???global.info.a_carregar???
ENGLISH VERSION. Maria Luísa Malato (Rosa Borralho) 1. Qualifications: Agregação in Literature (2007/12/07) by the University of Porto Faculty of Humanities; Ph.D. in Romance Literature (1999/10/06) by the University of Porto Faculty of Humanities; Master in Comparative Literature (1988) by the University of Coimbra Faculty of Humanities. 2. Title and Fonctions: Associate Professor (with Agregação) at the University of Porto Faculty of Humanities. 3. Bibliography: She published 61 articles in specialized magazines. She has 57 book chapters and 25 books. 4. Research areas: In her Ciência Vitae curriculum, the most frequent terms in the context of scientific, technological and artistic-cultural production are: Utopia; 18th Century; Comparative Literature; Theater; Dramaturgy; Rhetoric; Women's Literature; Woman; Catarina de Lencastre; Balsemão; Viscountess de Balsemão; Manuel de Figueiredo; Denis Diderot; Albert Camus; Philosophy; Humanities. PORTUGUESE VERSION. Maria Luísa Malato (Rosa Borralho) 1. Habilitações: Agregação em Literatura (2007/12/07) pela Universidade do Porto Faculdade de Letras; Doutoramento em Literaturas e Culturas Românicas (1999/10/06) pela Universidade do Porto Faculdade de Letras; Mestrado em Literatura Comparada (1988) pela Universidade de Coimbra Faculdade de Letras. 2. Título e Funções: Professora Associada na Universidade do Porto Faculdade de Letras. 3. Bibliografia: Publicou 61 artigos em revistas especializadas. Possui 57 capítulos de livros e 25 livros. 4. Áreas de investigação: No seu currículo Ciência Vitae os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Utopia; Século XVIII; Literatura Comparada; Teatro; Dramaturgia; Retórica; Literatura Feminina; Mulher; Catarina de Lencastre; Balsemão; Viscondessa de Balsemão; Manuel de Figueiredo; Denis Diderot; Albert Camus; Filosofia; Humanidades.
Identificação

Identificação pessoal

Nome completo
Maria Luísa Malato Rosa Borralho

Nomes de citação

  • Malato, Maria Luísa
  • Maria Luísa Malato
  • Maria Luísa Malato Borralho

Identificadores de autor

Ciência ID
731F-4555-6064

Endereços de correio eletrónico

  • borralho@letras.up.pt (Profissional)

Telefones

Telefone
  • 226077100 (Profissional)

Moradas

  • Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Via Panorâmica, s/n, 4150-564, Porto, Porto, Portugal (Profissional)

Domínios de atuação

  • Humanidades - Línguas e Literaturas - Literaturas Específicas

Idiomas

Idioma Conversação Leitura Escrita Compreensão Peer-review
Francês Utilizador proficiente (C2) Utilizador proficiente (C2) Utilizador proficiente (C2) Utilizador proficiente (C2)
Inglês Utilizador independente (B2) Utilizador proficiente (C1) Utilizador proficiente (C1) Utilizador independente (B1)
Italiano Utilizador elementar (A2) Utilizador independente (B1) Utilizador elementar (A1) Utilizador independente (B1)
Espanhol; Castelhano Utilizador independente (B1) Utilizador independente (B2) Utilizador elementar (A1) Utilizador independente (B2)
Formação
Grau Classificação
2007/12/06 - 2007/12/07
Concluído
Literatura (Título de Agregado)
Especialização em Literatura Comparada
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
"Lição: “O Império dos Sentidos. Do Sublime ao Melodrama no teatro arcádico”/ Relatório: Metodologia dos Estudos Literários II/ História da Literatura Europeia" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Aprovada
1999/10/06
Concluído
Literaturas e Culturas Românicas (Doutoramento)
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
"D. Catarina de Lencastre (1749-1824). Libreto para uma autora quase esquecida" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Aprovada por unanimidade, com distinção e louvor
1988
Concluído
Literatura Comparada (Mestrado)
Universidade de Coimbra Faculdade de Letras, Portugal
"Manuel de Figueiredo. Uma perspectiva do neoclassicismo português (1745-1777)" (TESE/DISSERTAÇÃO)
Classificação de Muito Bom, por unanimidade.
Percurso profissional

Docência no Ensino Superior

2002/12/31 - Atual Professor Associado (Docente Universitário)
Empregador
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
1999/10/07 - 2002/12/30 Professor Auxiliar (Docente Universitário)
Empregador
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
1988/01/28 - 1999/10/06 Assistente (Docente Universitário)
Empregador
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
1985/03/11 - 1988/01/27 Assistente Estagiário (Docente Universitário)
Empregador
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal

Outras Carreiras

1982/09 - 1985/03/10 Professor do ensino básico e secundário (Professor do ensino básico e secundário)
Empregador
Ministério da Educação, Portugal

Cargos e Funções

2017 - 2018 Coordenação ou direção de centro de investigação, departamento ou equivalente
Empregador
Universidade do Porto, Portugal
2017 - 2018 Coordenação ou direção de centro de investigação, departamento ou equivalente
Empregador
Universidade do Porto, Portugal
Projetos

Projeto

Designação Financiadores
2016 - 2019/11/30 Utopia, Alimentação e Futuro: O Modo de Pensar Utópico e a Construção de Sociedades Inclusivas - Um Contributo das Humanidades
PTDC/CPC-ELT/5676/2014
Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
2007 - 2010/09/30 Utopias Literárias e Pensamento Utópico: A Cultura Portuguesa e a Tradição Intelectual do Ocidente III
PTDC/ELT/67788/2006
Universidade do Porto Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, Portugal

Universidade do Porto Faculdade de Letras, Portugal
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Produções

