra, Porto, Campo das Letras, 2008]", O Escritor, 2009
  6. Rita, Annabela. "“Estação Ardente, ou líquido divertimento…”", Prelo, 2009
  7. Rita, Annabela. " “N’O Lugar do Anjo…”", Mealibra – Revista de Cultura, 2009
  8. Rita, Annabela. "Estação Ardente ou Líquido Divertimento…", Latitudes. Cahiers Lusophones, 2008
  9. Rita, Annabela. "“Estação Ardente, ou líquido divertimento…”, ", Islenha, 2008
  10. Rita, Annabela. "“Ars Moriendi de Rui Nunes”", Prelo, 2007
  11. Rita, Annabela. "“Arte & Memória. Joaninha: um quadro habitado de memórias”", Islenha, 2007
  12. Rita, Annabela. " “À beira-mágoa do tempo, ou seguindo as estações”", Rugas (Edição nacional), 2007
  13. Rita, Annabela. " “À beira-mágoa do tempo, ou seguindo as estações”", Islenha, 2007
  14. Rita, Annabela; Franco, José Eduardo. "Emergências Estéticas”", Islenha, 2006
  15. Rita, Annabela. "“Entre o grito e o silêncio, em exaltação e espanto de Sophia de Mello Breyner. De Sophia a Rui Nunes” ", Brotéria - Cristianismo e Cutura, 2005
  16. Rita, Annabela. " “Natureza e cultura virtual e presencialmente”", Islenha, 2004, http://www.culturede.com/innerPage.aspx?idCat=318&idMasterCat=145&idLang=0; http://www.culturede.com/innerPage.aspx?idCat=318&idMasterCat=145&idLang=1.
  17. Rita, Annabela. " “Quando ‘O sol fundira em oiro a névoa fria’…”", Estudos Regianos , 2004
  18. Rita, Annabela. " “Memórias de uma viagem ao Funchal”", Islenha, 2004
  19. Rita, Annabela. ""Entre o grito e o silêncio, em exaltação e espanto de Sophia de Mello Breyner. De Sophia a Rui Nunes”  ", Faces de Eva. Estudos sobre a Mulher, 2004
  20. Rita, Annabela. ""Vitorino Nemésio: nocturno, ou romance com instruções de navegação”", Brotéria - Cristianismo e Cultura, 2004
  21. Rita, Annabela. "Memórias de uma viagem ao Funchal. Universos de Memórias", Islenha, 2004
  22. Rita, Annabela. "recensão crítica de Ana Hatherly. Poesia Incurável. Aspectos da Sensibilidade Barroca, Lisboa, Presença, 2003", Faces de EvaSecção , 2004, http://www.fcsh.unl.pt/facesdeeva/eva_arqu_revista_leituras.html.
  23. Rita, Annabela; Franco, José Eduardo. "  “A construção do mito do Marquês de Pombal no discurso maçónico-liberal português- I”", Brotéria, 2003
  24. Rita, Annabela. "“Em hora de incerteza”", Vértice, 2003
  25. Rita, Annabela. "“Maravilhas do País (crónica de uma viagem – IV): ‘espelhos em negativo’”", Islenha, 2003
  26. Rita, Annabela; Franco, José Eduardo. "“A construção do mito do Marquês de Pombal no discurso maçónico-liberal português- II”", Brotéria, 2003
  27. Rita, Annabela. "recensão crítica de Carlos Reis. Estudos Queirosianos. Ensaios sobre Eça de Queirós e a sua obra, Lisboa, Presença, 1999", Colóquio-Letrassecção , 2002
  28. Rita, Annabela. "recensão crítica de Elza Miné e Neuma Cavalcante (eds.). Textos de Imprensa IV (da Gazeta de Notícias), Lisboa, Imprensa Nacional – Casa da Moeda (“Edição Crítica das Obras de Eça de Queirós”), 2002, Lisboa, Presença, 1999", Colóquio-Letrassecção , 2002, http://ulbenki.gulbenkian.pt/bib/sirius.exe/do?issue&n=161.
  29. Rita, Annabela. "recensão crítica de Elza Miné. Páginas Flutuantes. Eça de Queirós e o Jornalismo no século XIX, S. Paulo, Ateliê Editorial/Instituto Camões, 2000", Colóquio-Letrassecção , 2002
  30. Rita, Annabela. "recensão crítica de José Eduardo Agualusa. Nação Crioula, Lisboa, Dom Quixote, 1997, e de Fernando Venâncio. Os Esquemas de Fradique, Lisboa, Grifo, s.d. [1999]", Colóquio-Letrassecção , 2002
  31. Rita, Annabela. ""Vitorino Nemésio: nocturno, ou romance com instruções de navegação”", Islenha, 2002
  32. Rita, Annabela. " “O Timbre das Vozes: sons em dissolução”", O Escritor, 2002
  33. Rita, Annabela. "“Memória em ‘pianíssimo inaudível’”", SOL XXI - Revista Literária, 2001
  34. Rita, Annabela. "“Maravilhas de Além-País (crónica de uma viagem – III)”", Islenha, 2001
  35. Rita, Annabela. " “Casimiro de Brito, na via da frágil intensidade”", Mealibra - Revista de Cultura, 2001
  36. Rita, Annabela. " “‘Espelhos em negativo’, ‘espelhos da natureza’...”", Boca do Inferno - Revista de Cultura e Pensamento, 2001
  37. Rita, Annabela. "“Maravilhas de Além-País (crónica de uma viagem – I)”", Islenha, 2000
  38. Rita, Annabela. "“Maravilhas de Além-País no País (crónica de uma viagem – II)”", Islenha, 2000
  39. Rita, Annabela. "“A Negro e Cor” e “Entre curva e traço” (fragmentos poéticos)", SOL XXI - Revista Literária, 2000
  40. Rita, Annabela. " “Maravilhas de Além-País (crónica de uma viagem – I)”", SOL XXI - revista literária, 2000
  41. Rita, Annabela. " “Eça entre a crónica e o romance”", SOL XXI - Revista Literária, 2000
  42. Rita, Annabela. "“Quando o grito ecoa no silêncio”", Românica, 1999
  43. Rita, Annabela. " “Júlio Dinis, ‘um autor menos atrevido’ ? - Os Fidalgos da Casa Mourisca, ou o mapa do tesouro” (versão integral)", Boca do Inferno - Revista de Cultura e Pensamento, 1999
  44. Rita, Annabela. " “Quando o grito ecoa”", O Escritor, 1999
  45. Rita, Annabela. "“Imagens Instáveis - I e II”", Revista da Faculdade de Letras, 1999
  46. Rita, Annabela. " “Camilo: reflexos, ambiguidades”", Vária Escrita - Cadernos de estudos arquivísticos, históricos e documentais, 1999
  47. Rita, Annabela. "“O voo do pincel”", Tabacaria, 1998
  48. Rita, Annabela. "recensão crítica de João Camilo dos Santos (organização). Camilo Castelo Branco no centenário da morte – International Colloquium of Santa Barbara, Santa Barbara, University of California, 1995", Colóquio-Letrassecção , 1998
  49. Rita, Annabela. "recensão crítica  de Al Berto. Horto de Incêndio, Lisboa, Assírio & Alvim, 1997", Colóquio-Letrassecção , 1998
  50. Rita, Annabela. "“Júlio Dinis, ‘um autor menos atrevido’? - Os Fidalgos da Casa Mourisca, ou o mapa do tesouro” (versão parcial e sintética)", Românica, 1998