Publicações

Artigo em jornal
  1. Maria Luísa Malato. "Albert Camus. O livro que queremos levar para uma ilha habitada. O artigo saiu ainda com uma Bibliografia em português (p. 12) uma pequena antologia de citações de Albert Camus, em coautoria com E. Graça (pp. 7-13)", Expresso, Suplemento Atual, n.º 2140, 2013
  2. Maria Luísa Malato. "Albert Camus: o Lugar do Morto", “Expresso”, Caderno 1941, 2010, http://aregradojogo.blogs.sapo.pt/316534.html.
  3. Maria Luísa Malato. "A Torre de Babel: o Estatuto de Leitor", Público, 2009
  4. Maria Luísa Malato. "Manuel Maria Barbosa du Bocage. Do Silêncio à Música", JL. Jornal de Letras, Artes e Ideias”, Ano XXV, 2006
Artigo em revista
  1. Maria Luísa Malato. "Performance and intelligentsia around the inauguration of an equestrian statue in the 18th century.". Journal Performance and Spectacle in Early Modern Europe, 6 (2020): http://www.artidellospettacolo-performingarts.com/images/2020__1_Matos.pdf..
    Publicado
  2. Borralho, Maria Luísa Malato. "EUPHONIE, d'Hector Berlioz". Carnets Deuxième s (2020): http://dx.doi.org/10.4000/carnets.11229.
    10.4000/carnets.11229
  3. Maria Luísa Malato. "“Lei e Ordem: da Retórica Literária à Retórica Jurídica”". Revista Opinião Jurídica, 18, n.º 29 (2020): http://dx.doi.org/10.12662/2447-6641oj.v18i29.p%25p.2020.
    Publicado
  4. Maria Luísa Malato. "“’Levo agora somente o que dei’: Ofélia Paiva Monteiro (1935-2018)". ”, As Artes entre as Letras ”, As Artes entre as Letras, n.º 256, 11 de dezembro 2019, p. 9. 251 (2019): 9.
    Publicado
  5. Maria Luísa Malato. "“Osório de Castro: a poet of India”". Portugal - Goa: os Orientes e os Ocidentes: Seminário Internacional de Filosofia e Literatura = Portugal - Goa: The East(s) and the West(s): International Seminar on Philosophy and Literature 1 1 (2019): 151-164. https://hdl.handle.net/10216/124487.
    Acesso aberto • Publicado
  6. Maria Luísa Malato. "Os Sons da Saudade: a partir de uma leitura d’Os Poetas Lusíadas". Viagens da Saudade, ed. Maria Celeste Natário, Paulo Borges, Luís Lóia (2019): 181-293. https://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/17590.pdf.
    Acesso aberto • Publicado
  7. Maria Luísa Malato. "“Sobre o Pequeno Dicionário Privativo, de Albano Martins”". Letras Com-Vida. Revista de Literatura, Cultura e Arte, Nova Série I, n.º 9, Dossier Escritor: Albano Martins, coord. António Fourrier, António José Borges 9 (2019): 248-255.
  8. Maria Luísa Malato. "La comida visionaria. Formas de alimentación en el discurso carismático feminino del Siglo XVI y XVII, de Rebeca Sanmartín Bastida (2017),, prol. Catherine Davies, s.l., Splash Ediciones. Recensão.". Cadernos De Literatura Comparada/ ILCML 39 (2019): 307-316. http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/article/view/522.
  9. Borralho, Maria Luísa Malato. "Franceses, mulheres e outros estrangeiros : de um sermão de 1811 à poesia panfletária de Catarina de Lencastre". (2018): http://journals.openedition.org/carnets/7460.
  10. Borralho, Maria Luísa Malato. "Manuel de Figueiredo, atento leitor de Aristóteles e Corneille ou de como o desejo de verdade pode naturalmente conduzir ao inverosímil". Carnets Première S (2018): 49-69. http://journals.openedition.org/carnets/5908.
    10.4000/carnets.5908
  11. Maria Luísa Malato. "“Ética e Política na obra de Agustina”". Colóquio Letras, António Lobo Antunes 201 (2018): 164-171.
    Publicado
  12. Maria Luísa Malato. "“Errare humanum est”: o erro na metodologia das Humanidades". CEM. Cultura, Espaço & Memória. Revista do CITCEM, n.º 9: Erros Meus, Fortuna Nossa: da falha como acerto 1 9 (2018): 167-180. http://catalogo.up.pt:80/F/?func=direct&doc_number=000892082&local_base=FLUP.
    Acesso aberto • Publicado
  13. Maria Luísa Malato. "Amadeo e o “desdém flaubertiano”: um outro diálogo entre a Pintura e a Literatura". Pontes de Vista, Revista de Filosofia e Literatura, , n.º 3. Online. 3 (2018): https://pontesdevista.wordpress.com/2018/05/22/amadeo-e-o-desdem-flaubertiano-um-outro-dialogo-entre-a-pintura-e-a-literatura/.
    Acesso aberto • Publicado
  14. Maria Luísa Malato. "José Rodrigues e a Maqueta da Casa de Bernarda Alba". Artes entre as Letras, “No 1.º ano da morte de José Rodrigues” 201-202 (2017): 21.
    Publicado
  15. Maria Luísa Malato. "Circunlóquios III: Albano Martins". Colóquio Letras, n.º 195, Maio/Agosto 2017 195 (2017): 273-275.
    Publicado
  16. Maria Luísa Malato. "M. Raulin, français, philosophe : les (en)jeux d’un miroir inventé par Lima Bezerra »". Synergies Portugal, revue du GERFLINT, n.º 5: Les rapports culturels luso-francophones: hégémonie ou rupture? 5 (2017): 45-57. http://gerflint.fr/synergies-portugal.
    Acesso aberto • Publicado
  17. Maria Luísa Malato. "O Mar de Sophia, o Marão de Pascoaes e as Metamorfoses de Ovídio. Em co-autoria.". Biblos. Revista da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Série III, n.º 2: Mar S III, 2 (2016): 11-32. http://dx.doi.org/10.14195/0870-4112_3-2_1.
    Acesso aberto • Publicado
  18. Maria Luísa Malato. "As Luzes de Maria Teresa Horta: uma Retórica da Sensibilidade". Letras Convida. Revista de Literatura, Cultura e Arte, Dossier Escritor: MARIA TERESA HORTA 1 7 (2016): 188-197. https://periodicos.ufsm.br/fragmentum/article/view/21760.
    Publicado
  19. Maria Luísa Malato. "Mme Bovary, c’est moi,[Tiago Rodrigues]". Artes entre as Letras 161 (2015): 23.
    Publicado
  20. Maria Luísa Malato. "2015: O Modernismo Brasileiro e o Modernismo Português, segundo Arnaldo Saraiva. Recensão.". Artes entre as Letras 156 (2015): 23.
  21. Maria Luísa Malato. "Letras, Feminismo e Virilidade". Mulher Migrante: Entre Portuguesas 2015. Maria Barroso na nossa memória (2015): 73-77.
    Publicado
  22. Maria Luísa Malato. "História da Igreja em Timor-Leste. 450 anos de evangelização (1562-2012). 1.º Volume (1562-1940), de Dom Carlos Filipe Ximenes Belo, Porto, Fundação Eng.ª António de Almeida, 2013. Recensão". Pontes de Vista. Revista online de Filosofia e Literatura”, n.º 1 (2015): http://revistapontesdevista.com/category/leituras/ .
  23. Maria Luísa Malato. "Diderot. Langue et Savoir, dir. Véronique Le Ru, Reims, Epure, 2014, 118 p.. Recensão.". Revue Dix-Huitième siècle. Raconter la Maladie, Paris, SFEDS/ La Découverte 47 (2015): 682-683.
    Publicado
  24. Maria Luísa Malato. "“Isto sim, que a gente nunca pode dizer!”: o Segredo e a Literatura". Fátima XXI, Revista Cultural do Santuário. Caderno Temático sobre O Segredo de Fátima, Fátima, n.º 0 0 (2014): 55-63.
  25. Maria Luísa Malato. "Da Utopia do Espaço à Utopia do Leitor : Rodrigues da Costa, Manuel de Figueiredo e a Ambiguidade da Lua no Espaço Imaginário Português". Colóquio Letras”, Volume s/ Utopia 186 (2014): 42-58.
    Acesso aberto • Publicado
  26. Faculdade de Letras. "L'«Histoire véritable de la planète mars» : pour une morphologie de l'étranger et du voyage interplanétaire". (2014): https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/78030.
  27. Coutinho, Ana Paula. "L’«histoire véritable de la planète Mars» : Pour une morphologie de l’étranger et du voyage interplanétaire". Carnets, revue électronique d'études françaises Deuxième s (2014): 167-184. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/12364.pdf.
    Acesso aberto • 10.4000/carnets.2319
  28. Maria Luísa Malato. "Realismo e aparição: as memórias da Irmã Lúcia". Notandum Ano XVI 33 (2013): 23-34. http://www.hottopos.com/notand33/23-34Malato.pdf.
    Publicado
  29. Camargo, Rogério. "Poesia e Limite: uma leitura teológica da obra de Sophia de Mello Breyner, de Emmanuel Brandão. Recensão.". Humanística e Teologia. Revista da Faculdade de Teologia do Porto 34 (2013): 293-297.
    Publicado
  30. Maria Luísa Malato. "A importância de ser simpático : duas releituras de Benito Feijoo no século XX: Pascoaes e Brocos". Cuadernos de Estudios del Siglo XVIII 23 (2013): 81-99. https://www.unioviedo.es/reunido/index.php/CESXVIII/article/view/12259.
    Acesso aberto • Publicado
  31. Borralho, Maria Luísa Malato. "Franceses, mulheres e outros estrangeiros : de um sermão de 1811 à poesia panfletária de Catarina de Lencastre". Carnets Première S (2012): 99-119. http://dx.doi.org/10.4000/carnets.7460.
    10.4000/carnets.7460
  32. Borralho, Maria Luísa Malato; Maria Luísa Malato. "Descrição geométrica de uma casa térrea: a poesia de Sophia de Mello Breyner Andresen". Cristianismo e Cultura. Homenagem a Arnaldo de Pinho, Humanística e Teologia. Revista da Faculdade de Teologia XXXIII (2012): 539-557. http://hdl.handle.net/10400.14/24910.
    Publicado
  33. Maria Luísa Malato. "Entre Filosofia e Literatura: uma viagem urgente". Boletim da Academia Galega da Língua Portuguesa 2012/ 5 (2012): 159-170. https://www.academia.edu/38230500/Boletim_da_Academia_Galega_da_L%C3%ADngua_Portuguesa_5_2012_.
    Acesso aberto • Publicado
  34. Maria Luísa Malato. "Puer Senex, Senex Puerilis: a criança, o romancista e o dramaturgo em Alves Redol". , in Revista Internacional d’Humanitats”, São Paulo/ Barcelona, Ano XV, n.º 25, Maio-Agosto, pp. 15-28 Ano XV 25 (2012): 15-28. http://hottopos.com/rih25/.
    Acesso aberto • Publicado
  35. Maria Luísa Malato. "“Em Modo de Jogo”: Considerações breves sobre a ‘Chronica do Emperador Clarimundo’, uma Gramática e o ‘Diálogo de João de Barros com dous filhos seus’ a propósito do valor da Literatura como atividade inocente e exercício memorável para crianças e adultos, com que se deseja provar a importância de João de Barros para o conceito de Literatura Infantil". E-Fabulations 8 (2011): 41-54. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/9277.pdf.
    Publicado
  36. Maria Luísa Malato. "O Teatro no Arquivo Distrital do Porto. Parábola do Semeador". As Artes entre as Letras 60 (2011): 21.
    Publicado
  37. Maria Luísa Malato. "“As Ilhas”, de Jean Grenier e o Mapa das Utopias Possíveis". Revista Atlântida LV (2011): 83-94.
    Publicado
  38. Maria Luísa Malato. "Sobre nós uma abóbada estrelada. Breves citações de astronomia na Literatura". E-Fabulations 7 (2010): 7-20. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/8663.pdf.
    Acesso aberto • Publicado
  39. Villela, Jorge Mattar. "“Os Justos”: A História, a Política e o Terrorismo, segundo Albert Camus". Letras Com Vida. Literatura, Cultura e Arte 1 (2010): 41-48.
    Publicado
  40. Maria Luísa Malato. "BARATA, José Oliveira – Máscaras da Utopia. História do Teatro Universitário em Portugal (1938-1974), Lisboa, F.C.Gulbenkian, 2009. Recensão.". Labirintos. Revista Electrônica do Núcleo de Estudos Portugueses da Universidade Estadual de Feira de Santana”, N.º 8, Bahia, 2.º Semestre de 2010 8 (2010): http://www.uefs.br/nep/labirintos/edicoes/02_2010/02_2010.htm.
    Publicado
  41. Maria Luísa Malato. "O Novo ECDU: Da crise à oportunidade. O estatuto de Leitor na Universidade Portuguesa". Revista Ensino Superior 31 (2009): 28-29.
    Publicado
  42. Borralho, Maria Luísa Malato. "[A Várias Vozes sobre o Ano Paulino] Maria Luísa Malato Borralho". (2009): http://hdl.handle.net/10400.14/24991.
  43. Maria Luísa Malato. "A Academia de Platão e a Matriz das Academias Modernas". Notandum”, n.º 19 19 (2009): 5-16. http://www.hottopos.com/notand19/malato.pdf.
    Acesso aberto • Publicado
  44. Maria Luísa Malato. "O Jardim de Deus". E-fabulations, E-journal of children’s literature 5 (2009): 68-72. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/7252.pdf.
    Publicado
  45. Maria Luísa Malato. "Greimas, a Retórica e a Manipulação da Linguagem". Revista de Letras Série II 7 (2008): 211-219. https://www.utad.pt/cel/wp-content/uploads/sites/7/2018/03/revista_letras_capa07_FINAL.pdf.
    Publicado
  46. Maria Luísa Malato. "Biografia, Bibliografia e Interdisciplinaridade". Cadernos Interdisciplinares Luso-Brasileiros 1 (2006): 49-67.
    Publicado
  47. Maria Luísa Malato. "Magister Ludi: o jogo no espaço fechado da sala de aula". Revista da Faculdade de Letras. Línguas e Literaturas. In Honorem Doutora Fernanda Irene A. B. Fonseca", II Série, vol. XXII Vol. 22 (2005): 29-45. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4723.pdf.
    Publicado
  48. Maria Luísa Malato. "Para uma Escola com Masmorras e Dragões. As estratégias do Jogo de r.p.g. na sala de aula, em colaboração com Ângela Maria Fonseca Viegas". VIDETUR 31 (2005): 37-54. http://www.hottopos.com.
  49. Maria Luísa Malato. "Em Demanda da Anti-Retórica. Uma História com Direito. Em co-autoria.". Teoria del Diritto e Dello Stato. Rivista europea di Cultura e Scienza Giuridica”, N.º 3: Retórica e Diritto 3 (2004): 349-372.
    Publicado
  50. Maria Luísa Malato. "Teixeira de Pascoaes: um Clássico Romântico?". Revista da Faculdade de Letras/ Universidade do Porto. Filosofia. Actas do Congresso Teixeira de Pascoaes: Olhares XXI (2004): 81-102. http://catalogo.up.pt:80/F/?func=direct&doc_number=000776754&local_base=FLUP.
    Acesso aberto • Publicado
  51. Maria Luísa Malato. "A Retórica do Silêncio na Literatura Setecentista". Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto”. Série II: Línguas e Literaturas. In honorem Doutor Jorge Osório e Doutor Joaquim da Fonseca”, 2 tomos vol. I XX (2003): 145-169. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/3961.pdf.
    Publicado
  52. Maria Luísa Malato. "O Mito do Legislador numa Academia Luso-espanhola". Península. Revista de Estudos Ibéricos”, n.º 0, volume temático “Entre Portugal e Espanha. Relações culturais (séculos XV-XVIII)”, In honorem José Adriano de Freitas Carvalho 0 (2003): 401-412. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/artigo12801.pdf.
    Publicado
  53. Maria Luísa Malato. "O Mito de Abelardo e Heloísa na Poesia Portuguesa de Setecentos". Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto”. Série II: Línguas e Literaturas. Volume dedicado ao Professor Doutor José Adriano de Freitas Carvalho XIX (2002): 267-286. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4764.pdf.
    Publicado
  54. Maria Luísa Malato. "BINGRE, Francisco Joaquim _ Obras de.., ed. Vanda Anastácio, Porto, Lello Editores, 2000. Recensão.". Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Línguas e Literaturas”, II Série 18 (2001): 525-527.
    Publicado
  55. Maria Luísa Malato. "Para uma Dialéctica do Prefácio". Fides. Direito e Humanidades III (1994): 103-124.
    Publicado
  56. Maria Luísa Malato. ""Ter Espírito" ou A Espiritualidade do último cortesão". Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Série Línguas e Literaturas. Espiritualidade e Corte em Portugal (séculos XVI a XVIII)“, Anexo V (1993): 217-232. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/artigo8131.pdf.
    Publicado