  51. Rita, Annabela. "“Novos apontamentos à margem do País das Maravilhas”", SO; XXI - revista literária, 1998
  52. Rita, Annabela. "  “Visita a ‘A Casa do Mar’ de Sophia”", O Escritor, 1998
  53. Rita, Annabela. " “De Casas...” (homenagem a Wanda Ramos)", SOL XXI  - Revista Literária, 1998
  54. Rita, Annabela. " “Na Casa de Teolinda”", Vária Escrita - Cadernos de estudos arquivísticos, históricos e documentais, 1998
  55. Rita, Annabela. "“Ainda o País das Maravilhas: problemas de identidade”", SOL XXI - revista literária, 1998
  56. Rita, Annabela. "“Este apagar-se intensamente luminoso de Rui Nunes”", Colóquio-Letras, 1997
  57. Rita, Annabela. "“Novamente o País das Maravilhas - na guerra entre o XY e o XX”", SOL XXI - revista literária, 1997
  58. Rita, Annabela. "“Novamente o País das Maravilhas - transformações no paradigma de leitura"", SOL XXI - revista literária, 1997
  59. Rita, Annabela. "“Relendo Eça - De novo, Civilização”", Vária Escrita - Cadernos de estudos arquivísticos, históricos e documentais, 1997
  60. Rita, Annabela. " “Osculatriz, ou a 'exasperação da minúcia'“", Vértice, 1994
  61. Rita, Annabela. "“Um exemplo de desmistificação camiliana”", Tellus , 1993
  62. Rita, Annabela. "“Um labirinto em linha recta”", O Escritor, 1993
  63. Rita, Annabela. "“Mais apontamentos à margem do País das Maravilhas”", Islenha, 1992
  64. Rita, Annabela. "“O Sentimento dum Ocidental: um programa estético”", Colóquio-Letras, 1992, http://coloquio.gulbenkian.pt/bib/sirius.exe/issueContentDisplay?n=125&p=43&o=p.
  65. Rita, Annabela. "“Um pacto de leitura”", Colóquio-Letras, 1991
  66. Rita, Annabela. "“Notas à margem do teatro de Camilo”", O Escritor, 1991
  67. Rita, Annabela. "“(Des)construções camilianas”", Prelo, 1990
  68. Rita, Annabela. "“Novos apontamentos à margem do País das Maravilhas”", Islenha, 1990
  69. Rita, Annabela. "“Vinte Horas de Liteira: Camilo 'par lui-même' em 18 lições”", Tellus, 1990
  70. Rita, Annabela. " “Ainda o País das Maravilhas: problemas de identidade”", Islenha, 1989
  71. Rita, Annabela. " “O 'erro' de um livro 'assim': O Pequeno Mundo, de Luísa Costa Gomes”", Vértice, 1989
  72. Rita, Annabela. "“Que Conde d'Abranhos?”", Vértice, 1989
  73. Rita, Annabela. " “Acerca do discurso da moderna divulgação científica”", Vértice, 1989
  74. Rita, Annabela. " “No limiar de Uma Campanha Alegre: a declaração de guerra”", Colóquio-Letras, 1988, http://coloquio.gulbenkian.pt/bib/sirius.exe/issueContentDisplay?n=104&p=46&o=p.
  75. Rita, Annabela. "“Portugal ou o País das Maravilhas”", Islenha, 1988
  76. Rita, Annabela. "“Vinte Horas de Liteira: estratégia e retórica românticas”", Boletim da Casa de Camilo, 1988
  77. Rita, Annabela. " “As Viagens: entre o enigmatismo e a curiosidade”", Revista da Faculdade de Letras, 1988
  78. Rita, Annabela. " “Coração, Cabeça e Estômago: a vertigem do olhar”", Vértice, 1988
  79. Rita, Annabela. "recensão de Annabela Rita. Pátria Sensível: uma escrita espe(cta)cular (dissertação de mestrado em Literatura Portuguesa)", Revista da Faculdade de Letrassecção , 1987
  80. Rita, Annabela. " “Romantismo e 'Diabolismo'“", Boletim da Casa da Camilo, 1986
  81. Rita, Annabela. "“O Amor é de Perdição”", Boletim da Casa de Camilo, 1986
  82. Rita, Annabela. "A pedagogia da leitura numa crónica queirosiana", Língua & Texto , 1986
  83. Rita, Annabela. "recensão crítica de Florbela Espanca. Contos", Revista da Faculdade de Letras, 1986
  84. Rita, Annabela. " “Acerca do sujeito de O Verbo e a Morte, de Vitorino Nemésio”", Cadernos de Literatura, 1986
  85. Rita, Annabela. "Uma Vida em Segredo: uma escrita perversa...", Revista da Academia Brasileira de Literatura , 1985
  86. Rita, Annabela. "“Mensagem: profetizando ou instituindo?”", Persona, 1985
  87. Rita, Annabela. "recensão crítica de Amadeu Lopes Sabino. O Cavaleiro Cego", Colóquio-Letras, 1984
  88. Rita, Annabela. "recensão crítica de Casimiro de Brito. Pátria Sensível", Colóquio-Letras, 1984
  89. Rita, Annabela. "“A desmi(s)tificação do 'grande homem' n' O conde d' Abranhos”", Colóquio-Letras, 1983
  90. Rita, Annabela. "“A ironia no conto Mote Alheio e Voltas, de Autran Dourado”", Cadernos de Literatura, 1983
Capítulo de livro
  1. Silva, Fabio Mario; Rita, Annabela; Dal Farra, Maria Lúcia; Vilela, Ana Luísa; Oliveira, Ana Maria. "“O sexo e o nome. Notas para uma leitura das novelas de Judith Teixeira”". Portugal: Edições Esgotadas,
  2. Rita, Annabela. "Mário Cláudio no Espelho das Artes". Portugal: Fundação Eng. António de Almeida, Universidade da Beira Interior,
  3. Rita, Annabela; Loyolla, Dirlenvalder; Silva, Fabio; Canêdo, Cátia. "Gil Vicente e a sociedade do seu tempo". Portugal: Edições Esgotadas,
  4. Rita, Annabela. "Lusofonia e Literatura: haverá cânone(s) lusófono(s)?". Portugal: Húmus,
  5. Rita, Annabela. "Mário Cláudio no Espelho das Artes". Portugal: Fundação Eng. António de Almeida, Universidade da Beira Interior,
  6. Rita, Annabela. "Lusofonia e Literatura: haverá cânone(s) lusófono(s)?". Portugal: Húmus,
  7. Silva, Fabio Mario; Rita, Annabela; Dal Farra, Maria Lúcia; Vilela, Ana Luísa; Oliveira, Ana Maria. "“O sexo e o nome. Notas para uma leitura das novelas de Judith Teixeira”". Portugal: Edições Esgotadas,
  8. Rita, Annabela. "Lusofonia e Literatura: haverá cânone(s) lusófono(s)?". Portugal: Húmus,
  9. Rita, Annabela. "Mário Cláudio no Espelho das Artes". Portugal: Fundação Eng. António de Almeida, Universidade da Beira Interior,
  10. Silva, Fabio Mario; Rita, Annabela; Dal Farra, Maria Lúcia; Vilela, Ana Luísa; Oliveira, Ana Maria. "“O sexo e o nome. Notas para uma leitura das novelas de Judith Teixeira”". Portugal: Edições Esgotadas,
  11. Rita, Annabela. "Mário Cláudio no Espelho das Artes". Fundação Eng. António de Almeida, Universidade da Beira Interior, 2018.