  57. Maria Luísa Malato. "Scarron et Scarron II. Une seule rhétorique de la parodie ?". Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Série Línguas e Literaturas (1991): 159-240. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/2623.pdf.
    Publicado
  58. Maria Luísa Malato. "“’E tudo o vento levou', de William Shakespeare“. Um estudo socio-pedagógico". Fides. Direito e Humanidades I (1991): 91-128.
    Publicado
  59. Maria Luísa Malato. "Diderot e a estética teatral no séc. XVIII português: a singularidade dos dramas de Manuel de Figueiredo". Confluências 1 (1985): 104-114.
    Publicado
  60. Maria Luísa Malato. "Os pactos da Intertextualidade: “Lisbon revisited“ e “O Cântico Negro“". Cadernos de Literatura/ Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra 20 (1985): 37-54.
    Publicado
  61. Maria Luísa Malato. "Intertextualidade (bibliografia seletiva)". Cadernos de Literatura“/ Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra 20 (1985): 68-78.
    Publicado
Artigo em revista (magazine)
  1. Maria Luísa Malato. "Fernando Aguiar-Branco: a importância de um Mecenas", “Artes entre as Letras”, n.º 284, 2021
  2. Maria Luísa Malato. "Repensar a “Renascença Portuguesa (1912-2012)", As Artes entre as Letras, 2012
  3. Maria Luísa Malato. "Agustina e a estranha retórica do Gato de Cheshire", As Artes entre as Letras, 2012
  4. Maria Luísa Malato. "Atenção ao Marketing ou as asas de Ícaro", Ariana, 1982
Capítulo de livro
  1. Maria Luísa Malato. "“Amadeo, de Mário Cláudio: sobre a pintura que ainda persiste na Literatura”". In Trilogia do Belo. Encontros de Filosofia e Literatura nos 50 anos de vida literária de Mário Cláudio, org. Maria Celeste Natário e José Vieira, 131-155. Lisboa: D. Quixote, 2020.
    Publicado
  2. Maria Luísa Malato. "Amadeo, de Mário Cláudio: a Imagin-ação". In Mário Cláudio: Palavra entre palavras. 50 anos de vida literária, 191-196. Campinas/ SP, Brasil: Pontes Editores, 2020.
    Publicado
  3. Maria Luísa Malato. "The True Story of Planet Mars: A Portuguese Utopia about Food and Public Health. Com Manuel Loff.". In Utopian foodways: critical essays (2019), eds. Fátima Vieira, Teresa Botelho, José Eduardo Reis, Miguel Ramalhete Gomes., 189-201. Portugal: UPress/ Editora da Universidade do Porto, 2019.
    Publicado
  4. Maria Luísa Malato. "“Vivre, partager, faire expérience de la vieillesse avec Marc Aurèle (Pensées pour moi-même)”". In in Médecins, Soignants. Osons la Littérature. Un laboratoire virtuel pour la réflexion éthique, coord. Maria Cabral, Marie-France Mamzer, 219-222. Paris, França: Sipayat, 2019.
  5. Maria Luísa Malato. "“Vivre, partager, faire expérience de la vieillesse avec Denis Diderot (Lettre sur les aveugles à l’usage de ceux qui vient”". In Médecins, Soignants. Osons la Littérature. Un laboratoire virtuel pour la réflexion éthique, coord. Maria Cabral, Marie-France Mamzer, 234-236. Paris, França: Sipayat, 2019.
    Publicado
  6. Maria Luísa Malato. "“Vivre, partager, faire expérience de la vieillesse avec Sénèque (Lettres à Lucilius”". In Médecins, Soignants. Osons la Littérature. Un laboratoire virtuel pour la réflexion éthique, coord. Maria Cabral, Marie-France Mamzer, 273-276. Paris, França: Sipayat, 2019.
    Publicado
  7. Maria Luísa Malato. "Ética e Política na obra de Agustina". In Homenagem a Agustina Bessa-Luís. Conferências, Colóquio, Exposição, 89-98. Porto, Portugal: Fundação Eng. António de Almeida, 2019.
  8. Maria Luísa Malato. "“A Literatura-Mundo e 'O ano em que Pigafetta completou a circum-navegação'”". In Acta Iassyensia Comparationis, MAGALHÃES & ELCANO 500: DA CIRCUM-NAVEGAÇÃO À GLOBALIZAÇÃO. Bucareste, Roménia, 2019.
    Publicado
  9. Maria Luísa Malato. "As Luzes de Leonor: uma lição de Hermenêutica". In O Sentido Primeiro das Coisas. Ensaios sobre a obra de Maria Teresa Horta, coord. Conceição Flores, 227-251. Natal, Brasil: Escribas, 2019.
    Publicado
  10. Maria Luísa Malato. "“Des raisons pour errer: de l’errance à l’erreur”". In Espacialidades: Revisões do Espaço na Literatura, 235. Porto, Portugal: Afrontamento/ ILCML, 2019.
    Publicado
  11. Maria Luísa Malato. "“Teófilo Braga e o Século XVIII”". In O Pensamento e a Obra de Teófilo Braga, 399-421. Porto, Portugal: Universidade Católica Portuguesa, 2019.
    Publicado
  12. Maria Luísa Malato. "“A literatura em perigo?”". In Textualidade e Memória: Memória e Afinidades Eletivas [Homenagem a Maria João Reynaud], 37-56. Porto, Portugal: FLUP/ CITCEM, 2019.
    Publicado
  13. Maria Luísa Malato. "A True Story of Planet Mars: a Portuguese Utopia about [...]". In Utopian Foodways: critical essays, 189-201. Porto: UPorto Press, 2019.
  14. Maria Luísa Malato. "SÉCULOS XVI e XVII". In E se…? Narrativas especulativas sobre alimentação e sociedade – uma Antologia., 3-99. Porto: UPorto Press, 2019.
  15. Maria Luísa Malato. "Amar Babel: a poesia de Horácio Costa e as fronteiras do Conhecimento". In Sobre o Olhar Ciclópico: Leituras da Obra de Horácio Costa, 62-75. Porto, Portugal: Centro de Estudos Interculturais do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Instituto Politécnico do Porto, 2018.
    Publicado
  16. Maria Luísa Malato. "O Figurino e o impossível grau zero da nudez". In Figurinus: O Corpo em Cena”, ed. Gonçalo Vilas Boas e Isabel Morujão, 51-64. Porto, Portugal: Edições Afrontamento, 2018.
    Publicado
  17. Maria Luísa Malato. "“‘O Doido e a Morte’: De um poema de Teixeira de Pascoaes (1912) a um drama de Raul Brandão (1923)”". In Raul Brandão: 150 anos, 164-174. Porto, Portugal: Câmara Municipal do Porto, 2018.
    Publicado
  18. Maria Luísa Malato. "Rui Cinatti e [ainda] o ‘problema da habitação’: do habitat de Timor a uma arquitetura da alma". In De Portugal a Macau: Filosofia e literatura no diálogo das culturas, co-edição Celeste Natário, R. Epifânio, Maria Luísa Malato, 187-201. Porto, Portugal: FLUP/ Bairro dos Livros, 2018.
    Publicado
  19. Maria Luísa Malato. "O teatro de António Patrício: da matéria física à matéria metafísica". In A Renascença Portuguesa. Pensamento, Memória e Criação, 413-430. Porto, Portugal: Universidade do Porto, 2017.
    Publicado
  20. Maria Luísa Malato. "Vaisseaux, frégates et galions ; le projet rhétorique, politique et intellectuel d’une société savante luso-espagnole". In Savoir et Civisme. Les Sociétés savantes et l’action patriotique en Europe au XVIIIe siécle. Actes du Colloque de Berne (20-22 septembre 2012)”, ed. Michèle Crogiez Labarthe, Juan M. Ibeas Altamira et Alain Schorderet, 301-313. Genève, Suiça: Slatkine Erudition, 2017.
  21. Maria Luísa Malato. "Alimentação em Marte: a higiene da alma numa autoficção de José Nunes da Matta (1921)". In Utopia e Alimentação, Cadernos de Literatura Comparada , n.º 36, 1-29. Porto, Portugal: ILCML, 2017.
    Publicado
  22. Maria Luísa Malato. "Fidelino de Figueiredo e os Avatares da Literatura Comparada". In Fidelino de Figueiredo: Travessias. Estudos de Filosofia e Literatura, 339-363. Campinas, Brasil: Pontes Editores, 2016.
    Publicado
  23. Maria Luísa Malato. "Entre o Céu e o Inferno. [O tema do Inferno na literatura portuguesa]". In O Céu é apenas um Disfarce Azul do Inferno, 53-55. Porto, Portugal: Instituto de Filosofia da FLUP/ Nuisis Zobop, 2016.
    Publicado
  24. Maria Luísa Malato. "Contos de Cães e Maus Lobos: entre a biblioterapia e a arte de andar pela floresta". In “Nenhuma palavra é exata": Estudos sobre a obra de Valter Hugo Mãe ”, org. Carlos Nogueira, 413-423. Porto, Portugal: Porto Editora, 2016.
    Publicado
  25. Franco, António Cândido. "O Marão de Pascoaes e as Metamorfoses de Ovídio". In Filosofia e Poesia: Congresso Internacional de Língua Portuguesa, 230-240. Porto, Portugal: FLUP, 2016.
    Publicado • 10.14195/978-989-721-006-8_16
  26. Hunter, Fiona. "“Utopia y Poder en Portugal”. Cap. V. Co-autoria com José Eduardo Reis, Jorge Bastos da Silva, Fátima Vieira". In Utopia y Poder en Europa y América, 117-147. Madrid, Espanha: Editorial Tecnos, 2015.
    Publicado
  27. Maria Luísa Malato. "Manuel de Figueiredo, Lecteur Fantôme de Diderot. Pour une Histoire Fantastique de la Réception Littéraire". In Diderot, Paradoxes d’un Comédien », ed. Ana Clara Santos et Maria Luísa Malato, 231-253. Paris, França: Le Manuscrit, 2015.
    Publicado
  28. Maria Luísa Malato. "O Belo e os Monstros : História de uma poética proibida no teatro de Manuel de Figueiredo". In O Teatro em Portugal nos séculos XVIII e XIX”, eds. Christoph Müller e Martin Neumann, 39-61. Berlim, Alemanha: Ibero-Amerikanisches Institut, 2015, 2015.
    Publicado
  29. Maria Luísa Malato. "Albert Camus : A Peste". In Contar (com) a Medicina, ed. Isabel Fernandes, Maria de Jesus Cabral, Teresa Casal. Alda Correia, Diana V. Almeida, 163-166. Lisboa, Portugal: Ed. Pedago e Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa, 2015.
    Publicado
  30. Maria Luísa Malato. "O que é o Iluminismo segundo José Anastácio da Cunha". In Ciencia y Tecnica. Entre la Paz y la Guerra: 1714, 1814, 1914, coord. F. González Redondo, 2 vols., 147-154. Madrid, Espanha: Sociedad Española de Historia de las Ciencias y de las Técnicas, 2015.
    Publicado
  31. Maria Luísa Malato. "“Um cenário é uma escultura habitada”: o teatro em José Rodrigues". In Porto Culto do Século XX: Alfredo Ribeiro dos Santos, Fernando Guimarães, José Rodrigues, 137-149. Sintra, Portugal: Zéfiro, 2015.
    Publicado
  32. Maria Luísa Malato. "Albert Camus et l’in-version de l’Eden". In Lumières d’Albert Camus : enjeux et relectures, ed. M. Jesus Cabral, Ana Clara Santos, J.-B. Dussert, 149-173. Paris, França: Le Manuscrit, 2013.
    Publicado
  33. Maria Luísa Malato. "A Literatura Caboverdiana : utopia e identidade". In Geometria do Caos. Encontros sobre Filosofia e Literatura, 285-307. Porto, Portugal: FLUP, 2013.
    Publicado
  34. Maria Luísa Malato; Faculdade de Letras. "Metamorfoses do soneto: do "Classicismo" ao "Romantismo"". In Entre Classicismo e Romantismo. Ensaios de Cultura e Literatura, 1-28. Porto, Portugal: FLUP/ CETAPS, 2013.
    Publicado
  35. Maria Luísa Malato. "O Elogio dos Lugares. As Memórias de Lúcia". In Quereis Oferecer-vos a Deus?, Ciclo de Conferências 2011-2012, coord. Alfredo Teixeira., 123-144. Fátima, Portugal: Santuário de Fátima, 2013.
    Publicado
  36. Maria Luísa Malato. "Estudo introdutório (Cf. Edição)". In Teixeira de Pascoaes/ Vicente Risco (Epistolário)., 5-27. Allariz, Ourense, Espanha: Fundación Vicente Risco, 2012.
    Publicado
  37. Maria Luísa Malato. "Garrett, Balzac e a Costureirinha Chinesa". In “Uma Coisa na Ordem das Coisas”. Volume de Homenagem a Ofélia Paiva Monteiro, 378-395. Coimbra, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2012.
    Publicado
  38. Maria Luísa Malato. "A Energia, outro nome da Saudade: o “Teatro Crítico Universal” do Padre Feijoo". In Sobre a Saudade. Homenagem a Andrès Torres Queiruga, 129-142. Sintra, Portugal: Zéfiro, 2012.
    Publicado
  39. Maria Luísa Malato. "Júlio Verne: “Da Terra à Lua”: uma parábola do conhecimento muito útil para quase tudo". In Literatura Culta e Popular em Portugal e no Brasil. Homenagem a Arnaldo Saraiva, 259-274. Porto, Portugal: FLUP/CITCEM, 2011.
    Publicado
  40. Maria Luísa Malato. "O efeito Kuleshov. Da Retórica Literária à Retórica Jurídica". In Tópica, Retórica y Dialéctica en la Jurisprudencia. Estudios en homenaje a Francisco Puy, 263-275. Santiago de Compostela, Espanha: Universidade de Santiago de Compostela, 2011.
    Publicado
  41. Maria Luísa Malato. "Um estudo morfológico da Utopia, n’"O Balão aos Habitantes da Lua"". In Por Prisão o Infinito. Actas do Colóquio. Online.. Porto, Portugal: FLUP, 2011.
    Publicado
  42. Maria Luísa Malato. "Sobre a perigosa arte de jardinar. A missão guerreira do poeta na Academia dos Singulares". In A Arte da Cultura. Homenagem a Yvette Centeno, 301-313. Lisboa, Portugal: Colibri, 2011.
    Publicado
  43. Maria Luísa Malato. "Estratégias literárias do Verdadeiro Método de Estudar". In História Crítica da Literatura Portuguesa. Volume: Neoclassicismo e Pré-Romantismo, 97-100. Lisboa, Portugal: Babel/ Verbo, 2010.
    Publicado
  44. Maria Luísa Malato. "Literatura, Infância e Dom: um livro chamado Francisco Marto". In Francisco Marto. Crescer para o Dom, 277-305. Fátima: Santuário de Fátima, 2010.
    Publicado
  45. Maria Luísa Malato. "A livraria dos Viscondes de Balsemão: leitura de um espólio". In Crítica Textual e Crítica Genética em Diálogo. Colóquio Internacional, Porto, 18-20 de Outubro de 2007, 2 vols., 473-492. München, Alemanha: Martin Meidenbauer, 2010.
    Publicado
  46. Maria Luísa Malato. "Ítalo Calvino e o Século XVIII. As Aventuras de um Barão Trepador". In "Nel Mezzo del Cammin”, Actas da Jornada de Estudos Italianos em honra de Giuseppe Mea, 465-490. Porto, Portugal: Sombra pela Cintura, 2009.
    Publicado
  47. Maria Luísa Malato. "O Herói, o Santo e o Poeta: o discurso literário em D. António Ferreira Gomes [ensaio introdutório]". In Nuno de Santa Maria. Herói e Santo. A vida do Condestável D. Nuno Álvares Pereira, dramatizada pelo antigo Bispo do Porto [D. António Ferreira Gomes]. Outros textos., 111-144. Lisboa, Portugal: Aletheia, 2009.
    Publicado
  48. Maria Luísa Malato. "De Portugal à Lua: Viagem ao País do Inverosímil. Reflexões sobre a Retórica do Inverosímil". In Leonardo. Imaginação e Literatura”, coord. Rita Marnoto, 33-52. Coimbra, Portugal: Instituto de Estudos Italianos/ Universidade de Coimbra, 2009.
    Publicado
  49. Maria Luísa Malato. "O Herói, o Santo e a Poeta: reflexões sobre um diálogo entre António Ferreira Gomes e Sophia de Mello Breyner Andresen". In Cadernos de Literatura Comparada”, n.º 19, Volume temático de 2008: “Utopia e Espiritualidade”, 131-158. Porto, Portugal: FLUP/ Afrontamento, 2008.
    Publicado
  50. Maria Luísa Malato. "José Anastácio da Cunha: poeta e matemático". In José Anastácio da Cunha: o Tempo, as Ideias, a Obra, 2 vols., 199-215. Braga, Portugal: Centro de Matemática da Universidade do Minho, 2006.
    Publicado
  51. Maria Luísa Malato. "Aux marches du palais: l’Emblème d’une Académie Portugaise au XVIIe siècle". In Nowhere Somewhere: Writing Space and the Construction of Utopia, 87-108. Porto, Portugal: Editora UP, 2006.
    Publicado
  52. Maria Luísa Malato. "Luís António Verney: Percursos para um Verdadeiro Método de Estudar". In “Distância e Instância. A Identidade narrativa no Verdadeiro Método de Estudar”. Separata de Anais 13-15, 2003-2004 com artigos sobre Verney, 19-40. Évora, Portugal: Universidade de Évora, 2005.
  53. Maria Luísa Malato. "Ornatus. L’emblème en tant que métaphore". In Estudos em homenagem ao Professor Doutor Mário Vilela, 2 vols., 711-720. Porto, Portugal: FLUP, 2005.
    Publicado