  12. Rita, Annabela. "Lusofonia e Literatura: haverá cânone(s) lusófono(s)?". Húmus, 2015.
  13. Rita, Annabela. "   Vieira num sermão entre luz e sombras". editado por Monteiro, Maria do Rosário; Pimentel, Maria do Rosário, 247-253. 2011.
  14. Rita, Annabela. "Carta ". editado por Pires, Maria Otília; Almeida, Onésimo Teotónio, 261-272. 2011.
  15. Rita, Annabela. "  “Porque…” ". editado por Franco, José Eduardo, 687-687. 2011.
  16. Rita, Annabela. " “Identity and Otherness: Coordinates of a Cartography of Identity” ". editado por Pinheiro, Teresa; Cieszynska, Beata Elzbieta; Franco, José Eduardo, 23-32. 2011.
  17. Rita, Annabela. "  Entrevista sobre Guerra Junqueiro". editado por Pereira, Henrique Manuel S., 109-116. 2010.
  18. Rita, Annabela. "Two Models of Gardens in the Portuguese Literature and Culture ". editado por Franco, José Eduardo; Gomes, Ana Cristina da Costa; Cieszynska, Beata Elzbieta, 128-137. 2010.
  19. Rita, Annabela. "  Entrevista sobre Guerra Junqueiro". editado por Pereira, Henrique Manuel S., 109-116. 2010.
  20. Rita, Annabela. "“O gesto régio, In Christi nomine et eius gratia…” ". editado por Canedo, Fernando; Alves, Arnaldo, 283-285. 2009.
  21. Rita, Annabela. "“Cidades” (2007) de Teolinda Gersão: um percurso em três etapas ". editado por Rocheta, Isabel; Martins, Serafina, 250-260. 2009.
  22. Rita, Annabela. "“Eduardo Lourenço, Crítico Literário”". 95-103. 2009.
  23. Rita, Annabela. "Vieira num sermão entre luz e sombra". editado por Franco, José Eduardo, 245-249. 2009.
  24. Rita, Annabela. "Sena Freitas em viagem: Retrato e Paisagem. Quando a palavra viaja em Sena Freitas ". editado por Abreu, Luís Machado de; Franco, José Eduardo; Rita, Annabela; Rivera, Jorge Croce, 563-564. 2008.
  25. Rita, Annabela. "Sena Freitas em viagem: Retrato e Paisagem. Quando a palavra viaja em Sena Freitas ". editado por Abreu, Luís Machado de; Franco, José Eduardo; Rita, Annabela; Rivera, Jorge Croce, 553-564. 2008.
  26. Rita, Annabela. "Sophia, o ‘rosto [que] emerge branco da sombra’ ". editado por Petrov, Petar, 223-238. 2008.
  27. Rita, Annabela. "Estação Ardente, ou líquido divertimento… ". editado por Rita, Annabela, 74-88. 2008.
  28. Rita, Annabela. "“Jardins da Literatura” ". editado por Franco, José Eduardo; Gomes, Ana Cristina Costa, 525-537. 2008.
  29. Rita, Annabela. "“A Casa do Mar”, de Sophia – diário de leitura ". editado por Neves, Margarida Braga; Rocheta, Isabel, 315-339. 2008.
  30. Rita, Annabela. "“Estação Ardente, ou líquido divertimento…”". editado por Rita, Annabela, 74-88. 2008.
  31. Rita, Annabela. "“José Matias” (1897) de Eça de Queirós: um percurso em três etapas". editado por Rocheta, Isabel; Martins, Serafina, 114-127. 2007.
  32. Rita, Annabela. "“ É no Outono…”". editado por Mateus, Maria Helena Mira; Martins, Guilherme d'Oliveira, 40-43. 2007.
  33. Rita, Annabela. "A ideia de Europa nos escritos maçónicos do período do Liberalismo Português: o pensamento europeísta e universalista de S. de Magalhães Lima” (II parte de Annabela Rita: “Nas Páginas da Guerra (1917): antecipações da contemporaneidade”)". editado por Ferrer Benimeli, J. A., 1061-1088. 2007.
  34. Rita, Annabela. "Sophia, ‘rosto nu na luz directa’ ". editado por P.E.N. Clube Português, 22-24. 2007.
  35. Rita, Annabela. "“Presença do Mar na Literatura Portuguesa” ". 91-106. 2006.
  36. Rita, Annabela. " Teolinda Gersão: a palavra encenada ". editado por Rita, Annabela; Marinho, Maria de Fátima; Gersão, Teolinda, 9-118. 2005.
  37. Rita, Annabela. "“Entre curva e traço” (fragmento poético)". editado por Cortes, Cristino, 106-106. 2005.
  38. Rita, Annabela. "recensão crítica de Júlio Conrado. O Som e a Dúvida, Lisboa, Hugin, 1999, in Annabela Rita. Breves & Longas no País das Maravilhas (ensaios), Lisboa, Roma Editora, 2004, pp. 223-224". editado por Rita, Annabela, 223-224. 2004.
  39. Rita, Annabela. "João de Melo, ‘de frente para o mar’ ". editado por Petrov, Petar, 105-118. 2004.
  40. Rita, Annabela. " In memoriam". editado por Ventura, António, 83-91. 2003.
  41. Rita, Annabela. "“(Des)construções camilianas”". editado por Ferraz, Maria de Lourdes, 31-41. 2003.
  42. Rita, Annabela. "Vinte Horas de Liteira: Estratégia e Retórica Românticas e Desconstruções Camilianas ". editado por Ferraz, Maria de Lourdes, 15-29. 2003.