  54. Maria Luísa Malato. "Não há Utopias Portuguesas?". In Estilhaços de Sonhos: Espaços de Utopia, 58-73. Porto, Portugal: FLUP/ Quasi, 2004.
    Publicado
  55. Maria Luísa Malato. "“Nem Muros nem Cidade”. O Espírito Utópico nas Academias Portuguesas". In Estudos em Homenagem a Luís António de Oliveira Ramos, 3 vols., 277-287. Porto, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2004.
    Publicado
  56. Maria Luísa Malato. "Porque é que a História esqueceu a Literatura Portuguesa do século XVIII". In Literatura e História. Actas do Colóquio Internacional Literatura e História, 2 vols., 63-83. Porto, Portugal: FLUP, 2004.
    Publicado
  57. Maria Luísa Malato. "Introdução: A Idade da Utopia: o Século XVIII como época da Utopia e da Crítica". In História da Literatura Portuguesa, 7 vols., 263-265. Lisboa, Portugal: Alfa, 2002.
    Publicado
  58. Maria Luísa Malato. "“O Tempo e o Espaço: eixos histórico-geográficos do movimento neoclássico português”". In História da Literatura Portuguesa, 7 vols., 267-278. Lisboa, Portugal: Alfa, 2002.
    Publicado
  59. Maria Luísa Malato. "“O Espírito e a Letra: eixos conceptuais do movimento neoclássico português”". In História da Literatura Portuguesa, 7 vols., 279-317. Lisboa, Portugal: Alfa, 2002.
  60. Maria Luísa Malato. "Teodoro de Almeida. Entre as Histórias da História e da Literatura". In Estudos em homenagem a João Francisco Marques, 211-227. Porto, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2001.
    Publicado
  61. Cocula, Anne-Marie. "L’Histoire, un fauteuil, quelques chaises et la relecture d’un Camus qui ne voulait pas s’asseoir". In L’Exil et le Royaume : d’Albert Camus à Vergílio Ferreira. Cf. edição., 215-232. Paris, França: Le Manuscrit, 1999.
    Publicado
Catálogo de exposição
  1. Maria Luísa Malato. “Sabores e Texturas: a obra de Helena Cardoso”. Bahia-Portugal. Pontos que nos Unem. Literatura-Artes Plásticas-Música. Catálogo das Exposições Bel Borba e Helena Cardoso. Foyer Teatro Castro Alves, 15 de Junho a 15 de Julho, Salvador (Bahia), UNEB/ IC, 2018. Gabinete de Leitura de São Salvador da Bahia/ Consulado de Portugal, 2018.
Edição de livro
  1. Maria Luísa Malato. E se…? Narrativas especulativas sobre alimentação e sociedade – uma Antologia. Coord. Fátima Vieira.. Portugal: UPorto Press/ Editora da Universidade do Porto. 2019.
    Publicado
  2. Pereira, Amilcar Araújo. História ensinada. Uma prosopografia do ensino de história, no Brasil. Porto: UPorto Press. 2019.
  3. Maria Luísa Malato. .). E se…? Narrativas especulativas sobre alimentação e sociedade – uma Antologia. Porto, Portugal: UPorto Press. 2019.
    Publicado
  4. Maria Luísa Malato. Portugal segundo o Brasil, de José Luís Jobim e Roberto Acizelo de Souza. Edição e posfácio (pp. 167-177). Lisboa, Portugal: Theya. 2018.
    Publicado
  5. Maria Luísa Malato. Diário de um só dia, co-prefaciado com Isabel Pereira Leite, Porto, BC/ Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2010. Porto, Portugal. 2010.
    Publicado
  6. Maria Luísa Malato. Portas Fechadas? Janelas Abertas. Actas do Colóquio Portas Fechadas? Janelas Abertas, editadas em suporte virtual, em colaboração com a Dr.ª Françoise Bacquelaine, na Biblioteca Central da FLUP. Biblioteca Virtual da FLUP. Porto, Portugal: FLUP. 2007.
    Publicado
Edição de número de revista
  1. Maria Luísa Malato. "Sophia de Mello Breyner Andresen". Pontes de Vista. Revista online de Filosofia e Literatura 4 (2019): http://revistapontesdevista.com/pontes-de-vista-numero-4/.
    Publicado
  2. Maria Luísa Malato. "Amadeo de Souza-Cardoso". Pontes de Vista. Revista online de Filosofia e Literatura 3 (2018): http://revistapontesdevista.com/amadeo-de-souza-cardoso-pontes-de-vista-numero-3/.
    Publicado
  3. Maria Luísa Malato. "Vergílio Ferreira". Pontes de Vista. Revista online de Filosofia e Literatura 2 (2016): http://revistapontesdevista.com/pontes-de-vista-numero-2/.
  4. Heldt, Elizeth. "800 anos de Língua Portuguesa". Pontes de Vista. Revista online de Filosofia e Direito. Em co-edição com Celeste Natário 1 (2015): http://revistapontesdevista.com/800-anos-de-lingua-portuguesa/.
    Publicado
Entrada de enciclopédia
  1. Maria Luísa Malato. "“Antisseiscentismo”". In Dicionário dos Antis. A cultura portuguesa em negativo, dir. José Eduardo Franco. Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2018.
    Publicado
  2. Maria Luísa Malato. "Alberto Osório de Castro". In Ulyssei@s. Enciclopédia Digital/ ILCML. ILCML, 2016. http://ulysseias.ilcml.com/?glossary=castro-alberto-osorio-de&lang=pt.
    Publicado
  3. Maria Luísa Malato. "António Nobre". In “Ulyssei@s. Enciclopédia Digital/ ILCML. ILCML, 2016. http://ulysseias.ilcml.com/?glossary=nobre-antonio&lang=pt.
    Publicado
  4. Maria Luísa Malato. "Ruy Cinatti". In Ulyssei@s. Enciclopédia Digital/ ILCML. ILCML, 2016. http://ulysseias.ilcml.com/?glossary=cinatti-ruy&lang=pt.
    Publicado
  5. Maria Luísa Malato. "Camilo Pessanha". In Ulyssei@s. Enciclopédia Digital/ ILCML. ILCML, 2016. http://ulysseias.ilcml.com/?glossary=pessanha-camilo&lang=pt.
    Publicado
  6. Maria Luísa Malato. "Fidelino de Figueiredo". In , “Ulysseias. Enciclopédia Digital/ ILCML. ILCML, 2016. http://ulysseias.ilcml.com/pt/termos/figueiredo-fidelino-de/.
    Publicado
  7. Maria Luísa Malato. "Horácio Costa". In Ulysseias. Enciclopédia Digital/ ILCML. ILCML, 2016. http://ulysseias.ilcml.com/pt/termos/costa-horacio/.
    Publicado
  8. Maria Luísa Malato. "Pedro António Correia Garção". In Poemas Portugueses. Antologia da Poesia Portuguesa do Século XIII ao Séc. XXI, coord. Jorge Reis-Sá e Rui Lage. Porto Editora, 2012.
    Publicado
  9. Maria Luísa Malato. "José Anastácio da Cunha". In Poemas Portugueses. Antologia da Poesia Portuguesa do Século XIII ao Séc. XXI, ed. Jorge Reis-Sá e Rui Lage. Porto Editora, 2012.
    Publicado
  10. Maria Luísa Malato. "Marquesa de Alorna". In Poemas Portugueses. Antologia da Poesia Portuguesa do Século XIII ao Séc. XXI, ed./ coord. Jorge Reis-Sá e Rui Lage. Porto Editora, 2012.
    Publicado
  11. Maria Luísa Malato. "Bocage". In Poemas Portugueses. Antologia da Poesia Portuguesa do Século XIII ao Séc. XXI, ed. Jorge Reis-Sá e Rui Lage. Porto Editora, 2012.
    Publicado
  12. Maria Luísa Malato. "Stockler, Francisco Garção". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa, 5 vols.. Verbo, 2005.
  13. Maria Luísa Malato. "Tolentino de Almeida, Nicolau". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa,. Verbo, 2005.
  14. Maria Luísa Malato. "Torres, Domingues Maximiniano". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2005.
    Publicado
  15. Maria Luísa Malato. "Tragicomédia". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2005.
    Publicado
  16. Maria Luísa Malato. "Ulissipo (de Jorge Ferreira de Vasconcelos)". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2005.
    Publicado
  17. Maria Luísa Malato. "Ulissipo (de António Sousa de Macedo)". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2005.
    Publicado
  18. Maria Luísa Malato. "Vasconcelos, Francisco de Paula Medina e, ibidem, cols. 640-641". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2005.
    Publicado
  19. Maria Luísa Malato. "Pedegache [Ivo], Miguel". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2001.
    Publicado
  20. Maria Luísa Malato. "Piolho Viajante (O)". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2001.
    Publicado
  21. Maria Luísa Malato. "Ratos da Inquisição (Os)". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2001.
    Publicado
  22. Maria Luísa Malato. "Salgado (Pêro)". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 2001.
    Publicado
  23. Maria Luísa Malato. "Macedo, José Agostinho de". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  24. Maria Luísa Malato. "Maldonado, João Pimentel". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  25. Maria Luísa Malato. "Malhão, Francisco Manuel Gomes da Silveira". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  26. Maria Luísa Malato. "Malhão, P.e Francisco R. da Silveira". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  27. Maria Luísa Malato. "Motim Literário". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  28. Maria Luísa Malato. "Oliveira, Cavaleiro de". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  29. Maria Luísa Malato. "Paiva, Manuel José de". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1999.
    Publicado
  30. Maria Luísa Malato. "Figueiredo, Manuel de (dramaturgo)". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1997.
    Publicado
  31. Maria Luísa Malato. "[O] Feliz Independente". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1997.
    Publicado
  32. Maria Luísa Malato. "[Frei] Fortunato de São Boaventura". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1997.
    Publicado
  33. Maria Luísa Malato. "Gomes, Francisco Dias". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1997.
    Publicado
  34. Maria Luísa Malato. "Academias". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1995.
    Publicado
  35. Maria Luísa Malato. "Almeida, Padre Teodoro de". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1995.
    Publicado
  36. Maria Luísa Malato. "Balsemão, 1.ª Viscondessa de". In Biblos. Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa. Verbo, 1995.
    Publicado
Livro
  1. Maria Luísa Malato. História Autêntica do Planeta Marte, de José Nunes da Mata. Em co-edição com António Barros.. Porto, Portugal: U.Porto Press/ Editora da Universidade do Porto. 2019.
    No prelo
  2. Ferreira, Martim Portugal V.. Portugal - Goa: os Orientes e os Ocidentes: Seminário Internacional de Filosofia e Literatura = Portugal - Goa: The East(s) and the West(s): International Seminar on Philosophy and Literature. Em co-edição.. Porto, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade de Letras. 2019.
    Publicado
  3. Maria Luísa Malato. História Autêntica do Planeta Marte. Porto: U.Porto Press/ Editora da Universidade do Porto, 2019. Porto, Portugal: UPorto Press. 2019.
    Publicado
  4. Maria Luísa Malato. De Portugal a Macau: Filosofia e literatura no diálogo das culturas, co-edição Celeste Natário, R. Epifânio, Maria Luísa Malato,. Portugal: Porto, Bairro dos Livros. 2018.
    Publicado
  5. Cristovão, Hugo Calhim; Trindade, Joana von Mayer. O Céu é apenas um disfarce azul do Inferno. Porto, Portugal: FLUP. 2016.
    Publicado • 10.21747/978-989-8648-89-1/ceu
  6. Maria Luísa Malato. Fidelino de Figueiredo: Travessias. Estudos de Filosofia e Literatura [Coedição c/ Rita Aparecida Santos, Maria Celeste Natário, Renato Epifânio]. Brasil: Pontes. 2016.
    Publicado
  7. Maria Luísa Malato. Diderot, Paradoxes d’un Comédien. Paris, França: Le Manuscrit. 2015.
    Publicado
  8. Maria Luísa Malato. Epístola aos Jovens Atores para que seja dada a Palavra à Palavra, de Olivier Py. Porto, Portugal: ILCML/ Deriva. 2015.
    Publicado
  9. Maria Luísa Malato. Orando con Sophia: breve antologia poética. Madrid, Espanha: Amargord. 2015.
    Publicado
  10. Maria Luísa Malato. Poemas de Catarina de Lencastre, 1.ª Viscondessa de Balsemão, com breve introdução biobibliográfica.. Vila Nova de Cerveira, Portugal: Porta XIII. 2014.
    Publicado
  11. Maria Luísa Malato. L’Exil et le Royaume : d’Albert Camus à Vergílio Ferreira. Paris, França: Le Manuscrit. 2014.
    Publicado
  12. Maria Luísa Malato. Anecdotas de J. A. C.. Reminiscências de D. José Maria de Sousa, Morgado de Mateus, sobre o Mestre e Amigo José Anastácio da Cunha. Leituras, notas, estudos e organização de Abel Rodrigues, António Leal Duarte, Jaime Carvalho e Silva, João Filipe Queiró, Maria Elfrida Ralha, Maria Fernanda Estrada, Maria Luísa Malato. Vila Nova de Famalicão, Portugal: Humus. 2013.
    Publicado
  13. Maria Luísa Malato. 2012: Teixeira de Pascoaes/ Vicente Risco (Epistolário), edição das cartas dos espólios privados, com estudo introdutório (pp. 5-27) e transcrição das cartas de Pascoaes (pp.131-233), em colab. Celeste Natário, Delfín Caseiro Nogueiras.. Allariz, Ourense, Espanha: Fundación Vicente Risco. 2012.
  14. Borralho, Maria Luísa Malato; Leite, Isabel Pereira; Faculdade de Letras. Diário de um só dia [documento manuscrito]. 2010.
  15. Maria Luísa Malato. Le XVIIIe Siècle: une Epoque d’Ombres et de Lumières. Mons, Bélgica: Université de Mons. 2009.
    Publicado
  16. Maria Luísa Malato. Manual Anti-Tiranos. Retórica, Poder e Literatura. Porto Alegre, Brasil: Livraria do Advogado. 2009.
    Publicado
  17. Maria Luísa Malato. História da Literatura Europeia. Uma Introdução aos Estudos Literários. Lisboa, Portugal: Quid Juris. 2008.
    Publicado
  18. Maria Luísa Malato. “Por acazo hum viajante…”. A vida e obra de Catarina de Lencastre, 1.ª Viscondessa de Balsemão (1749-1824). Lisboa, Portugal: Imprensa Nacional-Casa da Moeda. 2008.
    Publicado
  19. Maria Luísa Malato. Manual de Retórica & Direito. Lisboa, Portugal. 2007.
    Publicado
  20. de Aparecido Vieira, Josimar; Andrea Pazatto Vignatti, Marcilei. Leituras de Bocage. Portugal: Núcleo de Estudos Literários/ NEL. 2007.
    Publicado • 10.24824/978856248014.0
  21. Antonio da Silva, Marcos; A. Johnson, Guillermo. José Daniel Rodrigues da Costa ¬- O Balão aos Habitantes da Lua. Uma Utopia Portuguesa. Porto, Portugal: Universidade do Porto. 2006.
    Publicado
  22. José da Silva, Giovani; da Glória Porto Kok, Maria. José Anastácio da Cunha — Obra Literária. Volume II (Com inéditos do autor). Porto, Portugal: Campo das Letras. 2006.
  23. Maria Luísa Malato. José Anastácio da Cunha — Obra Literária. Volume I (Poesia). Porto, Portugal: Campo das Letras. 2001.
  24. Maria Luísa Malato. Manuel de Figueiredo, uma perspectiva do neoclassicismo português (1745-1777). Lisboa, Portugal: Imprensa Nacional-Casa da Moeda. 1995.
    Publicado
  25. Maria Luísa Malato. Camus. Porto, Portugal: Editora Rés. 1984.
    Publicado
Prefácio / Posfácio
  1. Maria Luísa Malato. "Presentatión de un discipulo de Retórica". Prefácio para La Tópica jurídica del Dr. Francisco Puy, de Joaquín Rodríguez Lugo Baquero, XI-XIV. Ciudad de Mexico, México: Lib. Porrúa. 2009.
    Publicado
  2. Maria Luísa Malato. "Perfil de Augusto Comte". Prefácio para O Espírito Positivo, Porto, Rés Editora, s/d. Porto, Portugal: Rés. 1984.
    Publicado
  3. Maria Luísa Malato. "Prefácio". Prefácio para Marketing, objectivos e Métodos, de J. J. Justeau e F. Graby, Porto, Rés Editora, 1983. Porto, Portugal: Rés. 1983.
    Publicado
Tradução
  1. Maria Luísa Malato. Sociologia do Rito, de Jean Cazeneuve. Porto, Portugal: Rés. 1984.
    Publicado
  2. Maria Luísa Malato. Marketing, Objectivos e Métodos, de J. J. Justeau e F. Graby. Porto, Portugal: Rés. 1983.
    Publicado

Artística / Interpretação

Exposição de curadoria/museu
  1. 2019. "“Aracné” [em Diderot], Texto da Exposição AR(a)C(hné)-EN-CIEL, de Isabel Carvalho. Texto na Exposição.". In AR(a)C(hné)-EN-CIEL. Galeria Quadrado Azul, Lisboa, de 22 de novembro de 2019 a 11 de janeiro de 2020.
Atividades

Apresentação oral de trabalho

Título da apresentação Nome do evento
Anfitrião (Local do evento)
2019 Comissão Organizadora das celebrações do Tricentenário do Nascimento de Paulino António Cabral, Abade de Jazente (1719-1789), Porto/ Amarante, FLUP/ Centro de Estudos Amarantinos.
2019 Literatura sobre Pintura: Amadeo, de Mário Cláudio, seminário aberto de DELCI, Porto, FLUP, 20 de dezembro de 2019.
2019 “António Serrão de Castro. ‘Os ratos da Inquisição’ e algumas formas barrocas de falar sobre a censura”, Colóquio Seiscentistas Quatrocentões: para uma revisão da literatura barroca luso-brasileira, org. CITCEM, Porto, FLUP, 9 de dezembro de 2019.
2019 Fidelino de Figueiredo: entre a Literatura Comparada e a Filosofia da Literatura, Ciclo de Conferências 100 anos da Faculdade de Letras: do Magistério à Diáspora, Porto, FLUP, 12 de dezembro de 2019
2019 “A viagem na obra de Sophia de Mello Breyner”, Colóquio Internacional Sophia e o Nome das Coisas. A obra e o pensamento de Sophia de Melo Breyner Andresen, Santiago de Compostela, Universidade de Santiago, 13 de dezembro de 2019.
2019 Uma Refeição na Lua com Cyrano de Bergerac, Projeto Alimentopia/ Utopian Foodways. Disponível online: https://www.youtube.com/watch?v=8DrX8oAEaGY
2019 O Céu da Boca: Alimento e Utopia, Projeto Alimentopia/ Utopian Foodways. Disponível online: https://www.youtube.com/watch?v=hqjE_CX6KMA
2019 “What if…? Speculative narratives on food and Society”. Panel with Fátima Vieira (chair), Iolanda Ramos, Jorge Bastos da Silva, Marinela Freitas, Utopia, Dystopia and Climate Change: the 20th Conference of the Utopian Studies Society, Prato, Monash University Prato Centre, Tuscany, Italy, 1-5 July, 3 July.
2019 “L’Indisciplinarité du récit”, avec Isabelle Galichon (Univ. Bordeaux Montaigne), Les Etudes Littéraires aujourd’hui? Enjeux et atouts d’une indiscipline, Université d’Eté APEF, org. APEF/ Groupe LEA, Braga, 8-13 juillet 2019, le 9 juillet.
2019 “Música e Pensamento: a partir de um livro de Fidelino de Figueiredo”, 100 anos da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Porto, Reitoria da Universidade do Porto, Casa Comum, 26 de junho de 2019.
2019 “Anti-Retórica, Estética e Anestesia: desafios da retórica política mediatizada”, em co-autoria com Francisca Amorim, Colóquio Retórica Mediatizada, org. LABCOM/ IFP, Lisboa, FCSH- UN, 13 de Maio de 2019
2019 “Sati of Osório de Castro: East and West in a musical drama”, Colóquio Internacional Portugal-Goa: Os Orientes e os Ocidentes. East(s) and West(s), Universidade do Porto/ Universidade de Goa, Porto, FLUP, 16-17 de maio de 2019, 16 de maio de 2019.
2019 “O que são as Luzes?, segundo Maria Teresa Horta”, Congresso Internacional Maria Teresa Horta e a Literatura Contemporânea: de Espelho Inicial (1960) a Estranhezas (2018), Lisboa, Palácio dos Marqueses de Fronteira, 8-10 de Maio de 2019, Painel 1.
2019 “Alimentopia: outcomes”, with Maria Teresa Castilho (chair), Iolanda Ramos, Jorge Bastos da Silva and Sophia de Mello Araújo, International Conference More Meals to Come, Faculty of Arts and Humanities, Univ. Porto, 11-13 april 2019, 12 April 2019.
2019 “Enough is enough: food in utopias after More: 16th-17th centuries”. International Conference More Meals to Come, Faculty of Arts and Humanities, Univ. Porto, 11-13 April 2019, 11 April, Panel 4: Utopian Foodways: from the Early Modern Era to the Enlightenment.
2018 “A Morgadinha dos Canaviais: de Júlio Dinis a Eça de Queirós”, seminário-aberto de Ficção da Literatura Portuguesa (século XIX), Porto, FLUP, 28 de novembro de 2018.
2018 Presentation of the book “Sacred Cow Mad Cow”, of Madeleine Ferrieres. Project Alimentopia in the 19th International Conference of the Utopian Studies Society, Europe, Tarragona, Universitat Rovira/ Virgill, 9th-12th July, 10th July
2018 O Grau Zero do Figurino, Colóquio Internacional “O Corpo Nu nas artes cénicas: Perspectivas trans-históricas e críticas”, org. Centro de Estudos de Teatro, Coimbra, FLUP, 20-22 de junho. 20 de junho de 2018.
2018 Examined Life, apresentação com José Eduardo Reis, do filme de Astor Taylor (2009), II EJICOMP, Porto, Faculdade de Letras, 13 de setembro.
2018 A brief anthology of Portuguese Poetry in English: why to translate, Fundação Oriente, Panjim, 22th mars 2018.
2018 World Poetry Day, participation in the Reading Session held on 21th mars 2018, org. University of Goa, Instituto de Camões, Panjim, 21st mars 2018.
2018 Chair of the Session V, Day 2, with Prof. Nagendra Rao, Dr. Payel Chattopadhyaya Mukerjee, Dr. Irene Silveira, International Seminar Philosophy and Literature Meeting: the West(s) and the East(s), org. University of Goa, Instituto de Filosofia da FLUP, Panjim, 20th mars 2018.
2018 Literatura e Matemática: uma interdisciplinaridade útil. Sessão na Escola Secundária Alexandre Herculano, em cooperação com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto (alunos de Ciências e Humanidades, 12.º ano), org. Dr.ª Arminda Freitas. Porto, 9 de Janeiro.
2017 Poemário para pais cansados: a poesia como terapia, Natal no Gabinete, Salvador, 14-16 de dezembro, org. Universidade de Salvador/ Cátedra Fidelino de Figueiredo, Gabinete Português de Leitura, Salvador, 16 de dezembro/ 2017.
2017 A “Noite de Natal” e o teatro de Raul Brandão, III Seminário Luso-Brasileiro A Literatura e o Natal, Salvador, 14-16 de dezembro, org. Universidade de Salvador/ Cátedra Fidelino de Figueiredo, Gabinete Português de Leitura, Salvador, 14 de dezembro de 2017.
2017 Boileau: qu’est-ce qu’un classique?, aula-aberta de Literatura Francesa, org. José Almeida, Porto, FLUP, 7 de dezembro de 2017.
2017 Da Enciclopédia Diderot/ D’Alembert à Wikipédia, c/ André Barbosa (Wikipédia/ Portugal). Encontro 3M+1: Mateus + Matemática, Música e História Militar, 12 a 14 de outubro (Braga e Vila Real, org. UM/ Casa de Mateus. Comunicação: “José Anastácio da Cunha: do diálogo possível entre a poesia e matemática”. 13 de outubro de 2017.
2017 Des raisons pour errer: de l’errance à l’erreur, Colóquio Internacional Espaços Literários e Territórios Críticos. Para uma abordagem do espaço literário: geopoética e geocrítica na transposição das fronteiras do conhecimento, 29/6 a 1/7/ 2017, org. ILCML, Porto, FLUP, 30 de junho de 2017.
2017 Bernarda Alba: 45 años de un estreno hispano portugués (1972-2017), FITEI, Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (1-17 de junho), org. FITEI, Fábrica Social, ESAP e Fundación Goliardos, Encontro com Ángel Facio e o elenco de Bernarda Alba, Porto, 1-17 junho. Porto, ESAP, 5 de junho.
2017 Raul Brandão e a Infância: coisas contadas às crianças e lembradas aos adultos, Porto, Biblioteca Almeida Garrett, 18 de abril.
2017 A metáfora da casa em Ruy Cinatti, Congresso Internacional Filosofia e Literatura: entre Portugal, Entre Portugal e Macau: Lusofonia, Utopia Criadora?, org. UP, Universidade de Macau, Instituto Politécnico de Macau, Universidade de S. José, Macau, 28-30 de março de 2017 (Macau), 9-11 maio (Porto), Macau, Universidade de São José, 30 de março de 2017.
2017 Audition: The King' Speach, Ciclo de Cinema org. JRAAS, Porto, FLUP, 22 de fevereiro.
2016 Um mensageiro de Marte em Lisboa: uma utopia de José Nunes da Matta, Colóquio Internacional “Messengers from the Stars”, Lisboa, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 16-19 de novembro, 18 de novembro de 2016.
2016 Manuel de Figueiredo: entre o dogmatismo da Arcádia e a liberalidade da gaveta, Seminário de Investigação “A Estética no Pensamento Português”, Lisboa, UCP/ FCH, 12 de outubro de 2016.
2016 Reading José Anastácio da Cunha: Mathematician and Poet, Ciclo Utopia: Maths and Poetry, Workshop com José Francisco Rodrigues (UL), FOLIO: Festival Literário Internacional de Óbidos, Óbidos, Livraria Santiago/ Ler Devagar, 1 de Outubro de 2016.
2016 O Matemático e Poeta José Anastácio da Cunha, Ciclo Utopia: Matemática e Literatura, Debate com José Francisco Rodrigues (UL), FOLIO: Festival Literário Internacional de Óbidos, Óbidos, Pousada do Castelo, 30 de Setembro de 2016.
2016 Xenoglossophilia during the 18th Century in Portugal: some questions about our time, “The Many Languages of Comparative Literature, XXI. Congress of the International Comparative Literature Association”, Group Sections: A View from the South, org. Helena Buescu, Universität Wien, 22nd July.
2016 How to be fed on Mars: a Portuguese Utopia about Food, Music and Political Constitutions, “500 years of Utopias: The world goes to where we take it, 17th International Conference of the Utopian Studies Society”/ Europe, Lisboa, FCSH-UNL, 5th-9th July, 7th July.
2016 A Cela e o Zelo: o hábito de prender mulheres por amor num teatro da Lua, Expressões de Cidadania no Feminino na Região Luso-Galaica, Colóquios da Eurocidade Monção-Salvaterra de Miño, 8 e 9 de abril de 2016, Monção-Salvaterra de Miño, 9 de abril.
2016 Fidelino de Figueiredo e o ensino da Literatura (Mesa-redonda de Encerramento com o Prof. Márcio Muniz), Congresso Internacional Fidelino de Figueiredo. Filosofia e Literatura: “Um Homem na sua Humanidade”, Porto-Lisboa-São Paulo-Salvador (2015-2016), Salvador, Universidade do estado da Bahia/ UNEB, 17/3 a 18/3, 18 de março.
2016 Fidelino de Figueiredo e o diálogo interartes, Congresso Internacional Fidelino de Figueiredo. Filosofia e Literatura: “Um Homem na sua Humanidade”, Porto-Lisboa-São Paulo-Salvador (2015-2016), Salvador, Universidade do estado da Bahia/ UNEB, 17/3 a 18/3, 17 de março.
2016 Feminino e Feminismo nas letras portuguesas: estratégias de inclusão e exclusão da mulher no século XVIII, Comemoração do Dia das Letras Galegas, Vigo, Centro Português de Vigo, 9 de março.
2016 Conversação com Diotima: do tema do Estrangeiro em Agostinho da Silva ao tema do Estrangeiro em Camus, co-oradora Celeste Natário, “Colóquio Internacional Agostinho da Silva: Pensador Universal do Tempo Presente”, Lisboa, FLUL, 17-18/2, 17 de fevereiro.
2016 Felicidade e Terrorismo em Albert Camus, mesa redonda com Marcello Duarte Mathias. Leituras em Cena dos alunos da ESAP, Porto, BMAG, 18 de dezembro de 2016.
2015 Albert Camus, dramaturgo e filósofo II, aula-aberta de Dramaturgia com José Couto, Escola Superior Artística do Porto, Departamento de Teatro e Cinema, 7 de Dezembro de 2015.
2015 O que é o Sublime? De Correia Garção, II Jornadas Internacionais da Sociedade Portuguesa de Retórica: Retórica & Poética, org. SPR, Porto, FLUP, 24-25 de novembro, 25 de novembro de 2015.
2015 A Literatura em Perigo?, Colóquio Internacional “Textualidade(s) & Memória(s): Permanência, Rotura, Controvérsia (1945-2015). In Honorem Maria João Reynaud”, Porto, FLUP, 19-20 de novembro, 19 de novembro.
2015 A Terapia do Discurso: entre V. Frankl e A. Camus, Tabula Rasa. Festival Literário de Fátima, Fátima, 18 a 22 de novembro, no Colégio de São Miguel, 20 de novembro de 2015.
2015 Albert Camus, dramaturgo e filósofo I, aula-aberta de Dramaturgia com Roberto Merino, Escola Superior Artística do Porto, Departamento de Teatro e Cinema, 2 de novembro de 2015.
2015 Fidelino de Figueiredo e os Avatares da Literatura Comparada, “Congresso Internacional Fidelino de Figueiredo: um Homem na sua Humanidade. Filosofia e Literatura”, org. FLUP/ FLUL/ Camões Instituto de Cooperação e da Língua, Porto-Lisboa, 12 a 15 de outubro, Porto, 12 de outubro.
2015 O Modernismo Brasileiro e o Modernismo Português, de Arnaldo Saraiva, Apresentação e Debate do Autor com Fernando Guimarães, Maria Luísa Malato e Francisco Topa, Feira do Livro do Porto 2015, org. IN-CM, 12 de setembro.