  43. Rita, Annabela. "“Uma radiografia da vida cultural portuguesa” ". editado por Rico, Hermínio; Franco, José Eduardo, 78-80. 2003.
  44. Rita, Annabela. "“Vinte Horas de Liteira: estratégia e retórica românticas"". editado por Ferraz, Maria de Lourdes, 15-29. 2003.
  45. Rita, Annabela. "A palavra de Sophia, “laguna onde se espelham / Narcísicos palácios cor-de-rosa” ". 21-26. 2003.
  46. Rita, Annabela. "“A Palavra em Movimento” ". 97-117. 2001.
  47. Rita, Annabela. "“Só, incessante, um fio de voz chora...” ". 31-32. 2001.
  48. Rita, Annabela. "“Visitando Sophia na Casa do Mar” ". 955-996. 1999.
  49. Rita, Annabela. "“De Tarde”, quando Eros e Estética se encontram ". 391-394. 1997.
  50. Rita, Annabela. "(Des)construções camilianas". 117-123. 1992.
  51. Rita, Annabela. "Um pacto de leitura". editado por Ferraz, maria de Lourdes, 235-238. 1992.
  52. Rita, Annabela. "Conexões (Voltas a um mote meu) ". 171-176. 1991.
  53. Rita, Annabela. "Que Conde d' Abranhos? ". 243-246. 1990.
  54. Rita, Annabela. "(Des)construção (mote meu e voltas: os (des)apontamentos de Z.Zagalo) ". 67-71. 1990.
  55. Rita, Annabela. "Camilo, contador de histórias ". 287-291. 1990.
  56. Rita, Annabela. "Mensagem: um discurso da automitificação". editado por Meller, Vilson; Pinto, S. C., 23-25. 1985.
  57. Rita, Annabela. " Acerca das Viagens... ". 74-77. 1984.
Livro
  1. Rita, Annabela. Sfumato. Figurações in Hoc Signo. Na senda da Identidade Nacional. Lisboa, Portugal: Edições Esgotadas /CLEPUL. 2019.
    Publicado
  2. Rita, Annabela. Perfis & Molduras no Cânone Literário. Lisboa, Portugal: CLEPUL / Edições Esgotadas. 2019.
    Publicado
  3. Ricci, Debora; Silva, Fabio Mario da; Apa, Livia; Vilela, Ana Luísa; Rita, Annabela. Repensar o Feminino em contexto lusófono e italiano / Ripensare il femminile in ambito lusofono e italiano. Portugal. 2017.
  4. Silva, Fabio; Rita, Annabela; Dal Farra, Maria Lúcia; Vilela, Ana Luísa; Oliveira, Ana Maria; Silva, Fabio Mario. Judith Teixeira: ensaios críticos. No centenário do Modernismo. Portugal: Edições Esgotadas. 2017.
  5. Ricci, Debora; Rita, Annabela; Vilela, Ana Luísa; Severino, Isa; Silva, Fabio Mario; Silva, Fábio Maria da. Feminino plural: literatura, língua e linguagem nos contextos italiano e lusófono. Portugal: Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. 2016.
  6. Ricci, Debora; Rita, Annabela; Severino, Isa; Silva, Fabio Mario. Feminino plural: literatura, língua e linguagem nos contextos italiano e lusófono. Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. 2016.
  7. Franco, José Eduardo; Rita, Annabela. O mito do Marquês de Pombal: filopombalismo e antipombalismo na mitificação do primeiro-ministro de D. José. Theya. 2015.
  8. Rita, Annabela. Luz & Sombras do Cânone Literário. 2014.
  9. Rita, Annabela. Focais Literárias. 2012.
  10. Rita, Annabela. Focais Literárias (2012). 2011.
  11. Rita, Annabela. Focais Literárias (2012). 2011.
  12. Rita, Annabela. Paisagem & Figuras. 2011.
  13. Rita, Annabela. Cartografias Literárias. 2010.
  14. Calisto, Rui; Rita, Annabela. Jose´ Saramago : as intermite^ncias da vida. 2010.
  15. Rita, Annabela. Cartografias Literárias. 2010.
  16. Rita, Annabela. Cartografias Literárias. 2010.
  17. Rita, Annabela. Cartografias Literárias. 2010.
  18. Calisto, Rui; Rita, Annabela. Jose´ Saramago : as intermite^ncias da vida. 2010.
  19. Calisto, Rui; Rita, Annabela. Jose´ Saramago : as intermite^ncias da vida. 2010.
  20. Menano, António Augusto; Rita, Annabela. Poemas da Roxa Aurora. 2009.
  21. Nunes, Rui; Rita, Annabela. Rui Nunes : antologia cri´tica e pessoal. 2009.
  22. Rita, Annabela. Rui Nunes. Antologia Crítica e Pessoal [com Antologia Pessoal de Rui Nunes]. 2009.
  23. Rita, Annabela. Itinerário. 2009.
  24. Abreu, Luís Machado de; Franco, José Eduardo; Rita, Annabela; Rivera, Jorge Croce. Homem de Palavra. Padre Sena Freitas. 2008.
  25. Rita, Annabela. De tempos a tempos. Júlio Conrado [com Antologia Pessoal de Júlio Conrado]. 2008.
  26. Diniz, Sebastião; Rita, Annabela. Visões do Brasil na Literatura Portuguesa. 2007.
  27. Rita, Annabela. No Fundo dos Espelhos. 2007.
  28. Rita, Annabela. No Fundo dos Espelhos. Em visita. 2007.
  29. Rita, Annabela. Emerge^ncias este´ticas. 2006.
  30. Gersa~o, Teolinda; Rita, Annabela; Marinho, Maria de Fa´tima. Retratos proviso´rios. 2006.
  31. Rita, Annabela; Gersão, Teolinda; Marinho, Fátima. Teolinda Gersão: Retratos Provisórios. 2006.
  32. Domínguez Rey, António; Prado Galán, Gilberto; Panyella, Vinyet; Rita, Annabela Rita. El Otro medio Siglo (1950-2000). Antología Incompleta de la Poesía Iberoamericana. 2006.