2015 Expressões de Cidadania no Feminino: Catarina de Lencastre, 1.ª Viscondessa de Balsemão, apresentada no Colóquio “Expressões de Cidadania no Feminino”, Com Exposição de Pintura e Escultura, org. Universidade do Minho, Monção, Casa Museu de Monção/ UM, 5 de setembro.
2015 A Importância da Retórica Jurídica no Ensino do Direito e a aventura semiológica de Barthes, comunicação apresentada no Colóquio “Ensino do Direito e Formação dos Juristas. No centenário do nascimento de Roland Barthes e Gofredo da Silva Teles”, org. Universidade Aberta, CEMOrOc, EDF-FEUSP, Projeto de Pesquisa “Fundamentação do Direito e Contrato Constitucional Internacional”, FUNADESP, Porto, Fundação Manuel António Mota, 10 de julho de 2015.
2015 António Serrão: la Littérature et la Peur de la Peur, comunicação apresentada no Colóquio Internacional “Fear of Literature”, org. ICLA, Lisboa, Universidade Católica Portuguesa, 1-2 julho, 2 de julho.
2015 Literatura e Música, seminário de Didática da Língua Portuguesa, sob a orientação da Doutora Elísia Ribeiro, da Faculdade de Educação, Artes e Humanidades, Universidade de Timor-Lorosae, Díli, 9 de junho de 2015 (3 horas).
2015 Apresentação e moderação do diálogo com Nuno Júdice, “Poesia, Caminho para a Filosofia”, no Congresso Internacional de Língua Portuguesa: Filosofia e Poesia, org. UP/UNL, USP, Porto, Lisboa, 13-15 de abril, Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, 14 de abril de 2015.
2015 Representar Albert Camus II, aula-aberta de Dramaturgia com Roberto Merino, Escola Superior Artística do Porto, Departamento de Teatro e Cinema, 20 de março.
2015 Representar Albert Camus I, aula-aberta de Dramaturgia com Roberto Merino, Escola Superior Artística do Porto, Departamento de Teatro e Cinema, 13 de março.
2015 Utopia e Ficção Científica em Portugal: um balão aos habitantes da Lua e uma viagem a Marte, “I Mostra Bibliográfica de Ficção Científica e Fantasia”, org, Álvaro Holstein, Albergaria-a-Velha, Biblioteca Municipal, 7 de março.
2015 Logoterapia e Literatura em Albert Camus. Apresentado no Colóquio Internacional “Narrative and Medicine. Caring for the Future. A tribute to João Lobo Antunes”, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 5-7 de março, 6 de março.
2015 Liberdade de Expressão e Retórica Política, Mesa-Redonda do III Colóquio Jushumanista Internacional. Comemorando o VIII Centenário da Magna Carta, org. org. Universidade Aberta, CEMOrOc, EDF-FEUSP, FLUP/ MHRIC, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 16 de fevereiro.
2015 “You must remembre this”… Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário: Conteúdos Literários, in “Jornadas Pedagógicas: novos programas para o ensino secundário”, org. Edições Santillana, Hotel Ipanema, Porto, 24 de janeiro.
2014 Poesia e Pintura: Sophia de Mello Breyner e Graça Morais. Conferência no Museu de Língua Portuguesa de São Paulo, integrada no colóquio “Filosofia e Poesia. Congresso Internacional de Língua Portuguesa”, Universidade de São Paulo/ Universidade do Porto, São Paulo, 9 a 12 de dezembro de 2014 (12/12. Sessão aberta).
2014 Num Buraco do Chão Vivia um Hobbit: a Retórica como Formação. Sessão sobre a importância dos estudos retóricos para os alunos de Filosofia da Escola Secundária Adolfo Portela, na Semana da Filosofia, Águeda, 26 de novembro de 2014.
2014 O Teatro, segundo José Rodrigues, Ciclo Porto Culto do Século XX. 3.ª Sessão: Homenagem ao Escultor José Rodrigues, Porto, Universidade Católica Portuguesa, 20 de novembro de 2014.
2014 “Oh, Knowledge, My Precious! O “Role Playing Game” na Sala de Aula”, no Colóquio Internacional Worlds made of Heroes. On the 60th anniversary of the publication of J. R. R. Tolkien's The Fellowship of the Ring. Coorganização do ILCML e CETAPS, Porto, FLUP, 6-7 november, 6 November 2014.
2014 “O papel da mulher na República e o feminismo do século XVIII”, Quotidianos no Feminino. Da Implantação da República ao século XXI, Comemorações da Primeira República, Porto, Salão Nobre da Universidade Fernando Pessoa, 5 de outubro de 2014.
2014 “A poesia da Viscondessa de Balsemão, Catarina de Lencastre”. No 265.º aniversário do seu nascimento, Porta XIII/ Associação Poética de Todas as Artes, org. José Luandino Vieira, Vila Nova de Cerveira, 27 de setembro de 2014.
2014 “Ousa saber”: Pedagogia e Iluminismo em José Anastácio da Cunha, Painel "Ciência e Humanismo, nas Luzes em Portugal", XII Congreso Internacional SEHCYT (Sociedad Española de Historia de las Ciencias y de las Técnicas) “Ciencia y Técnica: Entre la Paz y la Guerra: 1714/ 1814/ 1914”, Madrid, 9-11 de setembro.
2014 As épocas interessantes, sessão de abertura em colaboração com Carlos Fiolhais. 5.º Aniversário do Jornal As Artes entre as Letras, Porto, Casa das Artes, 28 de junho.
2014 O Figurinus e o Impossível Grau Zero em Cena, Jornada Internacional “Figurinus: o Corpo em Cena”, Porto, FLUP, 20 de junho.
2014 I Jornadas Anastacianas de Valença. Anastácio da Cunha em Valença. Comemorações do 5.º ano da Elevação de Valença a Cidade, Tertúlia Vesperina, moderado por Norberto Cunha, com Abel Rodrigues, J. Filipe Queiró, Efrida Ralha, António Leal Duarte, Fernanda Estrada e Silvino Curado. Responsável igualmente pelo Folheto e pela Leitura Encenada de poemas de José Anastácio da Cunha, Arquivo Municipal de Valença, 12 de junho.
2014 O Porto da Primeira Guerra, com Germano Silva, “RemeMorar 1914”, org. Reitoria da Universidade do Porto, Maio-Junho 2014, com seleção e leitura de trechos literários sobre a Grande Guerra, circuito a pé Museu Militar-Reitoria da UP, 31 de maio.
2014 O Argumento da História na Assembleia Constituinte Portuguesa de 1975-1976, “I Encontro Ibero-Americano de Retórica”, em parceria com Rui Valente, Porto, FLUP, 5-7 de maio, apresentado no dia 6 de maio de 2014.
2014 À Descoberta dos Alfarrabistas do Século Passado, tertúlia com moderação de Isaque Ferreira, Feira do Livro Usado, Porto, Junta da Freguesia do Bonfim, 30 de abril.
2014 A Poesia como Pintura : a poesia de Albano Martins, sessão com o autor com leitura de poemas, No Pulsar da Cidade, org. Reitoria da UP/ Fundação José Rodrigues, Porto, Reitoria da Universidade, 23 de abril. Divulgado em: http://tv.up.pt/videos/s0nBCaA5
2014 Pour une Rhetorique de la Sensibilité : Bocage et le genre pharmaceutique, « Colloque International Maux Ecrits, Mota Vécus : Traitements littéraires de la Maladie », Porto, 22-23 avril, présenté le 23 avril.
2014 « Uma Arquitectura para a Alma » : a Poesia de Rui Cinatti e os temas timorenses, in “Colóquio Internacional Errâncias de um Imaginário: para uma História do pensamento e Culturas de Língua Portuguesa, Brasil/ Sergipe, Portugal/ Porto, Cabo Verde/ Mindelo, 27 de março/ 23 de abril/ 19-20 de julho, Porto, FLUP, 23 de abril.
2014 História e Poesia : curto circuito No Coração do Porto, passeio com Germano Silva, pelos arredores da Reitoria da UP, com leitura comentada de poetas ligados à cidade, org. “No Pulsar da Cidade”, Reitoria da UP/ Fundação José Rodrigues, Porto, Reitoria da Universidade, 22 de março.
2014 O que colocarias tu na mala? Os livros no Holocausto, Biblioteca da Escola Secundária da Maia/ RBE, 7 de fevereiro.
2013 “Uma perigosa Carta sobre os Cegos para uso daqueles que veem”, comunicação apresentada em “Do Século das Luzes aos Novos Paradigmas”. Comemorando o Tricentenário do Nascimento de Diderot, I Colóquio Jushumanista Internacional, org. International Studies on Law and Education, Porto/ Fundação Manuel António da Mota, 5 de Outubro.
2013 A Retórica e as Sociedade de Debate: a argumentação e as regras do b.p.d., Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 27 de setembro (workshop de 3 horas dedicado a oradores). 2013: Orientação para bolseiros em universidades lusófonas, Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Gabinete de Apoio à Cooperação/ Reitoria, 26 de setembro (2 horas).
2013 Técnicas de Leitura na UNTL: do texto lírico ao texto dramático, Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 26 de setembro (2 horas).
2013 Biblioterapia na UNTL: as estruturas narrativas e a produção de material pedagógico, Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 25 de setembro (2 horas, aula de Produção de Materiais Didáticos).
2013 Ko’alia Cinema: exibição e comentário de Conversas Vadias, Entrevista de Herman José a Agostinho da Silva, Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 23 de setembro (3 horas). Sessão sobre Pedagogia e Produção de materiais didáticos.
2013 A Retórica e as Sociedade de Debate: a argumentação e as regras do b.p.d., Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 20 de setembro (workshop de 3 horas dedicado a adjudicadores).
2013 2013: Ko’alia Cinema: exibição e comentário de Adaptation, dir. Spike Jonze, Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 16 de setembro (3 horas). Sessão sobre Oficinas de escrita e Técnicas narrativas.
2013 Ko’alia Cinema: exibição e comentário de Balzac et la Petite Tailleuse Chinoise, dir. Dai Sijie, Díli, Universidade Nacional de Timor Lorosa’e, Departamento de Educação/ Instituto Camões, 9 de setembro (3 horas). Sessão sobre as funções da Literatura e as formas da sua Resiliência.
2013 Para uma Retórica da Sensibilidade, Primeiras Jornadas da Sociedade Portuguesa de Retórica, Porto, FLUP, 19 e 20 de junho, 20 de junho.
2013 A Fisiologia do Gosto, Seminário “Art-i-colar Ciência e Arte”, Semana das Artes, org. FMDUP, 27-31 de maio, Porto, FMDUP, 29 de maio.
2013 Para Fazer Coisas Novas: o Haiku como Educação Visual, lançamento do livro “Juncos Oscilam/ Ashi No Nami”, de Isabel Saraiva, Sessão de Vernissage da Exposição Isabel Saraiva: 30 anos de Pintura, Porto, Biblioteca Municipal Almeida Garrett, 6 de abril.
2013 Manuel de Figueiredo, Lecteur Fantôme de Diderot, “Diderot, Paradoxos de um Ator. III Centenário do Nascimento de Diderot”, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 14 e 15 março.
2013 L’Histoire Véritable de la Planète Mars, selon Henri de Montgolfier: le voyage interplanétaire et l’apprentissage de l’autre, “Regards Croisés par-delà les Frontières: échanges, migrations et perceptions identitaires (mondes ibériques XVIIIe-XIXe siècles), Toulouse, Université de Toulouse II – Le Mirail/ Maison de la Recherche, 22 février.
2012 As Artes performativas interculturais: o melodrama setecentista e uma retórica da sensibilidade, “Pensar o Comparatismo. Percursos, impasses e perspectivas”, VII Congresso Internacional comemorativo dos 25 anos da Associação Portuguesa de Literatura Comparada (5-7 de dezembro), Aveiro, Universidade de Aveiro, 5 de dezembro.
2012 A correspondência Pascoaes-Risco: pensamento, memória e criação, Congresso Pensamento, Memória e Criação. No primeiro Centenário da Renascença Portuguesa (1912-2012), Porto/ Amarante, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Universidade Católica do Porto (29/11-1/12), Amarante, Casa das Artes, 1 de dezembro.
2012 O Teatro de António Patrício: da matéria física à matéria metafísica, Congresso Pensamento, Memória e Criação. No primeiro Centenário da Renascença Portuguesa (1912-2012), Porto/ Amarante, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Universidade Católica do Porto (29/11-1/12), Amarante, Casa das Artes, 29 de novembro.
2012 A propósito de John Carter: uma desconhecida viagem de Portugal a Marte, integrada na Oficina de Formação de Professores “A Ficção Científica no ensino da Ciência”, coord. Prof.ª Doutora Helena Caldeira, Coimbra, Centro de Formação do Exploratório Infante D. Henrique, 10 de novembro.