  33. Rita, Annabela. Emergências estéticas. 2006.
  34. Rita, Annabela. Emergências Estéticas. 2006.
  35. Rita, Annabela. Emerge^ncias este´ticas. 2006.
  36. Gersa~o, Teolinda; Rita, Annabela; Marinho, Maria de Fa´tima. Retratos proviso´rios. 2006.
  37. Freitas, Senna; Rita, Annabela. O Perfil de Camilo Castelo Branco. 2005.
  38. Castelo Branco, Camilo; Rita, Annabela. O que fazem mulheres. 2005.
  39. Freitas, Sena; Rita, Annabela. Perfil de Camilo Castelo Branco. 2005.
  40. Assunção, Paulo; Rita, Annabela. Viagem a Istambul. O Pe Sena Freitas e o Itinerário de uma viagem a Constantinopla. 2005.
  41. Freitas, Sena; Rita, Annabela. Perfil de Camilo Castelo Branco. 2005.
  42. Cortes, Cristino; Rita, Annabela. Sonetos (In)temporais. 2004.
  43. Garrett, Almeida; Rita, Annabela. Viagens na Minha Terra. 2004.
  44. Rita, Annabela. Breves & Longas no País das Maravilhas. 2004.
  45. Rita, Annabela. Breves & longas no pai´s das maravilhas. 2004.
  46. Verde, Cesário; Rita, Annabela. Cesário Verde. O Livro de Cesário Verde. 2004.
  47. Franco, Jose Eduardo; Rita, Annabela. O mito do marquês de Pombal : a mitificação do Primeiro-Ministro de D. José pela maçonaria. 2004.
  48. Garrett, Almeida; Rita, Annabela. Frei Luís de Sousa. 2004.
  49. Franco, Jose Eduardo; Rita, Annabela. O mito do marquês de Pombal : a mitificação do Primeiro-Ministro de D. José pela maçonaria. 2004.
  50. Rita, Annabela. Breves & longas no pai´s das maravilhas. 2004.
  51. Rita, Annabela. Labirinto Sensível (ensaio). 2003.
  52. Rita, Annabela. No Fundo dos Espelhos. 2003.
  53. Rita, Annabela. No fundo dos espelhos : incurso~es na cena litera´ria. 2003.
  54. Rita, Annabela. No fundo dos espelhos : incurso~es na cena litera´ria. 2003.
  55. Rita, Annabela. Camilo : leituras cri´ticas. 2003.
  56. Rita, Annabela. Labirinto Sensível. 2003.
  57. Rita, Annabela. Camilo : leituras cri´ticas. 2003.
  58. Garrett, Almeida; Rita, Annabela. Vinte Horas de Liteira. 2002.
  59. Rita, Annabela. Eça de Queirós cronista : do Distrito de Evora (1867) às Farpas (1871-72). 1998.
  60. Rita, Annabela. Eça de Queirós Cronista.. 1998.
  61. Rita, Annabela. Ec¸a de Queiro´s cronista : do Distrito de E´vora (1867) a`s Farpas (1871-72). 1998.
  62. Rita, Annabela. Eça de Queirós Cronista - do Distrito de Évora (1867) às Farpas (1871-72). 1998.
  63. Rita, Annabela. Eça de Queirós cronista : do Distrito de Evora (1867) às Farpas (1871-72). 1998.
  64. Queiro´s, Ec¸a de; Fan, Weixin; Rita, Annabela. Bajili'ao biao xiong. 1994.
  65. Queiro´s, Ec¸a de; Fan, Weixin; Rita, Annabela. Bajili'ao biao xiong. 1994.
  66. Queirós, Eça de; Rita, Annabela. O Primo Basílio (tradução chinesa). 1994.
  67. Moura, Carlos; Rita, Annabela. A Sala. 1992.
  68. Rita, Annabela; Lopes, Óscar; Chorão, João Bigotte; Ribeiro, Cristina; Baptista, Abel Barros. Camilo: interpretações modernas (antologia). 1992.
  69. Rita, Annabela; Lopes, Óscar; Chorão, João Bigotte; Ribeiro, Cristina; Baptista, Abel Barros. Camilo: Evocações e Juízos - Antologia de ensaios. 1991.
  70. Rita, Annabela. Camilo: Evocações e Juízos. Antologia de Ensaios. 1991.

Outros

Outra produção
  1. Cristóvão, Fernando. Nova Peregrinação por diversificadas latitudes da língua portuguesa (1968-1989). Lisboa: Esfera do Caos, 2017.. ---. 2018. Rita, Annabela. http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/navegacoes/article/view/29799.
  2. Ode satírica + comédia dinâmica em suportes móveis x Narcisos intermédios = o sorriso do Desenho no tempo de Orpheu e tudo. Parte significativa do campo inaugural do modernismo nas Artes Visuais em Portugal, proveio do desenho humorístico que revelou a força e a debilidade da sua linguagem em exposições como os salões dos Humoristas em 1912 e 1913, e em periódicos como O Seculo Comico, entre outros. Ao procurar a acção dos artistas e a recepção gráfica a Orpheu, começou a agigantar-se a persona de Santa-Rita Pintor que. 2016. Vila Maior, Dionísio; Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10174/20217.
  3. A leitura: entre expectativa e memória. Neste texto, percorrendo um itinerário reflexivo sinalizado pelas legendas que percorrem a obra de alguns destacados autores portugueses, analisa-se a forma diversificada como a leitura de um texto se desenvolve, dissolvendo a voz do autor/poeta no âmago do leitor. Desde a imagem estampada na capa, passando pelo título e pela(s) epígrafe(s), o texto se anuncia e se antecipa ao leitor, gerando uma. 2014. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/28821.
    http://dx.doi.org/10.5007/2175-7917.2014v19n1p46
  4. Regresso ao passado… com António Cândido Franco. Procura-se, neste ensaio, analisar o romance Os Pecados da Rainha Santa Isabel (2011), de António Cândido Franco, inscrevendo-o no conjunto da obra e evidenciando a sua componente ensaística de reflexão sobre a identidade e a história portuguesas.. 2011. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/28816.
  5. See and walk with Teolinda Gersão. In this essay, we intend to observe how the volume of short stories Histórias de Ver e Andar, by Teolinda Gersão, can subscribe in the author’s work and in your strategy of written and fable, with a cyclic organizing which reveals its architecture of essays. The study developing by Annabela Rita perspective the volume of tales as an ‘exhibition’, which has, in fact, the objective to reflect on the. 2011. Rita, Annabela. http://www.revistaabril.uff.br/index.php/revistaabril/article/view/187.
  6. “Será que…? (Vieira X 3 + 1)”. 2011. Rita, Annabela.
  7. “Retratística nacional: “exposição” antológica do Romantismo à actualidade”. 2011. Rita, Annabela.
  8. “… a linguagem que, como nenúfar…”,. 2011. Rita, Annabela.
  9.  “Lusofonia” no painel “Língua e Lusofonia”. 2011. Rita, Annabela.
  10. Português sem Filtro…. 2011. Rita, Annabela. http://novaserie.revista.triplov.com/numero_18/annabela_rita.html.
  11. “O Mar na Literatura Portuguesa”. 2011. Rita, Annabela.
  12. “Figurações Identitárias Portuguesas – sécs. XIX-XX” . 2011. Rita, Annabela.
  13. “Nota de dívida a Vitorino Magalhães Godinho”. 2011. Rita, Annabela. http://www.clepul3machinamundi.org/?p=1293.
  14. Português sem Filtro…. 2011. Rita, Annabela. http://novaserie.revista.triplov.com/numero_18/annabela_rita.html.
  15. “O Mar na Literatura Portuguesa”. 2011. Rita, Annabela.
  16. “Identidade Nacional: futuro elo perdido, espelho quebrado?” . 2011. Rita, Annabela.
  17. Português sem Filtro…. 2011. Rita, Annabela.
  18. comunicação sobre Prémios Literários no “Encontro de Escritores Lusófonos” . 2011. Rita, Annabela.
  19. Das Literaturas Lusófonas. 2011. Rita, Annabela. http://observatorio-lp.sapo.pt/pt/lingua-e-cultura/lingua-e-literatura.
  20. See and walk with Teolinda Gersão. In this essay, we intend to observe how the volume of short stories Histórias de Ver e Andar, by Teolinda Gersão, can subscribe in the author’s work and in your strategy of written and fable, with a cyclic organizing which reveals its architecture of essays. The study developing by Annabela Rita perspective the volume of tales as an ‘exhibition’, which has, in fact, the objective to reflect on the. 2011. Rita, Annabela. http://www.revistaabril.uff.br/index.php/revistaabril/article/view/187.
  21. See and walk with Teolinda Gersão. In this essay, we intend to observe how the volume of short stories Histórias de Ver e Andar, by Teolinda Gersão, can subscribe in the author’s work and in your strategy of written and fable, with a cyclic organizing which reveals its architecture of essays. The study developing by Annabela Rita perspective the volume of tales as an ‘exhibition’, which has, in fact, the objective to reflect on the. 2011. Rita, Annabela. http://www.revistaabril.uff.br/index.php/revistaabril/article/view/187.
  22. Português sem Filtro…. 2011. Rita, Annabela.
  23. Ao ritmo da valsa (entre Chopin e Letria). O texto procurará analisar as influências da música de Chopin na obra de José Jorge Letria, A Última Valsa de Chopin, através de uma reflexão não só de natureza literária, mas fazendo também uma análise transversal a todas as artes. Estará simultaneamente em questão a decadência do Homem através do modo como se exprime na paisagem e na música, progredindo na cadência triste da marcha fúnebre.. The. 2010. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/29085.
  24. 2000-2010 em 3x4 Triologias perspécticas com E de Ensaio. Texto sobre o estado da arte da ensaística literária ao longo da primeira década do século XXI.. 2010. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/29103.
  25. “Literaturas e Ordens: Memória e Legitimação”. 2010. Rita, Annabela.
  26. “Missionárias da Consolata”. 2010. Rita, Annabela.
  27. “Entre Eça de Queirós e Gervásio Lobato”. 2010. Rita, Annabela.
  28. “Ordens e Grupos Religiosos na Literatura”. 2010. Rita, Annabela.
  29. “O Realismo: entre a transparência e a esteticização” . 2010. Rita, Annabela.
  30. "Guerra Junqueiro". 2010. Rita, Annabela.
  31. "Missionárias da Consolata". 2010. Rita, Annabela.
  32. “Portugal em retratos de fim-de-século oitocentista (entre Eça e Junqueiro)”. 2010. Rita, Annabela. http://novaserie.revista.triplov.com/numero_06/index.html; http://novaserie.revista.triplov.com/numero_06/annabela_rita/index.html.
  33. "Guerra Junqueiro". 2010. Rita, Annabela.
  34. "Missionárias da Consolata". 2010. Rita, Annabela.
  35. “Literaturas e Ordens: Memória e Legitimação”. 2010. Rita, Annabela.
  36. “Missionárias da Consolata”. 2010. Rita, Annabela.
  37. “O Realismo: entre a transparência e a esteticização” . 2010. Rita, Annabela.
  38. “Ordens e Grupos Religiosos na Literatura”. 2010. Rita, Annabela.
  39. “Entre Eça de Queirós e Gervásio Lobato”. 2010. Rita, Annabela.
  40. Ao ritmo da valsa (entre Chopin e Letria). O texto procurará analisar as influências da música de Chopin na obra de José Jorge Letria, A Última Valsa de Chopin, através de uma reflexão não só de natureza literária, mas fazendo também uma análise transversal a todas as artes. Estará simultaneamente em questão a decadência do Homem através do modo como se exprime na paisagem e na música, progredindo na cadência triste da marcha fúnebre.. The. 2010. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/29085.
  41. 2000-2010 em 3x4 Triologias perspécticas com E de Ensaio. Texto sobre o estado da arte da ensaística literária ao longo da primeira década do século XXI.. 2010. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/29103.
  42. Ao ritmo da valsa (entre Chopin e Letria). O texto procurará analisar as influências da música de Chopin na obra de José Jorge Letria, A Última Valsa de Chopin, através de uma reflexão não só de natureza literária, mas fazendo também uma análise transversal a todas as artes. Estará simultaneamente em questão a decadência do Homem através do modo como se exprime na paisagem e na música, progredindo na cadência triste da marcha fúnebre.. The. 2010. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/29085.
  43. 2000-2010 em 3x4 Triologias perspécticas com E de Ensaio. Texto sobre o estado da arte da ensaística literária ao longo da primeira década do século XXI.. 2010. Rita, Annabela. http://hdl.handle.net/10451/29103.
  44. “Viagens: do diálogo entre discursos estéticos na escrita e na leitura”. 2009. Rita, Annabela.
  45. “‘E a mancha rubra logo à frente’…” [sobre: Sérgio Luís de Carvalho. O Retábulo de Genebra, Porto, Campo das Letras, 2008] . 2009. Rita, Annabela. http://www.triplov.com/anna_bela_rita/2009/Sergio-Carvalho.html.
  46. “História e Literatura: um diálogo possível”. 2009. Rita, Annabela.
  47. “Miguel Barbosa à beira-mágoa” . 2009. Rita, Annabela. http://triplov.com/anna_bela_rita/2009/Miguel-Barbosa.html.
  48. “O conto português e a arte da brevidade” . 2009. Rita, Annabela.
  49. “‘O Silêncio’ de Sophia: diário de leitura”. 2009. Rita, Annabela.
  50. O Silêncio (1966), de Sophia: diário de leitura”. 2009. Rita, Annabela.
  51. “Ficção e História”. 2009. Rita, Annabela.
  52.  “Reconfigurações da Europa na Cultura Portuguesa do Romantismo ao início do séc. XX" . 2009. Rita, Annabela.