2012 As Anedotas sobre José Anastácio da Cunha pelo Morgado de Mateus : como o século XIX viu o século XVIII, Colóquio Internacional sobre “O Desenvolvimento dos Estudos do Século XVIII em Portugal”. Comemoração dos 30 anos da SPESXVIII (1982-2012), 2-5 de dezembro, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 3 de dezembro.
2012 L’Académie est « un bateau, une frégate, un gallion » : les statuts d’une académie luso-espagnole du XVIIIe siècle, Congrès Internationale Savoir et Civisme/ Wissenschaft & Burgersinn, Berne, Université de Berne (20-22 septembre), le 20 septembre.
2012 José Anastácio da Cunha e a MAThesis nos Arquivos Setecentistas da Casa de Mateus, organizada no âmbito do projecto MAT2 pelo Centro de Matemática da Universidade do Minho e pela Fundação da Casa de Mateus, (7-8 setembro), Vila Real, Casa de Mateus, 7 de Setembro.
2012 “A História Autêntica do Planeta Marte”, de José Nunes da Matta. Para uma Geografia da Utopia, conferência do Núcleo de Instrução Pública, da Sociedade de Geografia de Lisboa, Lisboa, 31 de Maio. http://www.socgeografialisboa.pt/actividades/2012/05/24/historia-autentica-do-planeta-marte-de-jose-nunes-da-matta
2012 Filosofia e Retórica: diálogos prováveis e esquecidos, seminário do Curso de Doutoramento em Filosofia, Porto, Faculdade de Letras, 24 de Maio
2012 A obra lírica e dramática de Catarina de Lencastre: leitura de poemas da autora, em colaboração com Jograis do Atlântico, Porto, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Iniciativa Bairro dos Livros, 13 de Maio.
2012 A Utilidade da Literatura e da Teoria da Literatura Comparada como Área de Reflexão Interdisciplinar e Transdisciplinar, Colóquio Internacional / II Semana da Educação, Filosofia e Letras, Mesa de Filosofia, Literatura e Sociedade, Universidade de Santiago, Departamento de Ciências da Educação, Filosofia e Letras, Assomada, Santa Catarina, Ilha de Santiago, Cabo Verde, 18 e 19 de Abril
2012 De Feijoo a Pascoaes, texto de inauguração e texto de conferência na Exposição Do Saudosismo ao Atlantismo, org. Fundación Vicente Risco, Allariz, Espanha, 28 de Abril.
2012 Tornadu (Torneio Nacional de debates universitários) 2012, org. SdDUP/ Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Adjudicação dos debates, Porto, 24, 25 e 26 de Fevereiro.
2011 Energia, outro nome da Saudade: O “Teatro Crítico” do Padre Feijoo, comunicação apresentada em Amarante, no “IV Colóquio Luso-Galaico sobre a Saudade”, 4 a 5 de Novembro, Porto-Viana do Castelo-Amarante, 5 de Novembro.
2011 Literatura e excesso. Contributos de uma obra literária para a História da Literatura, sessão de apresentação do livro “As Luzes de Leonor”, com Maria Teresa Horta (Lisboa, D. Quixote, 2011), Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 3 de Novembro.
2011 Por prisão o Infinito: José Daniel Rodrigues da Costa e as silenciadas utopias portuguesas, comunicação no Colóquio “Por Prisão o Infinito”, FLUP, Porto, 26 de Setembro.
2011 “Anecdotas de J. A. d’C.”, um manuscrito singular, Sessão pública de Mat2: José Anastácio da Cunha nos Arquivos Setecentistas da Casa de Mateus, Casa de Mateus, Vila Real, 10 de Setembro.
2011 Deux Femmes sur la Lune et une Histoire de Griffons pour imaginer l’avenir, 13th International Congress for Eighteenth Century Studies, 25th-29th July, Graz, 26 de Julho.
2011 A Invenção da História da Literatura: periodologia e nostalgia, Seminário de Doutoramento de DLLC/ DEPER, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 17 de Fevereiro (3 horas).
2010 Cabeleiras e Ideias: a Moda e a Política no início do século XIX. Dos contextos criativos aos contextos transgressores, comunicação de abertura do Colóquio Internacional “Global Fashion: Creative and Innovative Contexts”, 11-13 november, org. CEPESE, Porto, Fund. Eng. António de Almeida, 11 november
2010 Venturas e Desventuras do Soneto, entre Clássicos e Românticos, comunicação no Colóquio interdisciplinar “Entre Clássicos e Românticos”, organizado pelo CETAPS, Faculdade de Letras (U.P.), Porto, 15 de Outubro.
2010 Albert Camus et l’in-version de l’Eden, comunicação no Colóquio Internacional da APEF, Albert Camus: cinquante ans plus tard, 1-2 octobre, apresentação de comunicação e Presidência da Mesa 5 de encerramento, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Lisboa, respectivamente 1 e 2 de Outubro.
2010 As Ilhas’, de Jean Grenier e o mapa das Utopias possíveis, comunicação no Colóquio “Utopia e Insularidade”, organizado pelo Projecto “Utopias Literárias”, do instituto de Literatura Comparada Margarida Losa, em colaboração com o Instituto Açoreano de Cultura, Ponta Delgada, 18 de Setembro.
2010 O Velho, topos literário: estratégias de uma Retórica da Sensibilidade. Seminário de Mestrado e Doutoramento “Psicologia do Idoso”, na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, 21 de Abril.
2010 Da Terra à Lua, de Júlio Verne: Ciência e Ficção. Sessão do Projecto Quark!, do Centro Ciência Viva Rómulo de Carvalho, Universidade de Coimbra, Departamento de Física da FCTUC, 29 de Janeiro.
2010 Re(visões) de Albert Camus (mesa redonda) com Marcello Duarte Mathias, Pedro Eiras e Roberto Merino, 2.ª edição da Semana da Francofonia, Lasemaine.fr (15-18 de Março, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 17 de Março.
2010 A Viscondessa de Balsemão e a Marquesa de Alorna: formação e afirmação da mulher na segunda metade do século XVIII, Porto, FLUP, 15 de Janeiro.
2010 “Comer ao pé do lar quentes castanhas”. A Casa e a Viagem na Obra de Catarina de Lencastre, Jornada Viscondes de Balsemão, organizada pela Casa da Beira Alta, Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, Moimenta da Beira, 31 de Outubro http://casadabeiraalta.blogspot.com/
2009 O Século XVIII na Literatura Brasileira: ‘tudo antes e tudo depois’”, Seminário aberto, Universidade Lusófona, Porto, 29 de Outubro
2009 O Belo e os Monstros. Norma e transgressão na Dramaturgia de Manuel de Figueiredo, conferência apresentada no 8. Deutscher Lusitanistentag an der Universität München (Oitavo Colóquio dos Lusitanistas Alemães, na Universidade de Munique), Universidade Ludwig-Maximilians, Sektion 3: Portugiesisches Theater im 18. und 19. Jahrhundert/ Secção 3: O Teatro português dos séculos XVIII e XIX, Munique, 2-6 de Setembro de 2009, a 5 de Setembro.
2009 “A Lua na Arte, na Política e nos Costumes”, Programa Câmara Clara, 19 de Julho, RTP2: entrevista conduzida por Paula Moura Pinheiro, em diálogo com Vera Gomes, investigadora de Relações Internacionais na Guerra do Espaço. http://camaraclara.rtp.pt/#/arquivo/141
2009 Workshop Portuguese Women Writers / NEWW, IELT Research Center/ Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/ Universidade Nova de Lisboa, 13th and 14th July
2009 Abbe Correia da Serra in the United States: The Correspondance with Jefferson and the Formation of ‘the Enlightened American’, Rutgers University, Faculty of Arts and Sciences, Classical and Modern Languages and Literature, Lane Library, Newark, April 27th
2009 Lua Cheia: A Lua nas Artes. A Lua na Literatura, conferência e mesa redonda com Silvestre Pestana, Joaquim Fernandes, Jorge Castro Ribeiro, moder. Jorge Neves, organizadas pela Sociedade Portuguesa de Astronomia/ Clube Literário do Porto, no Ano Internacional da Astronomia, “O Ciclo da Lua”, Março 2009, 13 de Março
2008 De la Femme et de l’Honneur : entre l’écrivaine et l’héroïne, Université Mons-Hainaut (Bélgica), le 27 novembre.
2008 De la Lune et d’autres planètes : entre Réalisme et Utopie, Université Mons-Hainaut (Bélgica), le 20 novembre.
2008 L’Académie: relations entre institutions et pouvoir, Université Mons-Hainaut (Bélgica), le 13 novembre.
2008 Apolo atrás da Grade: a Marquesinha de Alorna e a aprendizagem da liberdade no Convento de Chelas. IX Encontro da Associação Portuguesa de Investigação Histórica sobre as Mulheres (APIHM): “Mulheres entre Claustros”, Cabeceiras de Basto, 5 de Abril.
2007 Ir para fora cá dentro: o salão setecentista e a emancipação da mulher, participação no Colóquio “Representações na Família nas Ciências e nas Artes”, 14-16 de Novembro, Porto, FLUP. 16 de Novembro.
2007 A Livraria dos Viscondes de Balsemão: leitura de um espólio, participação no Colóquio Internacional “Crítica Textual e Crítica Genética em Diálogo”, 18-20 de Outubro, Porto, FLUP/ Fundação Eng.º António de Almeida, 18 de Outubro.
2007 O Balão aos Habitantes da Lua, sessão de apresentação do projecto Utopias literárias e pensamento utópico. Clube Literário do Porto. 5 de Julho.
2007 O Sesgo da Razão, participação na mesa-debate, parcialmente sobre José Anastácio da Cunha, organizado por Paulo Almeida (IST), com João Maria de Freitas Branco (U. Nova), Eduardo Chitas (U. Lisboa), Livraria Almedina, Lisboa. 11 de Maio.
2006 Utopian Encounters III: Mapping Dreams and Nightmares, org. DEAA, Porto, 14-16 de Dezembro de 2006, Sessão de trabalho que fundou e constituiu o projecto internacional inter-universitário SOCIUS (Social Changes and Interdisciplinary Studies), Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 15-16 de Dezembro de 2006.
2006 José Anastácio da Cunha: númen e número, in “José Anastácio da Cunha (1744-1787)”, org. Centro de Matemática da Universidade do Minho, Braga, 14-15 de Dezembro de 2006, a 14 de Dezembro de 2006.
2005 Utopia. Noites de Sociologia, FNAC-Matosinhos, mesa redonda com Carlos Nelson Amador e Franklin Morais (ESAP), org. pela G. Estudantes do Departamento de Sociologia da FLUP, Porto, 2 de Maio de 2006.
2005 As Academias setecentistas e alguma música hip-pop, Conferência no Ateneu Comercial do Porto, incluída no ciclo de conferências Outono no Ateneu, org. pelo Ateneu Comercial do Porto e pelo Projecto “Utopias Literárias e Pensamento Utópico”, 18 de Outubro de 2005.
2005 Idades de Ouro, Idades de Prata…: A poesia dos séculos XVI e XVII vista pelo século XVIII. Conferência no Palacete Balsemão, org. pela CMP e Livraria Poetria, Porto, 15 de Outubro de 2005.
2005 Sentidos da Utopia. Colóquio Interdisciplinar sobre o Utopismo Português, Vila Real, Casa de Mateus, 23-25 de Setembro de 2005. Co-apresentação do Projecto “Utopias Literárias e Pensamento Utópico. A Cultura Portuguesa e a Tradição Intelectual do Ocidente, II”, relatora da mesa “Utopia e Ciência”, com os Professores Doutores António Maquiavelo e Jorge Vieira.
2005 Roteiro de Garrett. Da Rua do Calvário ao Arco de Santana, três tempos de um percurso, organizado para os membros do Grémio Literário: 26 de Maio de 2005.
2005 Sabedoria e inconformismo: o idoso na Literatura, seminário “A Sabedoria do Idoso”, Mestrado em “Psicologia do Idoso”, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (9 de Maio de 2005).
2004 5th International Conference of the Utopian Studies Society, organizado pela FLUP, Porto, de 8 a 10 de Julho de 2004. Participação com a comunicação "Entre jardins et palais. Les métaphores de la connaissance dans les Académies du XVIII ème siècle".
2004 Rencontre Internationale sur Guerre et Paix. De l’Humanisme ancien à l’Humanisme moderne, Université Panthéon-Assas, Paris II, Grèce, Kos, 6-12 mai 2004. Participação na mesa redonda Retórica da guerra, Retórica da paz, a 7 de Maio, 2004.
2003 “Teixeira de Pascoaes: um clássico romântico?”. Colóquio Olhares [Pascoaes revisitado]. 50 anos da morte de Teixeira de Pascoaes, org. DEPER e Departamento de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 7-9 de Abril de 2003. Conferência, apresentada no dia 7 de Abril de 2003.
2002 “O mito do legislador numa academia luso-espanhola”. Colóquio Internacional Entre Portugal e Espanha. Relações Culturais (Séculos XV-XVIII), In Honorem José Adriano de Freitas Carvalho, organizado pelo Instituto de Estudos Ibéricos/ DEPER, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em 23-26 de Outubro de 2002.