  53. “Vieira num sermão entre luz e sombras” . 2008. Rita, Annabela.
  54.  “Aspectos fundamentais da vida e obra do Pe. António Vieira”. 2008. Rita, Annabela.
  55. “Jardins da Literatura”. 2007. Rita, Annabela.
  56. “Confluências & versões”. 2007. Rita, Annabela.
  57. “Entre o EU e o OUTRO. /Knowing the other. Coordenadas de uma cartografia identitária”. 2007. Rita, Annabela.
  58.  “Perspectiva da Torre”. 2007. Rita, Annabela.
  59. “Aspectos da evolução da Literatura Portuguesa Contemporânea. Uma travessia com pontos luminosos.” . 2007. Rita, Annabela.
  60. "De Garrett a Sophia: uma viagem pelos caminhos da literatura e da cultura". 2007. Rita, Annabela.
  61. "Estação Ardente[, de Júlio Conrado], ou líquido divertimento…" . 2007. Rita, Annabela.
  62.  Vinte Horas de Liteira, de Camilo Castelo Branco. 2007. Rita, Annabela.
  63. “Da cronística ao Romance”. 2006. Rita, Annabela.
  64. “Sena Freitas, um intelectual de oitocentos”. 2006. Rita, Annabela.
  65. “A ideia de Europa nos escritos maçónicos do período do Liberalismo Português: o pensamento europeísta e universalista de S. de Magalhães Lima”. 2006. Rita, Annabela; Franco, José Eduardo.
  66. Ars Moriendi de Rui Nunes”  . 2006. Rita, Annabela.
  67. “Presença do Mar na Literatura Portuguesa”. 2005. Rita, Annabela.
  68. “Sena Freitas em viagem: Retrato e Paisagem” e Coordenação do painel “Aspectos do Pensamento de Sena Freitas” . 2005. Rita, Annabela.
  69. "Camilo Castelo Branco". 2005. Rita, Annabela.
  70. “Nelas entrega medalha de ouro a António Lobo Antunes”. 2005. Rita, Annabela.
  71. “A História à luz do dia. Luzes e sombras do mito pombalino”. 2004. Rita, Annabela.
  72. “Em viagem pela ‘Literatura de Viagens’” . 2004. Rita, Annabela. http://www.triplov.com/anna_bela_rita/lit_viagens/FrameSet.htm.
  73.  “Em arriscada “linha de costa”. O Fulgor é Móvel, de José Augusto Mourão”. 2004. Rita, Annabela. http://www.triplov.com/anna_bela_rita/fulgor_movel/index.htm.
  74. “Entre Machado e Camilo”. 2004. Rita, Annabela.
  75. “Uma aposta na literatura lusófona”. 2004. Rita, Annabela.
  76. “Œuvre réaliste, œuvre complexe: l’exemple de O Primo Basílio (1878), de Eça de Queirós”. 2004. Rita, Annabela.
  77. Em arriscada “linha de costa”. O Fulgor é Móvel, de José Augusto Mourão. 2004. Rita, Annabela.
  78. Em viagem pela Literatura de Viagens. 2004. Rita, Annabela.
  79. Memórias de uma viagem ao Funchal. Universos de Memórias. 2004. Rita, Annabela.
  80.  “Literatura de Viagens e Ficção”. 2003. Rita, Annabela.
  81. “A construção do mito do Marquês de Pombal no discurso maçónico português do Liberalismo à I República” . 2003. Rita, Annabela; Franco, José Eduardo.
  82. “Acerca do Labirinto Sensível”. 2003. Rita, Annabela.
  83. António Vera: na margem do escrito. 2003. Rita, Annabela.
  84. "Casimiro de Brito". 2002. Rita, Annabela.
  85. "Teolinda Gersão". 2002. Rita, Annabela.
  86. "Uma Campanha Alegre". 2002. Rita, Annabela.
  87. “Nascimento da Poesia”. 2002. Rita, Annabela.
  88. “Sophia entre o simbolismo e a intertextualidade” . 2002. Rita, Annabela.
  89. “Quando ‘O sol fundira em oiro a névoa fria’…”. 2001. Rita, Annabela.
  90. “Até que, ‘definitivamente, o fim’”. 2001. Rita, Annabela.
  91. “Da Palavra ao Rosto – leitura no presente do indicativo”. 2001. Rita, Annabela.
  92. “Da Vénus de espuma à espuma da Vénus”. 2001. Rita, Annabela.
  93.  “António Graça de Abreu: Amor e Viagem” (sobre China de Seda, Lisboa, Universitária Editora, 2001). 2001. Rita, Annabela.
  94. “Imagem em deslocação”. 2000. Rita, Annabela.
  95. “No início, quando o verbo se faz mundo”. 2000. Rita, Annabela.
  96. “A Palavra em Movimento”. 2000. Rita, Annabela.
  97. “Construção queirosiana da imagem – um caso”. 2000. Rita, Annabela.
  98. “Discurso, discursos n’ O Primo Basílio”. 2000. Rita, Annabela.
  99. “O universo feminino em O Primo Basílio, de Eça de Queirós”. 2000. Rita, Annabela.
  100. “Só, incessante, um fio de voz chora...”. 2000. Rita, Annabela.
  101. "Crónica (da conformação da crónica queiroziana)". 2000. Rita, Annabela.
  102. conferência sobre a obra queirosiana . 2000. Rita, Annabela.
  103. Uma conferência sobre a cronística queirosiana integrada na sessão “Eça cronista-jornalista-tradutor” . 2000. Rita, Annabela.
  104. “Da crónica (queirosiana & outra)”. 1999. Rita, Annabela.
  105. “Visitando Sophia: A Casa do Mar”. 1998. Rita, Annabela.
  106. “Camilo: reflexos, ambiguidade”. 1998. Rita, Annabela.
  107. “Entre pincéis”. 1998. Rita, Annabela.
  108. “Medicina e Literatura” . 1997. Rita, Annabela.
  109. “A construção da ficcionalidade n’ A Casa da Cabeça de Cavalo de Teolinda Gersão”. 1997. Rita, Annabela.
  110. “A mulher na sociedade”. 1997. Rita, Annabela.
  111. “Tradução e interdisciplinaridade”. 1996. Rita, Annabela.
  112. "Da poética camiliana". 1996. Rita, Annabela.
  113. depoimento. 1996. Rita, Annabela.
  114. “Dos elementos - II”. 1996. Rita, Annabela.
  115. “Dos elementos - II”. 1996. Rita, Annabela.
  116. "A ironia nos contos Civilização e José Matias de Eça de Queirós" . 1996. Rita, Annabela.
  117. "Camilo: código e subversão". 1996. Rita, Annabela.
  118. Do Distrito de Évora às Farpas: a conformação da crónica queirosiana. 1995. Rita, Annabela.
  119. “Dos elementos”. 1995. Rita, Annabela.
  120. “Relendo Eça - de novo, ‘Civilização’”. 1995. Rita, Annabela.
  121. "Relendo Eça - 'José Matias' uma vez mais". 1995. Rita, Annabela.
  122. “Dos elementos”. 1995. Rita, Annabela.
  123.  Seminário "A ficção camiliana". 1994. Rita, Annabela.
  124. "Um labirinto em linha recta". 1993. Rita, Annabela.
  125. depoimento . 1993. Rita, Annabela.
  126. "A gestão do universo poético de Casimiro de Brito" . 1993. Rita, Annabela.
  127. "Acerca de Cesário Verde". 1993. Rita, Annabela.
  128. "'O Sentimento dum Ocidental': um programa estético". 1991. Rita, Annabela.
  129. “Um lance camiliano”. 1991. Rita, Annabela.
  130.  "Notas sobre Camilo". 1991. Rita, Annabela.
  131. sobre Casimiro de Brito. 1990. Rita, Annabela.
  132.  “Laços que a novela tece” (por lapso, sob o título: “Amor de Perdição: os laços da novela”). 1990. Rita, Annabela.
  133. "Nexos camilianos". 1990. Rita, Annabela.
  134. "Um exemplo de desmistificação camiliana". 1990. Rita, Annabela.
  135. "Camilo, contador de histórias". 1990. Rita, Annabela.
  136. "Conexões (voltas a um mote meu)". 1990. Rita, Annabela.
  137. “Retorno, Visitação”. 1989. Rita, Annabela.
  138. "Vinte Horas de Liteira: Camilo 'par lui-même' em 18 lições". 1989. Rita, Annabela.
  139.  "Acerca da novelística camiliana". 1988. Rita, Annabela.
  140. "A problemática heteronímica de Fernando Pessoa". 1988. Rita, Annabela.
  141. "O xadrez do labirinto de Casimiro de Brito". 1988. Rita, Annabela.
  142. "Que Conde d'Abranhos?". 1988. Rita, Annabela.
  143. “Romantismo e 'Diabolismo'”. 1987. Rita, Annabela.
  144. Pátria Sensível: uma escrita espe(cta)cular . 1986. Rita, Annabela.
  145. "Almeida Garrett". 1985. Rita, Annabela.
  146. "António Nobre". 1985. Rita, Annabela.
  147. "Naturalismo". 1985. Rita, Annabela.
  148. "Presença". 1985. Rita, Annabela.
  149. "À margem de Fernando Pessoa". 1985. Rita, Annabela.
  150. "Raul Brandão". 1985. Rita, Annabela.
  151. "Realismo". 1985. Rita, Annabela.
  152. "Romantismo". 1985. Rita, Annabela.
Atividades

Orientação

Título / Tema
Papel desempenhado
Curso (Tipo)
Instituição / Organização
2018 - 2018 Da insustentável leveza da vida. A noção de obra literária surrealista em Luiz Pacheco
Coorientador
Estudos de Literatura e Cultura (Doutoramento)
Universidade de Lisboa Faculdade de Letras, Portugal
Distinções

Prémio

2022 DIAMANT Der Kuntle and Bildung Austria (Prémio Diamonds de Artes e Educação ¿ Áustria)
2022 Prémio LITERARTE 2022 & Medalha de Destaque Literário 2022
2022 Prix Littéraire Jules Verne
2020 Galardão Especial Lusofonia

Título

2021 Comenda Dom Afonso Henriques
2021 Comenda Machado de Assis
2021 Comenda Pablo Neruda
2020 Recepção como Académica Honorária
Academia Portuguesa da História, Portugal

Outra distinção

2022 Certificacion de Homenaje, Honor, Merito y Valor
2022 Homenagem-Tributo
2020 Conselheira Efectiva (cadeira nº 22) do Conselho Supremo da Sociedade Histórica da Independência de Portugal
Sociedade Histórica da Independência de Portugal, Portugal
2019 Homenagem | Câmara Municipal de Oeiras: Comemorações dos 250 anos
Câmara Municipal de Oeiras , Portugal
2019 Prémio Pró-Autor 2019 | Sociedade Portuguesa de Autores
Sociedade Portuguesa de Autores , Portugal
2018 Reconocimiento a la Promoción de la Cultura Ibérica¿ da Universidad Libre de Infantes Santo Tomás de Villanueva ¿por sus trabajos de investigación en la Historia de los Pueblos, Culturas y Civilizaciones¿
Universidad Libre de Infantes, Espanha
2017 Homenagem e agradecimento |Colóquio Internacional Professor Manuel Sérgio
Colóquio Internacional Professor Manuel Sérgio e instituições promotoras, Portugal
2017 Certificado de Mérito pela relevância do seu trabalho e pelo significativo contributo para a World Communication Association
World Communication Association , Estados Unidos
2017 Categoria “Mérito Cultural” | Rede Mídia de Comunicação & Editora Sem Fronteiras
Rede Mídia de Comunicação, Brasil

Editora Sem Fronteiras, Brasil
2017 Categoria "Autoridade Cultural" | Rede Mídia de Comunicação & Editora Sem Fronteiras
Rede Mídia de Comunicação, Brasil
2017 Membro Correspondente por “su seria y profesional trayectoria, así como su excelso CV”
Instituto Balear de la Historia, Espanha
2017 Medalha das XIV Jornadas Histórico-Culturais
Junta de Freguesia do Lumiar , Portugal
2017 Distinção cultural e agradecimento | 20º aniversário do Centro de Estudos Regianos (CER)
Centro de Estudos Regianos - CER, Portugal
2016 Membro Honorário do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora (CEMD) "por reconhecidos méritos académicos e grande contributo para o estudo e divulgação das literaturas e culturas lusófonas"
Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora - CEMD, Portugal
2016 Distinção cultural e agradecimento | Câmara Municipal da Moita/Edições Esgotadas
Câmara Municipal da Moita , Portugal

Edições Esgotadas, Portugal
2013 Embaixadora da Meeting Industry e da Economia do Conhecimento, “excelente e digna representante na sua área profissional” em Portugal, “Membro do Clube de Embaixadores de Cascais e da Costa do Estoril”.
Clube de Embaixadores de Cascais e da Costa do Estoril , Portugal
2012 Medalha de Mérito Cultural - CLEPUL
Universidade de Lisboa Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, Portugal
2010 Medalha de Mérito Municipal - Grau Ouro | Câmara Municipal de Oeiras
Câmara Municipal de Oeiras , Portugal
2007 Diploma de Mérito Cultural | Academia Brasileira de Filologia e pela Faculdade CCAA, do Rio de Janeiro
Academia Brasileira de Filologia , Brasil

Faculdade CCAA, Brasil