Participação em evento

Descrição da atividade
Tipo de evento
Nome do evento
Instituição / Organização
2020/10/22 - Atual Biografia vs. Bibliografia nos estudos de Literatura Feminina. IV Jornadas de História da Historiografia: biografia, autobiografia, memórias, prosografia, construções do eu histórico. Org. CITCEM, FLUP, 22 de outubro.
Congresso
IV Jornadas de História da Historiografia: biografia, autobiografia, memórias, prosografia, construções do eu histórico.
Universidade do Porto Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura Espaço e Memória, Portugal
2020/02/29 - Atual Turismo, de Tiago Correia: o Teatro e a Cidade. Mesa redonda com o dramaturgo Tiago Correia, e Regina Guimarães. Porto, Galerias Lumières.

Arbitragem científica em conferência

Nome da conferência Local da conferência
2019 - 2020 Comissão Científica do EJICOMP III, Terceiro Encontro de Jovens Investigadores de Literatura Comparada, Porto, org. APLC/ ILCML, Aveiro/ FLUP, Setembro de 2020
2019 - 2019 2019: Comissão Científica de Sophia e o Nome das Coisas. A obra e o pensamento de Sophia de Melo Breyner Andresen, 5, 6-7, 13 de novembro, Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto
2019 - 2019 Comissão Científica de Trilogia do Belo: a obra de Mário Cláudio, 24-26 de outubro de 2019, Porto/ Paredes de Coura, Faculdade de Letras e C. M. Paredes de Coura
2019 - 2019 Comissão Científica do Colóquio Teixeira de Queiroz (1919-2019): Literatura, Medicina e Cidadania, Arcos de Valdevez, Casa das Artes, 18 de Maio de 2019
2019 - 2019 Comissão organizadora de Têxtil = Texto, Exposição de Helena Cardoso e eventos de inauguração e encerramento, Porto, Reitoria da Universidade do Porto, de 27 de Junho a 11 de Julho de 2019
2018 - 2019 Comissão organizadora do II International Seminar Philosophy and Literature Meeting: the West(s) and the East(s), org. Instituto de Filosofia da FLUP e University of Goa, 16th-17th may 2019, Porto, FLUP
2018 - 2019 Comité Scientifique de l’UNIVERSITE D’ÉTÉ APEF, Braga (8-13 juillet 2019), Les Études littéraires aujourd’hui ? Enjeux et atouts d’une indiscipline. Org. par l’APEF (Association Portugaise d’Études Françaises) et le Groupe de Recherches international LEA ! Lire en Europe Aujourd’hui .
2018 - 2018 Organização da palestra da Prof.ª Doutora Rebeca Sanmartin Bastide (Universidade Complutense de Madrid), La Comida Visionária, Porto, Reitoria da Universidade, org. ILCML/CLEPUL, 6 de novembro de 2018.
2018 - 2018 Comissão Científica do Seminário Internacional “José Saramago: 20 Anos Depois do Prémio Nobel – Desafios em PLNM”, org. UNTL/FLUC, Timor-Leste, Díli, 16 de novembro de 2018
2017 - 2018 Organização do EJICOMP II, Segundo Encontro de Jovens Investigadores de Literatura Comparada, Porto, org. APLC/ ILCML, Porto/ FLUP, 13 e 14 de outubro de 2018.
2017 - 2017 Comissão Científica do Encontro 3M+1: Mateus + Matemática, Música e História Militar, 12 a 14 de outubro de 2017 (Braga e Vila Real, org. UM/ Casa de Mateus.
2017 - 2017 Conselho Científico do 3rd International Multidisciplinary Congress Phi 2017: “Progress(es) - Theories and Practices”, Bari, the 2nd-5th October 2017
2017 - 2017 Conselho Científico do CONGRESSO Corps, rythmes et voix. Rapports, raccords, usages critiques en littérature et dans d’autres pratiques de langage, org. APEF, Universidade de Aveiro, 19-20 octobre 2017.
2016 - 2017 Comissão Científica do Congresso Internacional Filosofia e Literatura: entre Portugal, Entre Portugal e Macau: Lusofonia, Utopia Criadora?, org. UP, Universidade de Macau, Instituto Politécnico de Macau, Universidade de S. José, Macau, 27-30 de março de 2017 (Macau), 9-11 maio de 2017 (Porto).
2016 - 2017 Comissão Científica do Colóquio Internacional Espaços Literários e Territórios Críticos. Para uma abordagem do espaço literário: geopoética e geocrítica na transposição das fronteiras do conhecimento, 29/6 a 1/7/ 2017, org. ILCML, Porto, FLUP.
2016 - 2016 Comissão Científica de “Expressões de Cidadania no Feminino na Região Luso-Galaica”, Colóquios da Eurocidade Monção-Salvaterra de Miño, 8 e 9 de abril de 2016
2016 - 2016 Comissão Científica do Congresso Internacional Fidelino de Figueiredo. Filosofia e Literatura: “Um Homem na sua Humanidade”, Porto-Lisboa-São Paulo-Salvador (2015-2016), São Paulo-Salvador, Universidade do Estado da Bahia/ UNEB, 14/3 a 15 e 17/3 a 18/3 de 2016.
2015 - 2015 Comissão Organizadora do Congresso Internacional de Língua Portuguesa: Filosofia e Poesia, org. UP/UNL, USP, Porto, Lisboa, Faculdade de Letras da Universidade do Porto/ Universidade Nova de Lisboa, 13-15 de abril, Lisboa.
2015 - 2015 Comissão Organizadora do Colóquio Internacional Filosofia e poesia. Congresso Internacional de Língua Portuguesa, Universidade de São Paulo/ Universidade do Porto, São Paulo, 9 a 12 de dezembro de 2015.
2014 - 2014 Comissão Organizadora do Colóquio Internacional Worlds made of Heroes. On the 60th anniversary of the publication of J. R. R. Tolkien's The Fellowship of the Ring. Coorganização do ILCML e CETAPS, Porto, FLUP, 6-7 November 2014.
2013 - 2014 Comissão Organizadora do Colóquio O Exílio e o Reino: de Albert Camus a Vergílio Ferreira, coorganização do IF, ILCML, e APEF, Lisboa e Porto, Institut Français/ Faculdade de Letras do Porto, 21 de maio (Lisboa), 15 e 23 de maio (Porto).
2012 - 2013 Comissão Organizadora de Livres como Livros, outubro de 2012-dezembro de 2013, Reitoria da Universidade do Porto/Câmara Municipal do Porto, c/ Isabel Pereira Leite e Isabel Morujão, responsável pelas 14 sessões de “A Arte de sermos Livros”, a decorrer no Porto, Biblioteca Almeida Garrett.
2012 - 2013 Direção da Comissão Organizadora do Colóquio Internacional Diderot: paradoxos de um ator/ Diderot: paradoxes d’un comédien, Porto, 14-15 março, Porto/ Faculdade de Letras da Universidade do Porto.
2012 - 2012 Comissão Organizadora do Congresso Pensamento, Memória e Criação. No primeiro Centenário da Renascença Portuguesa (1912-2012), Porto/ Amarante, Faculdade de Letras da Universidade do porto, Universidade Católica do Porto, 29 de novembro-1 de dezembro de 2012.
2012 - 2012 Leituras em Cena: Correia Garção, cinco sessões sobre teatro, cinema e leituras em cena, em colaboração com o Núcleo de Estudos Teatrais da Confederação de Miragaia, Porto, Abril-Junho de 2012.
2011 - 2011 Workshop Mat2 : José Anastácio da Cunha nos Arquivos Setecentistas da Casa de Mateus, Grupo de investigação 4 : « Iluminismo e Literatura», Casa de Mateus, Vila Real, 10 de Setembro de 2011
2009 - 2009 Comité Scientifique du Colloque International Penser librement sous la censure, Belgique/ Mons : 10, 11 et 12 décembre 2009.
2009 - 2009 Comissão Científica organizadora do Colóquio Internacional Francisco Marto: Educar para o Dom, responsável pela área de Literatura, Fátima, 18-20 de Junho
2006 - 2006 Viagens à volta de nós. Cinco livros Cinco Rumos, co-organização com a Dr.ª Vera Vouga de um ciclo de apresentações interdisciplinares de cinco obras da literatura universal (Os Lusíadas, D. Quixote, A Divina Comédia, Robinson Crusoé, A Ilha Misteriosa) na Biblioteca Almeida Garrett.
2006 - 2006 Livros que falam de Livros: As Bibliografias de António Gedeão e Lucian Blaga. Com Ivone B. Ferreira e Alina G. Anghel: sessão aberta na Livraria Lello, 3 de Fevereiro de 2006.
2005 - 2005 Leituras de Bocage. Séculos XVIII-XXI. Co-organização do Colóquio Internacional comemorativo do bi-centenário de Bocage, FLUP, 28 de Outubro, 24-25 de Novembro de 2005, incluindo uma Exposição bibliográfica da Biblioteca Central/ FLUP.

Entrevista / Programa (rádio / tv)

Programa Tema
2020/10/22 - Atual A Escrita Pela Pedra. Documentário sobre a Lhotra, do Bairro dos Livros para a Câmara Municipal de Penafiel. Apresentado no Escritaria em Penafiel, 22 de Outubro de 2020 Lhota, uma "língua" inventada
2020/07/15 - Atual Que narrativas faremos amanhã? Podcast Sala de Estar, Sala de Ser: Pod-cast de Filosofia e Literatura: com Rita Aparecida dos Santos. Filosofia e Literatura
2020/07/15 - Atual Conversas sobre o Silêncio. Sala de Estar, Sala de Ser: Pod-cast de Filosofia e Literatura: com Rodrigo Araújo
2020/06/17 - Atual Podcast "Sala de Estar, Sala de Ser": Apresentação do Ciclo de Filosofia e Literatura. Com Celeste Natário. 17 de Junho.